/

O cliente foi mal educado. Elon Musk tirou-lhe o Tesla

1

teslaclubbe / Flickr

-

“Se queres ter um Tesla, não me podes aborrecer demasiado”

O carismático CEO da Tesla, Elon Musk, protagonizou mais um caso interessante – desta vez, envolvendo um cliente mal formado da icónica construtora de automóveis eléctricos.

Reclamar na Internet acerca do péssimo serviço de uma empresa pode levar as pessoas a decidir não comprar um produto. Mas aparentemente, o contrário também acontece: fazer uma péssima reclamação na Internet pode levar a empresa a decidir não vender o seu produto.

Stewart Alsop, conhecido investidor e venture capitalist, estava em vias de ser o feliz proprietário de um Tesla, mas cometeu um erro fatal: insultou Elon Musk.

Num post publicado no seu blog com o título de “Caro @Elon Musk: devia ter vergonha de si próprio“, Alsop criticou duramente Elon Musk pelo seu atraso na cerimónia de apresentação do novo Model X.

Sem grandes explicações, Musk cancelou a encomenda do cliente. Não há Tesla X para Alsop.

No seu post, Alsop diz que a empresa está a ter demasiadas preocupações com a segurança, o que atrasou a chegada do veículo aos clientes.

Além disso, o cliente queixa-se de que não teve oportunidade de realizar um test-drive do veículo, mesmo depois de ter pago 5 mil dólares de entrada para encomendar o modelo.

Alsop sugere ainda que Musk “demonstre alguma classe e se desculpe às pessoas que acreditam no seu produto”.

Pouco tempo depois, num outro post, “Banido pela Tesla“, Stewart Alsop relata uma conversa que teve com o empresário ao telefone, depois de lhe ter sido cancelada a encomenda.

“Fiquei a saber que não se sente à vontade com o facto de eu ter um carro da Tesla e que cancelou a minha encomenda de um Model X”, disse Alsop a Musk.

“Devo admitir que fiquei espantado por ter sido banido pela Tesla. Quando escrevi um post a reclamar do meu BMW X1, o CEO da BMW não me pediu que devolvesse o carro”, acrescentou Alsop.

Entretanto, Elon Musk mostrou-se surpreendido com a repercussão do caso, e respondeu ironicamente pelo seu Twitter.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Deve ser um dia com poucas notícias, para que recusar prestar um serviço a um cliente super mal educado atraia tanta atenção”, comentou Musk.

Há quem diga que o cliente, mal educado ou não, tem sempre razão. Mas nem sempre tem um Tesla.

ZAP / CanalTech

1 Comment

  1. Se fosse uma “lojinha de esquina”, era tratada como um deliquente. Como se trata do Elon Musk, é como se fosse uma “pequena excentricidade”. De uma forma geral o Sr Musk esteve muito mal. Em Portugal é ilegal fazer o mesmo: quando se tem uma “porta aberta” não se pode discriminar negativamente nenhum cliente. Desejo que saiba aproveitar o seu poder para melhorar a sua personalidade e curta passagem por este mundo.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.