Pai de atirador de Orlando diz que “compete a Deus punir os homossexuais”

O pai do atirador que matou 49 pessoas numa discoteca em Orlando, nos Estados Unidos, transmitiu tristeza pela decisão do filho, dizendo que “compete a Deus punir os homossexuais”.

Num vídeo divulgado esta segunda-feira, Seddique Mateen refere estar triste pela decisão do filho e descreveu-o como um “filho bom e educado”.

“Estou profundamente triste e transmiti isso ao povo da América”, declarou, em dari, o principal idioma falado no Afeganistão, mostrando-se incrédulo pelo facto do filho ter efetuado o tiroteio durante o mês santo do Ramadão.

Compete a Deus punir os homossexuais. Não aos servos”, defendeu o afegão que vive nos Estados Unidos, sentado em frente de uma bandeira do seu país natal.

O progenitor de Omar Mateen é uma celebridade nos círculos políticos afegãos, através de um programa de televisão em que expressa opiniões, apresentando-se, por vezes, com vestuário militar.

As autoridades afegãs optam por algum distanciamento da família Mateen, dizendo não saber quando é que deixaram o país de origem.

“O que podemos dizer é que ele é um cidadão norte-americano de origem afegã. Vive nos EUA há décadas e é tudo o que sabemos pelos media”, disse à AFP uma fonte do Ministério dos Negócios Estrangeiros, que pediu anonimato.

Entretanto, as autoridades norte-americanas retificaram para 49 o número de vítimas mortais, menos uma morte do que tinha sido noticiado inicialmente.

O tiroteio aconteceu na madrugada deste domingo, na discoteca Pulse, em Orlando, quando Omar abriu fogo contra os clientes. O local é geralmente frequentado por homossexuais. 53 pessoas ficaram feridas.

Daesh já reivindicou ataque

O Estado Islâmico já reivindicou a autoria do atentado, considerado o pior tiroteio da história dos Estados Unidos, dizendo ter sido cometido por um “soldado do califado”.

“Deus permitiu ao irmão Omar Mateen, um dos soldados do califado na América, realizar uma ghazwa [termo islâmico para designar um ataque] durante a qual conseguiu entrar num clube noturno de sodomitas na cidade de Orlando e matar e ferir mais de cem deles”, refere a informação transmitida pela rádio oficial do grupo terrorista.

(dr)

O atirador de Orlando, Omar Mateen

O atirador de Orlando, Omar Mateen

Apesar do atirador ter jurado a sua lealdade ao Daesh e do caso estar a ser investigado como um ataque terrorista, o presidente Barack Obama já afirmou que as evidências mostram que não terá sido orquestrado a partir do exterior.

Fonte policial americana confirmou que Omar já tinha sido investigado por duas vezes pelo FBI por suspeitas de simpatizar com o movimento extremista mas que nunca tinham sido encontradas provas diretas.

A público veio também a ex-mulher do afegão, Sitora Yusifiy, que considera que o atirador era uma pessoa “instável e mentalmente perturbada”, escreve a BBC.

Em declarações à imprensa, a antiga esposa contou que, pouco tempo depois de se casar com Omar, percebeu que este era “bipolar e ficava irritado por qualquer coisa“.

Sitora relembrou ainda que era agredida com frequência e que foi a partir daí que começou a temer pela sua segurança.

“Não me permitia falar com a minha família, isolou-me deles. Mas os meus familiares sabiam do que se passava comigo e decidiram salvar-me dessa situação”.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Cientistas explicam porque trabalhar à noite faz mal aos intestinos

As pessoas que trabalham à noite têm mais probabilidades de desenvolver inflamações intestinais, porque há células que contribuem para a saúde intestinal que deixam de receber informações vitais do cérebro, indica um estudo divulgado esta …

Marinha dos EUA admite que vídeos de OVNI's são verdadeiros (e não era suposto ninguém saber)

A Marinha dos EUA confirmou que imagens de OVNIs que surgiram nos últimos anos são reais e que nunca pretenderam que o vídeo fosse visto pelo público. As imagens que apareceram pela primeira vez online em …

O Pólo Norte vai ter um hotel de luxo (iluminado pelas auroras boreais)

https://vimeo.com/360873720 O hotel "mais a norte do mundo" só existirá durante um mês e o glamping de luxo será para muito poucos: o custo é de 95 mil euros por pessoa por três dias. Em 2020, o …

Whitney Houston vai regressar aos palcos (em holograma)

Whitney Houston vai "regressar" aos palcos, em formato holograma. Foi anunciada uma digressão da cantora por várias salas do Reino Unido, em 2020. Os planos para uma digressão de holograma de Whitney Houston têm sido discutidos …

Victor Vescovo diz que chegou ao ponto mais profundo dos oceanos. James Cameron não concorda

James Cameron levantou dúvidas sobre as recentes declarações de Victor Vescovo sobre ter quebrado o recorde do mergulho mais profundo no oceano, dizendo que o empresário não pode ter descido mais, uma vez que não …

Par de patinadores no gelo mais medalhado de sempre anuncia fim da carreira

Os canadianos Tessa Virtue e Scott Moir, o par de patinadores no gelo mais medalhado da história do olimpismo, anunciaram esta quarta-feira o fim da carreira. “Olá a todos. Temos novidades para todos os que nos …

Elon Musk é o líder mais inspirador da tecnologia da atualidade

Elon Musk foi nomeado o líder mais inspirador no setor da tecnologia, de acordo com um estudo publicado pela Hired, uma plataforma para contratação de pessoal em 14 cidades em todo o mundo. O estudo, chamado …

De portas abertas para quem precisa. Frigoríficos solidários crescem em Paris

A Cantina do 18.º bairro parisiense foi o primeiro espaço deste projeto solidário, inaugurado há dois anos. Atualmente existem 38 restaurantes em França que acolhem os frigoríficos solidários. Em dois anos, o projeto dos frigoríficos solidários …

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …