Descoberta de ossos com mais de 120 mil anos pode revelar a primeira evidência de uma fábrica de roupa

Uma equipa de arqueólogos encontrou aquela que pode ser a primeira evidência de uma fábrica de roupa. A descoberta foi feita numa caverna em Marrocos e foi datada de há cerca de 120 mil anos.

Emily Hallett e a sua equipa estavam a investigar uma série de fragmentos de ossos encontrados na Caverna Contrebandiers – um importante sítio arqueológico na costa atlântica de Marrocos – quando deram conta de outros detalhes misteriosos.

(cv) Google Maps

Dos cerca de 12.000 fragmentos de ossos encontrados no local, Hallett identificou mais de 60 ossos de animais que foram moldados por humanos para serem usados como ferramentas.

Os padrões de marcas de corte observados nos ossos combinam com ferramentas encontradas em outros sítios arqueológicos que foram usados para processar couro.

Os especialistas acreditam que os humanos usavam os ossos como ferramentas para preparar materiais que depois seriam transformados em roupas – como é o caso do couro. Estas conclusões mostram que, no local, é provável que tenha existido uma antiga fábrica de roupa.

Contudo, escreve o Science Alert, é importante notar que as evidências não são totalmente conclusivas. “Os ossos podem ter sido usados para preparar couro para outros fins que não roupas, como por exemplo dispositivos de armazenamento”, explicou Hallett.

No entanto, a primeira hipótese é a que faz mais sentido na visão dos arqueólogos, uma vez que roupas de pele e couro teriam tido grande utilidade para os humanos durante este período.

À medida que os primeiros humanos se expandiram para fora de África também se depararam com novos ambientes, encontrando habitats climáticos extremos. Assim, roupas e outras ferramentas de agasalho podem ter ajudado na dispersão dos humanos em novos ambientes do Planeta.

Hallett acredita que, tendo em conta a especialização destas ferramentas, estas provavelmente fazem parte de uma tradição maior e mais antiga que ainda é desconhecida aos olhos dos especialistas.

Os autores do estudo acreditam que ainda hajam mais elementos em África que escondem outras ferramentas que podem trazer novos detalhes sobre a história da fabricação de roupa por humanos.

O estudo foi publicado na revista iScience a 16 de setembro.

  ZAP //

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Uma questão que se pode colocar é “porque razão sendo os humanos pouco numerosos nesses tempos remotos sentiram necessidade de se deslocarem para ambientes extremos?” Parece que seria mais razoável procurar ambientes amenos. O que é que os fez optar ou deslocar-se para ambientes extremos, uma vez que a pressão demográfica não se colocava?

RESPONDER

Dois caranguejos à beira-mar

Os caranguejos são "hipnotizados" pelos campos eletromagnéticos dos cabos submarinos

Um novo estudo mostrou que os cabos submarinos podem estar a ter um "efeito hipnotizante" nos caranguejos castanhos. Mais preocupante: o campo eletromagnético produzido pelos cabos pode causar alterações celulares nos caranguejos comestíveis, tornando-os mais …

Método usa "capa de invisibilidade sonora" para fazer desaparecer objetos

Uma equipa de investigadores do Instituto de Geofísica de Zurique, na Suíça, desenvolveu um método que usa a acústica para ocultar objetos.  Quando ouvimos música, não ouvimos apenas as notas produzidas pelos instrumentos: estamos também imersos …

O planeta Vénus

Vénus já teve oceanos? De maneira nenhuma, dizem astrofísicos

Vénus já teve oceanos? Não, segundo o novo estudo de uma equipa de astrofísicos da Universidade de Genebra e da NCCR PlanetS, na Suíça. Nos últimos anos, vários estudos têm sugerido que Vénus pode já ter …

Cientistas estão a plantar mesas de xadrez de corais para restaurar recifes - e contam com a ajuda de garrafas de Coca-Cola

Nas últimas três décadas, os recifes de coral têm sofrido uma grande tensão e consequente destruição, devido ao impacto das alterações climáticas. Agora, os cientistas querem minimizar os danos e já encontraram uma solução. O objetivo …

Belenenses 0-4 Sporting | Melhor o resultado que a lesão

O Sporting, da I Liga, venceu hoje o Belenenses, do Campeonato de Portugal, por 4-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, garantindo o apuramento para a próxima fase da competição. No …

Sintrense 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto, da I Liga, venceu hoje o Sintrense, do Campeonato de Portugal, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, e segue em frente na competição. A jogar em …

Nova tecnologia usa calor dos estacionamentos subterrâneos para aquecer apartamentos

A startup Enerdrape, que funciona dentro da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, desenvolveu uma tecnologia que aproveita o calor emanado pelo solo no aquecimento de apartamentos. Quase 60% do aquecimento utilizado nos edifícios residenciais …

Pela primeira vez, um drone transportou os pulmões de um dador em segurança. Voo demorou seis minutos

Pela primeira vez na história da medicina, um drone aéreo transportou os pulmões de um dador com rapidez e segurança entre dois hospitais. O voo, que durou apenas seis minutos, ocorreu no passado dia 25 de …

Grupo de hackers clonou a voz de empresário para roubar 35 milhões de dólares do banco

Um grupo de hackers clonou a voz do diretor de uma empresa, conseguindo assim roubar mais de 35 milhões de dólares de um banco nos Emirados Árabes Unidos. No início do ano passado, o gerente de …

Portugueses comem duas vezes mais do que o recomendando

Os portugueses consumiram, em média, duas vezes mais calorias do que o recomendando para um adulto entre 2016 e 2020, ano em que a pandemia provocou uma redução do consumo de alimentos diário, mas ainda …