Físicos criam “buraco negro” em laboratório para provar a radiação de Hawking

Dois grupos independentes de investigadores afirmam que encontraram provas da existência da radiação de Hawking, o que pode levar um dos maiores físicos vivos a, finalmente, receber um prémio Nobel.

Há mais de 40 anos, o renomado físico teórico Stephen Hawking propôs que nem tudo o que entra em contacto com um buraco negro sucumbe à sua nulidade insondável, num efeito quântico que acontece próximo ao horizonte de eventos do buraco negro.

Uma das suas ideias revolucionárias era a de que minúsculas partículas de luz (fotões) são por vezes expulsos, roubando ao buraco negro uma quantidade infinitesimal de energia, e esta perda gradual de massa ao longo do tempo – sob a forma da radiação de Hawking – significa que os buracos negros evaporam lentamente.

Estas partículas que escapam podem ajudar-nos a compreender um dos maiores enigmas do Universo conhecido, mas ao fim de mais de quatro décadas, ninguém foi capaz de realmente provar que estas existem, e a proposta de Hawking permaneceu firmemente em território hipótese – o que pode estar prestes a mudar.

Buracos negros de laboratório

O problema em detetar a radiação de Hawking é que, quanto maior o buraco negro, mais ténue é esta radiação. Como os candidatos a buracos negros estão muito longe, a intensidade da radiação diminui ainda mais com a distância, a ponto de ser indetectável com a nossa tecnologia atual.

O físico Jeff Steinhauer da Universidade Technion, em Haifa, Israel, acredita ter a solução para isto. Em vez de tentar desenvolver equipamentos ultrassensíveis que, na melhor das hipóteses, poderiam detetar sinais ténues, porque não criar um buraco negro – ou um análogo – em laboratório?

Steinhauer trabalhou com um tipo diferente de buracos negros, feitos de som. O professor arrefeceu gás hélio a uma temperatura perto do zero absoluto e, em seguida, agitou-o tão rapidamente que se formou uma “barreira” que impede a passagem do som – algo análogo a um buraco negro.

Na sua experiência, o investigador descobriu indícios que os fonões, os menores pacotes de energia sonora, estavam a escapar do seu buraco negro sónico exatamente da mesma forma que as equações de Hawking previam a libertação da radiação de Hawking.

A experiência e os seus resultados controversos ainda não foram verificados por outros cientistas, mas estão disponíveis para consulta no site arXiv.org.

Outros trabalhos

Este não é o único trabalho que tenta demonstrar a existência da radiação de Hawking. No último mês, foi publicado na Physical Review Letters o trabalho dos físicos Chris Adami e Kamil Brádler, da Universidade de Ottawa, que descreve uma nova técnica que permitiria seguir a vida de um buraco negro ao longo do tempo.

Segundo este trabalho, que usou equações e simulações em computador, a informação quântica do buraco negro é transferida perfeitamente para a radiação de Hawking, ou seja, a informação não “desaparece” quando passa pelo horizonte de eventos, mas evapora lentamente nos estágios finais.

O trabalho de Adami e Bradler resolve o chamado paradoxo da informação dos buracos negros usando a radiação de Hawking, em vez de uma nova teoria da gravidade quântica.

HypeScience

PARTILHAR

RESPONDER

Marés de Júpiter podem ajudar a perceber a história do Sistema Solar

Uma equipa de investigadores detetou uma pequena perturbação gravitacional em Júpiter. A descoberta pode ajudar a investigar o interior do planeta e perceber melhor a história do Sistema Solar. "Se você tentasse mergulhar em Júpiter, nunca …

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …

Neymar prolonga contrato com o Paris Saint-Germain até 2025

O avançado internacional brasileiro Neymar renovou contrato com o Paris Saint-Germain até 30 de junho de 2025, informou hoje o tricampeão francês e vice-campeão europeu de futebol. “O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar que …

Países usaram modelo do queijo suíço para conter a covid-19. Na Índia, alguns "buracos" eram demasiado grandes

A grande maioria dos países adotou a estratégia do queijo suíço para responder à pandemia. Na Índia, os "buracos" eram demasiado grandes em três das camadas mais importantes. Para responder à crise sanitária desencadeada pela covid-19, …

Primeira-ministra da Escócia declara que "haverá maioria pró-independência" no parlamento

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, declarou hoje vitória nas eleições regionais, afirmando que "haverá uma maioria pró-independência" no parlamento escocês. Com as projeções a indicarem que o Partido Nacional Escocês (SNP), que lidera, foi o …

SOS Rio Paiva pede que se limite o número de visitantes à ponte e Passadiços do Paiva

A associação SOS Rio Paiva manifestou-se preocupada com o aumento da pressão turística e com a poluição, na sequência da inauguração da ponte suspensa em Arouca, e pediu que se limite o número de visitantes. A …

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo, caso este ainda esteja associado a contas em sites ou redes sociais. Embora milhões de números de telemóvel sejam desconectados todos os anos, um novo …

Ataque à bomba contra escola feminina em Cabul faz 30 mortos e 79 feridos

A explosão de uma bomba junto a uma escola secundária para raparigas na zona ocidental de Cabul fez hoje pelo menos 30 mortos e 79 feridos, segundo um novo balanço feito pelas autoridades afegãs. “O número …

Tamám Shud. Exumação de corpo pode resolver um estranho mistério com 70 anos

As autoridades da Austrália aprovaram uma exumação do corpo de Tamám Shud - ou "Homem de Somerton" - e, em breve, o mistério de 70 anos pode estar resolvido. Em 30 de novembro de 1948, vários …