Oito condutores perderam todos os pontos da carta em seis meses

Fábio Pozzebom / ABr

-

Oito condutores ficaram sem pontos na carta da condução, por excesso de álcool, nos seis meses do novo sistema, mas ainda aguardam pela conclusão do processo para ficarem inibidos de conduzir durante dois anos.

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) avançou à agência Lusa que oito condutores perderam todos os pontos nos primeiros seis meses do sistema da Carta por Pontos, que hoje se assinala.

Apesar de já terem sido retirados todos os pontos (12) a oito condutores e estarem reunidas as condições para a cassação do título de condução, a carta só vai ser retirada após “a conclusão do processo autónomo”, explica a ANSR.

Segundo a ANSR, a subtração do número total de pontos aos oito condutores ocorreu no âmbito do crime de condução em estado de embriaguez.

Após a cassação da carta de condução, estes condutores vão ficar inibidos de conduzir durante dois anos e têm de tirar novamente o título.

Em seis meses, 3012 condutores perderam pontos na carta de condução, indica a ANSR, dando conta que um automobilista ficou sem oito pontos, sendo, por isso, obrigado a frequentar um ação de formação.

De acordo com a ANSR, 1.403 condutores perderam seis pontos, estando a metade dos pontos de ficar sem carta.

Os dados indicam ainda que, a 1000 condutores, foram subtraídos dois pontos e, a 600, quatro pontos.

O excesso de velocidade, uso do telemóvel durante a condução e excesso de álcool são as contraordenações que mais têm contribuído para os automobilistas perderem pontos na carta de condução, adianta ainda a ANSR.

A ANSR esclarece que estes números são provisórios, uma vez que muitos dos autos levantados, de 01 de junho a 29 de novembro, ainda não constam do sistema de informação e gestão de autos (SIGA).

A Segurança Rodoviária sublinha que o número de condutores com pontos subtraídos durante este período pode aumentar, uma vez que não estão ainda contabilizados os 95.802 autos graves e muitos graves, que aguardam uma decisão administrativa ou que a sentença judicial transite em julgado.

No sistema da Carta por Pontos, que entrou em vigor a 01 de junho, são atribuídos ao condutor 12 pontos, que aumentam ou diminuem em função das infrações.

Os pontos vão diminuindo à medida que o automobilista vai cometendo contraordenações graves, muito graves ou crimes rodoviários, mas podem aumentar caso não existam infrações ao fim de três anos.

No caso das contraordenações graves, os condutores perdem 2 pontos e, nas muito graves, 4, enquanto nos crimes rodoviários vão ser subtraídos 6 pontos.

No sistema da Carta por Pontos existe um regime próprio para as contraordenações graves nas situações de álcool, excesso de velocidade e ultrapassagem junto às passadeiras, sendo retirados três pontos.

Nas contraordenações muito graves e, nos casos da condução sob efeito do álcool, substâncias psicotrópicas e excesso de velocidade, são retirados 4 pontos.

A subtração de pontos tem níveis intermédios, sendo o condutor obrigado a frequentar ações de formação de segurança rodoviária quanto têm cinco ou quatro pontos e a realizar um novo exame de código quando fica com menos três.

/Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Só 8?!
    .
    .
    (A quem souber: apesar de termos de colocar o email para comentarmos, é impressão minha ou não somos avisados se outra pessoa nos responder ao comentário e nem se forem colocados outros comentários à mesma notícia?)

    • Caro Simplório,
      Efectivamente, os utilizadores não são avisados de respostas ao seu comentário.
      Tendo havido manifestação de interesse nessa função, vamos activá-la, experimentalmente, e avaliar os seus resultados.

      • Acabei de ver o email de aviso e aqui estou eu a responder. Agradeço não só o esclarecimento como a activação desta preciosa função pois creio que é meio caminho andado para ser possível manter uma discussão sobre qualquer assunto de particular interesse a cada de nós mas… e na mesma notícia, passaremos também a ser avisados de outros comentários que não sejam uma resposta directa ao nosso?

RESPONDER

Desagravou-se a seca no país, mas Algarve mantém seca extrema

24,5% do continente estava em seca fraca, 23,8% em chuva fraca, 23,3% em seca moderada e 10,9% em seca severa. Sotavento algarvio manteve-se em situação de seca extrema. Portugal continental registou em novembro um desagravamento da …

Procurador do MP investigado por ajudar traficante a fugir da prisão

Carlos Figueira, procurador do Ministério Público de Lisboa, está a ser investigado pela Polícia Judiciária por corrupção. O magistrado é suspeito de ter ajudado um traficante a fugir da prisão. Um procurador do Tribunal de Execução …

Refugiados em greve de fome por falta de condições em campo bósnio

Centenas de refugiados de um campo improvisado em Vucjak, na Bósnia, estão em greve de fome pelo segundo dia consecutivo para protestar contra a situação degradante em que se encontram. Os refugiados no campo improvisado …

Ex-aliada de Bolsonaro denuncia grupo difusor de notícias falsas ligado ao Presidente

A deputada brasileira Joice Hasselmann, ex-líder do Governo de Jair Bolsonaro no congresso, denunciou na quarta-feira a atuação de um grupo difusor de "fake news" (notícias falsas) ligado ao atual Presidente, Jair Bolsonaro, e que …

Banco BiG: EUA e China vão chegar a acordo, mas não será duradouro

No "Outlook" para 2020, os analistas do banco BiG defendem que será improvável que Estados Unidos e China cheguem a um consenso suficiente para reverter as taxas aduaneiras impostas. De acordo com os analistas do banco …

Alemanha expulsa dois diplomatas russos. Rússia vai tomar medidas

Dois diplomatas russos, acusados pelo Ministério Público alemão de falta de cooperação na investigação de um homicídio, foram expulsos da Alemanha. A Rússia já reagiu e avisou que tomará medidas. Esta quarta-feira, a Alemanha expulsou "com …

Segurança Social demora quase cinco meses a pagar pensões

Em 2018, os beneficiários da Segurança Social tiveram de esperar, em média, 147 dias - cerca de cinco meses -, entre o dia que se aposentaram e o momento que começaram a receber a pensão …

Empresas fechadas e 28 mil despedimentos. Setor têxtil pode atravessar crise

Até 2025, a indústria têxtil em Portugal pode ver um terço das empresas a fecharem e 28 mil trabalhadores a serem despedidos. Este é o pior cenário equacionado no setor nos próximos anos. O setor da …

Ministério Público arquiva queixa de Aguiar-Branco contra Ana Gomes por difamação

Aguiar Branco tinha levantado um processo de difamação a Ana Gomes por declarações sobre alegadas ligações entre o seu escritório de advogados e o grupo Martifer. O Ministério Público (MP) arquivou a queixa apresentada pelo ex-ministro …

66 louvores a funcionários. Centeno é o ministro mais "agradecido" de todo o Governo

Mário Centeno e os seus secretários de Estado publicaram em Diário da República 66 louvores. O seu gabinete garante que não há qualquer significado político associado - nem mesmo uma despedida anunciada. O louvor é dado …