Novos “earphones” da Google traduzem diálogos em tempo real

(dr) Google

Os novos “earphones” Google Pixel Buds

O Google anunciou recentemente os “Pixel Buds”, os novos auscultadores de ouvido sem fio capazes de traduzir línguas em tempo real.

Os novos “earphones” da Google são especificamente projetados para ser a primeira e a melhor opção para pessoas que já usam telefones desta empresa, ou seja, com sistema Android, assim como acontece com os AirPods projetados para iPhones.

Podemos mesmo dizer que os novos Pixel Buds foram buscar inspiração aos auscultadores da marca concorrente mas com outras melhorias: têm uma maneira nova e mais fácil de emparelhar com o telefone, vêm numa pequena caixa de bateria, usam controles de toque e têm uma integração boa com um assistente “inteligente”.

Além disso, têm também preços exatamente iguais: 159 dólares, cerca de 135 euros, com lançamento previsto para novembro nos Estados Unidos.

A grande diferença

O que torna os Pixel Buds tão especiais é que estão um passo mais perto do Santo Graal dos dispositivos de ficção científica: o tradutor universal em tempo real.

A Google demonstrou a nova tecnologia através de uma conversação, realizada ao vivo, entre uma pessoa que fala sueco e outra que fala inglês. Este recurso é oferecido em 40 idiomas.

Como é que funciona? O utilizador segura o dedo no auscultador e diz, por exemplo, “ajuda-me a falar inglês”, seguido da frase que pretende. Quando retira o dedo, a aplicação processa o pedido e mostra a tradução. Por sua vez, a outra pessoa segura um botão no seu próprio telefone e responde, resposta essa que é traduzida à outra pessoa.

A demonstração funcionou muito bem: a tradução de inglês para sueco ajudou os dois ‘cobaias’ a conversar, desde a introdução “Olá, tudo bem?” até à questão: “Que cor de ‘earphones’ eu deveria comprar?”, com a resposta “Acho que azul combina com você”.

Outras características

Além disso, os Pixel Buds são “earphones de pescoço”, ou seja, têm um cabo de tecido que liga os lados esquerdo e direito, e não verdadeiros auscultadores de ouvido sem fios.

O cabo que os conecta é mais curto e mais flexível do que outros cabos de pescoço, e o facto de ser feito de tecido torna-os um pouco mais confortáveis. Este cabo também é a chave para a forma relativamente única como os Pixel Buds são usados.

Estes “earphones” não são intra-auriculares e não se encaixam no canal auditivo. Em vez disso, aninham-se na orelha externa e permanecem ancorados no lugar pelo cordão. O som é bastante claro e melhor do que auscultares de ouvido tradicionais intra-auriculares.

Tal como outros “earphones”, os Pixel Buds podem ser usados para fazer e receber chamadas. A bateria dura até cinco horas.

Os novos auscultadores vão ser vendidos em três cores – branco, cinza e preto.

PARTILHAR

RESPONDER

"DeepNude". Inteligência Artificial "tirou a roupa" a mulheres nas redes sociais

A empresa de informação Sensity alertou que mais de 100 mil imagens foram carregadas para um canal de Telegram onde um bot "tirou a roupa" de mulheres. A empresa de segurança Sensity revelou recentemente que existe …

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …

Milo, o "comunicador de ação" que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, …