Os buracos negros afinal não são verdadeiramente negros

Um cientista israelita descobriu que os buracos negros podem não ser totalmente escuros, o que contradiz a ideia de que nada pode escapar desses objetos celestes – reforçando a teoria proposta pelo físico britânico Stephen Hawking há mais de 40 anos.

Vários astrónomos acreditavam que os buracos negros teriam uma força gravitacional tão forte, que nem mesmo a luz poderia escapar depois de passar o horizonte de eventos – também conhecido como ponto de não-retorno.

Em 1974, Stephen Hawking contrariou essa teoria e defendeu que, devido aos efeitos quânticos, os buracos negros não são completamente negros e emitem um tipo de radiação, que ficou conhecida como a “radiação Hawking”.

Segundo Hawking, esta radiação permite aos buracos negros perder mais matéria do que a que ganham, o que faz com que evaporem, encolham e finalmente desapareçam.

No entanto, a quantidade de radiação produzida será tão baixa que, provavelmente, nunca poderá ser observada nos buracos negros reais.

Depois de sete anos de estudo, o físico Jeff Steinhauer, investigador do Instituto Tecnológico de Israel, criou um buraco negro artificial que parece confirmar a existência da “radiação Hawking”.

Para testar a previsão de Hawking, Steinhauer trabalhou com um tipo diferente de buracos negros, feitos de som.

O professor arrefeceu gás hélio a uma temperatura perto do zero absoluto e, em seguida, agitou-o tão rapidamente que se formou uma “barreira” que impede a passagem do som – algo análogo a um buraco negro.

(dr) Nitzan Zohar / Technion University

O professor Steinhauer com a sua máquina que simula um buraco negro

O professor Steinhauer com a sua máquina que simula um buraco negro

Na sua experiência, o investigador descobriu indícios que os fonões, os menores pacotes de energia sonora, estavam a escapar do seu buraco negro sónico exatamente da mesma forma que as equações de Hawking previam a libertação da radiação de Hawking.

O controverso estudo de Steinhauer foi publicado a semana passada na revista Nature Physics, e passará agora pelo processo de revisão pelos pares.

Caso os resultados sejam validados, Steinheimer terá provado que a “radiação Hawking” existe – e que os buracos negros são afinal cinza muito escuros.

BZR, ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pois, tal como o título indica os buracos afinal não são negros, ou melhor, podem ser de várias cores. Há uns que são escurinhos, outros rosados, outros vermelhinhos e há até amarelados.
    Mas no fundo o que importa não é a cor do buraco, é podermos usufruir dele não é verdade?

RESPONDER

NASA revela novos fatos espaciais que os astronautas vão levar para a Lua (e são pura ficção científica)

A NASA apresentou na terça-feira, na sua sede, em Washington, Estados Unidos, os novos fatos espaciais que os astronautas da missão Artemis vão usar em 2024, quando voltarem à Lua. Fatos feitos em modelos 3D, à …

Panama Papers. Mossack Fonseca não gostou do filme e processou Netflix por difamação

A dupla de sócios do escritório de advogados Mossack Fonseca, envolvido no caso “Panama Papers”, moveu um processo em tribunal por difamação contra a Netflix. A plataforma anuncia a estreia, para esta sexta-feira, do filme “Laundromat: …

Porsche e Boeing unem-se em projeto de táxi aéreo premium

A Porsche e a Boeing estão a unir esforços para explorar o mercado de mobilidade área urbana. Aproveitando os seus pontos fortes, as duas empresas prometem desenvolver um táxi aéreo para o futuro. Numa verdadeira fusão …

Fotografia com pombos? Na Tailândia, há "profissionais" contratados para assustá-los

A área de uma das portas da cidade, Tha Pae, parte do que resta da muralha vermelha que protegia a cidade antiga em Chiang Mai, na Tailândia, é uma das maiores atrações turísticas locais. Os turistas …

Sky News lança canal sem qualquer notícia sobre o Brexit

O canal Sky News Brexit-Free foi esta quarta-feira para o ar às 17h horas, sendo que os seus programas serão transmitidos até às 22h, de segunda a sexta-feira. O grupo de televisão britânico Sky vai lançou …

Vacina contra o cancro da mama pode estar disponível dentro de 8 anos

Investigadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o cancro ovário e da mama que poderá estar disponível comercialmente dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes …

Busca pelo avião de Amelia Earhart só encontrou chapéus, detritos de um naufrágio e uma lata de refrigerante

A mais recente busca pelos restos do avião de Amelia Earhart, a famosa aviadora americana que desapareceu sobre o Pacífico em 1937, terminou sem resultados. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a investigação …

Protestos em Hong Kong. LeBron acusado de apoiar regime chinês

A super estrela do basquetebol LeBron James juntou-se à polémica entre a NBA e a China, após apelidar de “mal-informado” o treinador dos Houston Rockets, Daryl Morey, que expressou apoio aos manifestantes em Hong Kong …

Acordo para o Brexit está "prestes a ficar fechado"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, disseram esta quarta-feira que um acordo para o Brexit está em finalização e poderá ser apresentado quinta-feira para aprovação no Conselho Europeu. "Quero acreditar que …

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …