O que Neymar mais quer é voltar a jogar com Messi. Só se vier a custo zero, diz o Barça

Peter Powell / EPA

O internacional brasileiro Neymar, que alinha pelo PSG, confessou esta quarta-feira que o mais deseja é voltar a jogar com o astro argentino Lionel Messi, com quem partilhou balneário entre 2013 e 2017 no Barcelona.

“É o que mais quero [voltar a jogar com Messi], para desfrutar com ele dentro de campo. Até o punha no meu lugar, não há problema nenhum [risos]”, disse o brasileiro em declarações à ESPN, depois da partida com o Manchester United, que os franceses venceram por 3-1 na quinta jornada da Liga dos Campeões.

E acrescentou ainda no final da partida: “Mas vou voltar a jogar com Messi. Espero que consigamos jogar juntos já no próximo ano”.

No mercado de verão deste ano, Lionel Messi admitiu publicamente que queria deixar o emblema catalão, decidindo depois ficar no Barcelona até ao fim do seu contrato, que acaba já em junho de 2021, para evitar uma batalha nos tribunais.

De acordo com a imprensa internacional, o Manchester City Pep Guardiola é o clube mais bem posicionado para garantir a contratação de Messi.

No entanto, há outros clubes interessados, como o PSG de Neymar e o Inter.

Uma coisa parece certa: se Neymar e Messi voltarem a jogar juntos, não será no Barcelona, tal como afirmou o dirigente dos catalães Carles Tusquets em entrevista entrevista à RAC 1, frisando que o clube vive um momento difícil a nível de tesouraria.

“Se [Neymar] vier grátis, talvez. Caso contrário, não há dinheiro para pagar (…) Só se o próximo presidente do Barcelona conseguir um milagre ou se vender [alguns jogadores] e todo o dinheiro seja colocado na operação [da contratação de Neymar]”, explicou, quando questionado sobre as declarações de Neymar.

Segundo Carles Tusquets, o regresso de Neymar ao Barcelona é, neste momento, muito pouco provável, uma vez que o clube está com problemas financeiros, que só poderão ser sanados com o regresso do público aos estádios.

Ainda a este propósito, o responsável catalão admitiu que, do ponto de vista financeiro, teria sido melhor deixar sair Messi no mercado de verão passado.

“Economicamente falando, teria sido melhor vender Messi no verão. Seria o desejável, por aquilo que se iria receber e por aquilo que ele recebe”, declarou o dirigente, recordando ainda que a “LaLiga está a exigir limites salariais”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pela primeira vez, um restaurante vegan ganha uma estrela Michelin em França

Um restaurante de comida totalmente vegan em França foi o primeiro do país a receber a desejada estrela Michelin. Localiza-se perto de Bordéus. A concessão da estrela ao ONA (Origine Non-Animale) é mais uma evidência de …

Onze mineiros resgatados com vida de uma mina de ouro na China

Onze mineiros presos há duas semanas dentro de uma mina de ouro na China, devido a uma explosão, foram hoje trazidos em segurança para a superfície, informou a televisão estatal chinesa. No dia 10 de janeiro, …

Multimilionário oferece 1 milhão em prémios por evidências de vida após a morte

Um empresário de Las Vegas, nos Estados Unidos, está a oferecer um milhão de dólares em prémios em troca de evidências de que existe vida após a morte. O investidor imobiliário e empresário espacial Robert Bigelow, …

Marcelo reeleito com 55% a 62% dos votos. Ana Gomes em segundo lugar

Marcelo Rebelo de Sousa foi reeleito para um segundo mandato como Presidente da República, após vencer as eleições deste domingo com 55% a 62% dos votos.  Segundo as primeiras projeções, Ana Gomes deverá ficar em …

Itália vai processar Pfizer e AstraZeneca devido a atrasos nas vacinas. UE pede "transparência"

A Itália vai processar a Pfizer Inc e a AstraZeneca devido aos atrasos na entrega das vacinas contra a covid-19 e para garantir os fornecimentos – não para obter compensações, disse neste domingo o ministro …

Declínio cognitivo relacionado com a idade pode ser reversível

Cientistas conseguiram reverter em ratos o declínio cognitivo causado pelo envelhecimento. O objetivo dos investigadores é que as farmacêuticas baseiem-se neste estudo para criar um composto que possa ser administrado em humanos. As células específicas do …

Afluência às urnas é menor (mas há mais votantes). Abstenção deverá ficar entre os 56 e 60%

A afluência às urnas às 16:00 nas presidenciais de hoje em Portugal, 35,4%, é a segunda mais baixa desde as eleições de 2006, ano em que este número passou a ser divulgado pela administração eleitoral. Esta …

Reino Unido já vacinou quase 6 milhões. Alemanha aumenta controlo nas fronteiras

O Reino Unido já administrou a primeira das duas doses da vacina contra o novo coronavírus em cerca de seis milhões de pessoas, quando o número de mortes no país devido à pandemia está perto …

Polícia desmantela rede de tráfico internacional de armas (e descobre santuário dedicado a Hitler)

Em dezembro, as autoridades espanholas conseguiram desmantelar uma rede ilegal de armas que operava em toda a Europa, e acabou por capturar os traficantes. O que a polícia não esperava era encontrar um armazém cheio …

Diminuição da esperança média de vida é "consequência inevitável" da pandemia

A esperança média de vida em Portugal vai necessariamente diminuir em consequência da pandemia de covid-19, defendeu um especialista, explicando que isso decorre do efeito combinado da morte de idosos, mas também de jovens em …