Ondas gravitacionais detetadas pela terceira vez

(dr) The SXS (Simulating eXtreme Spacetimes) Project

Quando dois buracos negros colidem, formam-se ondas gravitacionais no próprio espaço

Quando dois buracos negros colidem, formam-se ondas gravitacionais no próprio espaço

O Observatório LIGO (Laser Interferometer Gravitational-wave Observatory) detetou ondas gravitacionais, pela terceira vez, demonstrando que uma nova janela da astronomia foi definitivamente aberta.

Tal como aconteceu nas duas primeiras vezes, estas ondas gravitacionais foram geradas quando dois buracos negros colidiram para formar um buraco negro ainda maior. O novo buraco negro formado pela fusão tem uma massa de cerca de 49 vezes a do nosso Sol.

Esta dimensão está entre as massas dos dois buracos negros detetados anteriormente pelo Observatório de Interferometria Laser de Ondas Gravitacionais LIGO: de 62 vezes a do Sol (da primeira vez) e 21 vezes a do Sol (da segunda).

“Temos a confirmação adicional da existência de buracos negros de massa estelar maiores do que 20 massas solares – são objetos que não sabíamos se de facto existiam antes da LIGO detetá-los”, explicou David Shoemaker, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, porta-voz da Colaboração Científica LIGO, um conjunto de mais de mil cientistas internacionais que realizam pesquisa no observatório, juntamente com a Colaboração Virgo, que tem base na Europa.

A LIGO fez a primeira observação direta de ondas gravitacionais em setembro de 2015. Posteriormente, fez a segunda deteção em dezembro do mesmo ano. Agora, a terceira, batizada de GW170104 e realizada a 4 de janeiro de 2017, foi descrita num novo artigo científico publicado na revista Physical Review Letters.

Esta última deteção parece ter sido a mais distante das três, com os buracos negros localizados a cerca de 3 mil milhões de anos-luz de distância. Os buracos negros na primeira e segunda estavam localizados a 1,3 e 1,4 mil milhões de anos-luz de distância, respetivamente.

Previstas por Albert Einstein há mais de um século, como consequência da sua Teoria da Relatividade Geral, as ondas gravitacionais são pequenas ondulações no tecido espaço-tempo, provocadas pela deslocação de um corpo com massa, e que se propagam no Universo à velocidade da luz.

Buracos negros inclinados

Os novos dados da LIGO não conseguem ainda determinar se os buracos negros recentemente observados estão inclinados, mas pelo menos um pode não estar totalmente alinhado em relação ao movimento orbital geral.

“Esta é a primeira vez que temos sinais de que os buracos negros podem não estar alinhados, dando-nos apenas uma pequena sugestão de que buracos negros binários podem formar-se em densos conjuntos estelares”, disse Bangalore Sathyaprakash, da Universidade da Pensilvânia e da Universidade de Cardiff e um dos autores do artigo.

Existem dois modelos principais para explicar como pares binários de buracos negros podem ser formados. O primeiro propõe que os buracos negros nascem juntos: eles formam-se quando cada estrela num par de estrelas explode e, como giravam alinhadas, os buracos negros provavelmente permanecem alinhados.

No outro modelo, os buracos negros juntam-se mais tarde dentro de aglomerados estelares que estão lotados. Ou seja, unem-se depois de se afundarem no centro de um conjunto de estrelas. Nesse cenário, os buracos negros podem girar em qualquer direção relativamente ao seu movimento orbital.

Como o LIGO vê algum sinal de que os buracos negros GW170104 não estão alinhados, os dados favorecem ligeiramente esta segunda teoria.

Dispersão

O estudo também testou mais uma teoria de Einstein. Os investigadores procuraram um efeito chamado dispersão, que ocorre quando as ondas de luz num meio físico, como é o caso do vidro, viajam a diferentes velocidades, dependendo do seu comprimento de onda – é assim que um prisma cria um arco-íris, por exemplo.

A Teoria Geral da Relatividade proíbe a dispersão de acontecer em ondas gravitacionais à medida que se propagam da sua origem para a Terra. No entanto, o observatório não encontrou sinais desse efeito. “Parece que Einstein estava certo”, disse Laura Cadonati, do Instituto de Tecnologia da Geórgia.

A equipa LIGO-Virgo continua agora a pesquisar os dados mais recentes para detetar sinais de ondulações espaciais.

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas mais perto da cura para a diabetes tipo 1

Uma equipa de cientistas desenvolveu o primeiro medicamento com potencial para curar a diabetes tipo 1, abrindo a porta para a cura desta doença. A equipa internacional de cientistas liderada pelos investigadores do Centro Andaluz de …

Piloto que pousou avião da Southwest é a nova heroína nos EUA

A piloto do avião da Southwest Airlines cuja falha numa turbina em pleno voo provocou a morte de uma passageira de 43 anos, tornou-se a nova heroína dos EUA, devido aos seus nervos de aço …

Pessoas com hábitos noturnos correm o risco de morrer mais cedo

Um estudo recente concluiu que a taxa de mortalidade é 10% maior para os notívagos do que para quem se deita com o pôr-do-sol. As pessoas que ficam acordadas até tarde e têm dificuldades em se …

O Meridiano 100 começou a mudar de lugar

O limite invisível que ajudou a definir e a dividir os Estados Unidos durante séculos está a mudar de lugar, graças ao aquecimento global. O Meridiano 100 - a linha de longitude invisível que corta a …

Sporting vs Porto | Leão reserva lugar no Jamor

Sporting vai defrontar o desportivo das Aves na final da Taça de Portugal, agendada para 20 de Maio. A formação de Alvalade venceu o FC Porto na segunda meia-final da competição, em Lisboa, por 1-0, após …

Revelado em tribunal um dos truques mais famosos de David Copperfield

O ilusionista mais famoso do mundo viu o seu truque de fazer desaparecer pessoas, um dos mais conhecidos do seu repertório, ser revelado em tribunal. Aconteceu mesmo. David Copperfield viu um dos seus truques mais famosos …

Erdogan anuncia eleições antecipadas para 24 de junho

O Presidente turco anunciou, esta quarta-feira, a antecipação das eleições legislativas e presidenciais para 24 de junho, um ano e meio antes da data prevista inicialmente. "Decidimos que as eleições vão decorrer no domingo, 24 de …

O "homem das três caras" já fez dois transplantes faciais

Jérôme Hamon, de 43 anos, foi submetido a um transplante facial em 2010, devido a uma deficiência genética que lhe deformou o rosto. Agora, uma constipação obrigou-o a fazer o segundo transplante. É o "homem …

Hugh Jackman apoia menina vítima de bullying. "Sou teu amigo"

O bullying é um problema sério que pode motivar casos de baixa autoestima, depressão e até mesmo motivar o suicídio de crianças e adolescentes. Cassidy Warner, uma menina de 10 anos, que vive na Pennsylvania, nos …

Trump confirma: Diretor da CIA reuniu-se com Kim Jong-un

O Presidente dos Estados Unidos confirmou, esta quarta-feira, que o diretor da CIA fez uma visita secreta à Coreia do Norte na semana passada para se reunir com Kim Jong-un. Através da sua conta no Twitter, …