/

Nova bactéria misteriosa transmitida por mosquitos ameaça a Humanidade

2

Kenneth Todar / Microbe Wiki

Imagem microscópica colorida da bactéria Rickettsia felis

Imagem microscópica colorida da bactéria Rickettsia felis

Os cientistas descobriram mais uma razão para se ter receio dos mosquitos: estes insectos são portadores potenciais de uma doença misteriosa e ainda mal compreendida.

A Rickettsial, ou “tifo das pulgas do gato”, é uma doença identificada pelos cientistas em 1990. Em 2008, segundo um artigo publicado na Proceedings of the National Academy of Sciences, foi considerada “uma ameaça global emergente para os seres humanos“.

O alerta foi dado na altura pelo CDC, o Centro de Prevenção de Doenças Contagiosas dos Estados Unidos.

No entanto, estranhamente, as necessárias investigações para entender melhor esta ameaça ficaram desde então por realizar.

Philippe Parola, um dos autores do estudo, explica que se conhece ainda muito pouco sobre esta doença, provocada pela bactéria Rickettsia felis, porque só pode ser identificada em laboratório.

Além disso, os seus sintomas não estão muito bem definidos, e podem ser confundidos com os de outras doenças, explica Parola, médico especialista em doenças infecciosas e medicina tropical.

O cientista realça que se pensava anteriormente que a Rickettsia felis era transmitida apenas por pulgas e carraças.

CDC

Escaras nas pálpebras de um adolescente de 16 anos com febre, causadas por Rickettsia sibirica mongolitimonae

Escaras nas pálpebras de um adolescente francês de 16 anos, causadas por Rickettsia sibirica mongolitimonae

No entanto, numa experiência em que mosquitos se alimentaram do sangue de cobaias infectadas com Rickettsia felis, concluiu-se que os mosquitos eram capazes de transmitir a doença.

“O que é de notar acerca desta doença é que já foi identificada em todos os continentes do mundo, excepto na Antártida”, advertiu o investigador, em 2010.

E apesar de até agora não se ter registado nenhum caso mortal provocado pela Rickettsial, a propagação global da doença leva a que os cientistas a considerem já “uma ameaça real para todos os seres humanos”.

Entretanto, convém ter o insecticida de prevenção.

ZAP

2 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE