Novos achados no Vale do Côa podem ser da época do Neandertal

Lusitana / Wikimedia

Sítio arqueológicos no Vale do Rio Côa - Núcleo de arte rupestre da Penascosa

Sítio arqueológicos no Vale do Rio Côa – Núcleo de arte rupestre da Penascosa

Arqueólogos do Vale do Côa admitiram hoje pela primeira vez terem descoberto ao longo do ano novos sítios cuja data pode ir até ao Paleolítico Médio, disse à Lusa o diretor do Parque Arqueológico do Côa, Martinho Batista.

Segundo o também arqueólogo, a campanha de sondagem e prospeção revelou achados do “período grafetense”, com cerca de 30 mil anos, e provavelmente com níveis de ocupação até anteriores, o que será depois apurado com novas escavações agendadas para 2015.

O anúncio foi feito numa altura em que se assinalam 20 anos sobre as primeiras descobertas da Arte do Côa e os 16 anos da sua classificação como Património Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco).

“Retomámos alguns trabalhos arqueológicos que é fundamental manter e mantemos equipas de técnicos em permanência no terreno e no sítio da Cardina, onde foram feitas duas campanhas de prospeção arqueológica, o que revelou um fundo de cabana idêntico aos raríssimos que há em toda a Europa”, descreveu o arqueólogo.

A confirmar-se, a descoberta poderá provar que o Vale do Côa já era ocupado antes do período das gravuras rupestres, um dado “muito importante”.

Tempo Caminhado / Blogspot

O arqueólogo Martinho Batista

O arqueólogo Martinho Batista

Os arqueólogos admitem mesmo que fundos de cabana como os agora encontrados no Vale do Côa podem ir até à época do homem de Neandertal, ou seja, até quase 50 mil anos atrás ou até mais.

“Destes fundos de cabana do Paleolítico haverá quatro ou cinco exemplares em toda a Europa”, enfatizou Martinho Batista.

O novo local identificado está numa área de confluência entre os granitos e os xistos na região do Parque Arqueológico do Vale do Côa (PAVC).

“Com esta campanha de prospeção, escavação e levantamento de novos sítios, o espólio Museu do Côa vai ser permanentemente atualizado”, referiu Martinho Batista, explicando que falta especificar a datação dos materiais e do sítio descobertos.

Durante o fim de semana haverá visitas guiadas gratuitas ao MC e PAVC e na terça-feira o dia será reservado as escolas.

O PAVC assinala até terça-feira a passagem de duas décadas sobre a descoberta da Arte do Côa, que em 1994 provocou uma polémica cultural e política que ultrapassou as fronteiras nacionais.

Segundo os especialistas, ali se encontrava o maior museu ao ar livre do Paleolítico de todo o mundo, que em 1998 recebe mesmo a classificação de Património Cultural da Humanidade pela UNESCO.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Não se esqueçam de agradecer a PSD, PS e CDS-PP" pelo corte de sustentabilidade na pensão

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, acusou este domingo o PS, PSD e CDS-PP de utilizarem a União Europeia (UE) “como desculpa sempre que querem travar” conquistas laborais para todos os que vivem …

Museu de Nova Iorque devolve ao Egito "caixão dourado" roubado em 2011

O Museu Metropolitan (MET) de Nova Iorque vai devolver ao Egito um sarcófago roubado em 2011, durante as manifestações da chamada "Primavera Árabe", anunciou este domingo a instituição nova-iorquina. Construído em ouro para o sacerdote Nedjemankh, …

Quase um terço da população chinesa terá mais de 65 anos em 2050

Trinta por cento da população chinesa terá mais de 65 anos, dentro de três décadas, informou hoje um jornal chinês, ilustrando o rápido envelhecimento do país, apesar de ter abolido a política de filho único. “O …

Trump pede à Europa que julgue os seus "jihadistas" (ou os EUA terão de os libertar)

O presidente dos Estados Unidos apelou aos países europeus, nomeadamente o Reino Unido, a França e a Alemanha, para repatriarem e julgarem os seus combatentes do Estado Islâmico feitos prisioneiros na Síria. Caso contrário, aponta …

Depois de 11 mortes e 1800 condenações, franceses querem o fim dos Coletes Amarelos

A maioria dos franceses defende que devem parar os protestos nas ruas dos “coletes amarelos”, três meses após o início das primeiras manifestações que fizeram 11 vítimas mortais, noticia esta segunda-feira a agência France Presse. Uma …

Uma tese de doutoramento levou Marcelo à capa do El País

A tese de doutoramento sobre Marcelo Rebelo de Sousa é de autoria de uma professora universitária e jornalista da RTP. O tema já chegou ao jornal espanhol El País. O jornal percorre as provas de popularidade …

Seguros de saúde sobem para 2,6 milhões com crise no SNS

No primeiro semestre de 2018 o número de contratos de seguros de saúde aumentou 3%, em termos homólogos, para 2,6 milhões, escreve esta segunda-feira o Jornal de Notícias na sua edição impressa. Os dados, da Autoridade …

PSP usa critérios étnicos para avaliar risco de bairros problemáticos

Apesar de a recolha de dados étnico-raciais não ser permitida em Portugal, a PSP utiliza ainda critérios étnicos na avaliação do grau de risco de zonas urbanas sensíveis (ZUS), avança o jornal Público esta segunda-feira. Segundo …

Pyongyang fala em “momento decisivo” em vésperas de nova cimeira com Washington

O principal diário norte-coreano, Rodong Sinmun, escreve esta segunda-feira que o país enfrenta "um momento decisivo", em termos de desenvolvimento económico, a pouco mais de uma semana da cimeira entre o líder norte-coreano e dos …

OCDE quer tribunais especiais para julgar a corrupção

Portugal precisa de fortalecer os mecanismos de prevenção da corrupção, defende a OCDE, que sugere a criação de tribunais especializados e a redução das possibilidades de recurso dos arguidos.  O retrato da análise da corrupção …