Novos “earphones” da Google traduzem diálogos em tempo real

(dr) Google

Os novos “earphones” Google Pixel Buds

O Google anunciou recentemente os “Pixel Buds”, os novos auscultadores de ouvido sem fio capazes de traduzir línguas em tempo real.

Os novos “earphones” da Google são especificamente projetados para ser a primeira e a melhor opção para pessoas que já usam telefones desta empresa, ou seja, com sistema Android, assim como acontece com os AirPods projetados para iPhones.

Podemos mesmo dizer que os novos Pixel Buds foram buscar inspiração aos auscultadores da marca concorrente mas com outras melhorias: têm uma maneira nova e mais fácil de emparelhar com o telefone, vêm numa pequena caixa de bateria, usam controles de toque e têm uma integração boa com um assistente “inteligente”.

Além disso, têm também preços exatamente iguais: 159 dólares, cerca de 135 euros, com lançamento previsto para novembro nos Estados Unidos.

A grande diferença

O que torna os Pixel Buds tão especiais é que estão um passo mais perto do Santo Graal dos dispositivos de ficção científica: o tradutor universal em tempo real.

A Google demonstrou a nova tecnologia através de uma conversação, realizada ao vivo, entre uma pessoa que fala sueco e outra que fala inglês. Este recurso é oferecido em 40 idiomas.

Como é que funciona? O utilizador segura o dedo no auscultador e diz, por exemplo, “ajuda-me a falar inglês”, seguido da frase que pretende. Quando retira o dedo, a aplicação processa o pedido e mostra a tradução. Por sua vez, a outra pessoa segura um botão no seu próprio telefone e responde, resposta essa que é traduzida à outra pessoa.

A demonstração funcionou muito bem: a tradução de inglês para sueco ajudou os dois ‘cobaias’ a conversar, desde a introdução “Olá, tudo bem?” até à questão: “Que cor de ‘earphones’ eu deveria comprar?”, com a resposta “Acho que azul combina com você”.

Outras características

Além disso, os Pixel Buds são “earphones de pescoço”, ou seja, têm um cabo de tecido que liga os lados esquerdo e direito, e não verdadeiros auscultadores de ouvido sem fios.

O cabo que os conecta é mais curto e mais flexível do que outros cabos de pescoço, e o facto de ser feito de tecido torna-os um pouco mais confortáveis. Este cabo também é a chave para a forma relativamente única como os Pixel Buds são usados.

Estes “earphones” não são intra-auriculares e não se encaixam no canal auditivo. Em vez disso, aninham-se na orelha externa e permanecem ancorados no lugar pelo cordão. O som é bastante claro e melhor do que auscultares de ouvido tradicionais intra-auriculares.

Tal como outros “earphones”, os Pixel Buds podem ser usados para fazer e receber chamadas. A bateria dura até cinco horas.

Os novos auscultadores vão ser vendidos em três cores – branco, cinza e preto.

Avatar ZAP // HypeScience

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

"Love in on my side." The Black Mamba vencem o Festival da Canção

Love is on my side, dos The Black Mamba, vai representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção, em maio, nos Países Baixos. Este sábado, os The Black Mamba venceram a 55.ª edição do Festival da Canção, …

A Perseverance usa o processador dos iMac de 1998

A Perseverance, a sonda da NASA que pousou no dia 18 de fevereiro em Marte, é movida por um processador PowerPC 750, que foi usado no iMac Bondi Blue original da Apple em 1998. Muitos podem …

Idosos que dormem menos de 5 horas têm o dobro do risco de sofrer de demência

Os idosos que dormem menos de cinco horas por noite têm o dobro do risco de sofrer de demência, sugere uma nova investigação. Os resultados são de uma equipa de cientistas do Brigham and Women's …

ROUGHIE. Planador subaquático observa silenciosamente os mares (sem perturbar a vida selvagem)

Os veículos subaquáticos autónomos tornaram-se ferramentas versáteis para explorar os mares. Porém, estas ferramentas podem ser prejudiciais para o meio ambiente ou ter problemas em movimentar-se em espaços confinados. Uma equipa de investigadores da Purdue University, …

Igreja cipriota pede que a música "demoníaca" da Eurovisão seja cancelada. Governo rejeita

El Diablo foi a canção escolhida para representar o Chipre no festival da Eurovisão, que terá lugar em Roterdão, em maio. A música cipriota da Eurovisão está a causar polémica. A Igreja Ortodoxa do Chipre pediu, …

Cientistas propõem que indústria da moda pague "royalties" pelo padrão leopardo

Cientistas de Oxford, no Reino Unido, propõem que a indústria da moda comece a pagar royalties pelo uso do padrão que imita a pele de leopardo, para tentar ajudar a reverter o declínio deste felino. "O …

André Ventura foi reeleito presidente do Chega com 97,3% (e deixou recados ao PSD)

André Ventura foi reeleito este sábado, com 97,3% dos votos nas eleições internas para a presidência do Chega. O presidente demissionário do Chega foi reeleito este sábado com 97,3% dos votos, percentagem que considerou legitimá-lo para …

Uma das maiores camas do céu. JetBlue revela a nova classe executiva do Airbus A321neo

Uma das maiores camas no céu deverá estrear dentro de alguns meses, quando a JetBlue começar a voar com os seus A321neo de Boston e Nova Iorque a Londres. No dia 26 de fevereiro, a norte-americana …

Putin diz que Internet pode destruir a sociedade se não for regida pela moral

 Internet pode destruir a sociedade a partir se não não for regida por valores e leis da moral, considerou Vladimir Putin. O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, advertiu que a Internet pode destruir a sociedade a …

China torna-se o primeiro país do mundo a ter mais de mil multimilionários

A China tornou-se o primeiro país do mundo a ultrapassar a marca dos mil multimilionários, tendo neste momento um total de 1058 pessoas que têm a sorte de poder fazer parte desse grupo restrito. De acordo …