/

Ötzi, o Homem do Gelo, pode ter escalado os Alpes quando não havia gelo

2

South Tyrol Museum of Archaeology/EURAC/Samadelli/Staschitz

Ötzi, o Homem do Gelo que, com 5300 anos, é a múmia mais velha da Europa

Quando Ötzi, o Homem do Gelo, escalou os Alpes, a montanha não tinha neve. Um novo estudo sugere que, na altura, só os picos mais altos da cadeia montanhosa eram gelados.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Uma nova investigação sugere que só os picos mais altos dos Alpes foram cobertos por gelo até pouco antes de Ötzi ter escalado a montanha. As descobertas indicam que durante o Holoceno, a época que abrange os últimos 11.650 anos até ao presente, os glaciares nos Alpes mudaram dramaticamente.

“A nossa principal descoberta é que o gelo tem 5.900 anos, mais ou menos, sendo um pouco mais velho do que o Homem do gelo”, que tem 5.300 anos, disse Pascal Bohleber, que estuda gelo glacial na Academia Austríaca de Ciências, citado pelo Live Science.

“Isto sugere que, nesta região, tivemos um tempo em que os glaciares começaram a formar-se em condições que não tinham gelo ou com glaciares bem mais pequenos do que os de hoje”, acrescentou o investigador.

byb64 / Flickr

Glaciares de Weißseespitze, nos Alpes

Para chegar a esta conclusão, os cientistas deslocaram-se até ao glaciar de Weißseespitze, na parte austríaca dos Alpes de Ötzal, a cerca de 3.500 metros de altitude.

Bohleber e a sua equipa perfuraram 11 metros e obtiveram um registo contínuo de gelo. A água derretida no topo ameaçou contaminar as camadas abaixo, pelo que os cientistas se viram obrigados a realizar grande parte da perfuração depois do pôr-do-sol, quando o gelo estava mais firme.

A equipa analisou quantidades microscópicas de carbono presas no gelo de diversas origens diferentes, que chegaram à superfície em cada época. Usando datação por radiocarbono para medir o nível de carbono 14 numa determinada amostra, os cientistas conseguiram descobrir a época da camada mais antiga de todas.

Os resultados mostraram que o gelo mais antigo datava de 5.900 anos atrás, poucas centenas de anos antes de Ötzi morrer. O artigo científico foi publicado no dia 17 de dezembro na revista Scientific Reports.

Na altura em que o Homem do gelo faleceu, podia haver um pouco de neve, mas não havia uma grande cobertura como atualmente. Ainda assim, permanece o mistério sobre se Ötzi morreu já no meio do gelo ou se faleceu em rochas e o gelo o cobriu depois.

  Liliana Malainho, ZAP //

2 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.