Novo medicamento pode revelar-se a primeira “cura” para a diabetes tipo 2

-

Um novo medicamento criado por uma equipa da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, pode revelar-se finalmente uma “cura” para a diabetes tipo 2.

A doença, embora influenciada pela genética, é em grande parte causada por factores ambientais como o excesso de stress, uma má dieta alimentar, ou o excesso de peso durante períodos prolongados de tempo, especialmente em uma idade avançada.

Nos pacientes com diabetes, o pâncreas é incapaz de produzir insulina suficiente, ou as células do corpo simplesmente não reagem a essa insulina, o que eleva os níveis de açúcar no sangue a valores perigosamente elevados.

Esta condição é conhecida como resistência à insulina e, actualmente, não há nenhum tratamento médico capaz de a anular ou reverter.

Recentemente, num estudo desenvolvido por uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, um novo medicamento foi administrado por via oral a um grupo de cobaias alimentadas com uma dieta extremamente rica em gordura, em resultado da qual os animais tinham desenvolvido obesidade e diabetes tipo 2.

O grupo de animais que recebeu o fármaco não experimentou efeitos colaterais. As suas células reagiram novamente à presença de insulina, e os seus níveis de açúcar no sangue regressaram ao normal durante pelo menos um mês.

Esta é a primeira vez que um tratamento efectivamente “elimina” a diabetes tipo 2. O estudo foi publicado na revista Nature.

A equipa já tinha a noção de que uma determinada enzima era responsável por causar a diabetes. Conhecida como LMPTP, ou “proteína tirosina fosfatase de baixo peso molecular”, a enzima pode ser encontrada no fígado, e parece interagir com as células de tal forma que elas resistem à presença de insulina.

O medicamento foi especificamente projectado para dificultar o progresso da LMPTP, permitindo que os receptores de insulina das células sejam capazes de reagir a ela.

O próximo passo será agora verificar se o fármaco é seguro para uso em ensaios clínicos com seres humanos. A época para tal não poderia ser melhor. A diabetes, em particular o tipo 2, será a sétima principal causa de morte em todo o mundo em 2030.

O número de pessoas que sofrem da condição aumentou 390% nos últimos 35 anos, e por enquanto há apenas formas de mitigar os seus sintomas, não uma verdadeira cura funcional. Talvez esta seja a droga que finalmente vai mudar isso.

PARTILHAR

RESPONDER

Nicolas Bourbaki foi o maior matemático de sempre (mas nunca existiu)

Considerado como um dos maiores matemáticos de sempre, Nicolas Bourbaki não passava de um pseudónimo adotado por um grupo de grandes matemáticos, que revolucionou a matemática como a conhecemos. Nicolas Bourbaki está entre os maiores matemáticos …

No aquário do Tennessee, é uma enguia que acende as luzes da árvore de Natal

A enguia Miguel Wattson é a responsável pelo espírito natalício que se vive no Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos. O Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos, encontrou uma forma inusitada de celebrar esta época festiva: …

Há 34 anos, Diana dançou com Travolta. Agora, o seu vestido foi vendido por 261 mil euros

O vestido que a Princesa Diana usou para jantar na Casa Branca, em 1985, foi vendido por mais de 261 mil euros. O vestido azul que a Princesa Diana usou num jantar na Casa Branca, em …

Doentes crónicos com baixo nível de literacia em saúde recorrem mais às urgências

Os doentes crónicos e com um nível de literacia em saúde mais baixo utilizam mais vezes os serviços de urgência hospitalares e dos centros de saúde, bem como as consultas de medicina geral e familiar, …

Ártico viveu em 2019 o segundo ano mais quente em 119 anos

O Ártico viveu em 2019 o seu segundo ano mais quente desde 1900, de acordo com um relatório publicado na terça-feira, aumentando receios de degelo e aumento do nível da água. O Polo Norte está a …

Jardineiro encontra por acaso a obra mais procurada de Gustav Klimt. Estava no galeria onde foi roubada

Um funcionário da galeria de arte Ricci Oddi, na cidade italiana de Piacenza, encontrou por acaso a obra mais procurado do pintor austríaco Gustav Klimt. Estava na própria galeria, onde a obra terá sido roubada …

YouTube reforça políticas contra assédio online

O YouTube anunciou, esta quarta-feira, um conjunto de alterações às políticas que visam combater o assédio que existe na plataforma. O YouTube anunciou esta quarta-feira o reforço das suas políticas contra o assédio online, que preveem …

Deus bebé indiano vence caso em tribunal e reinvindica território sagrado

O Supremo Tribunal Indiano declarou Ram Lalla Virajman, um deus bebé, como o legítimo proprietário de Ayodhya, uma terra no norte da Índia considerada sagrada por muçulmanos e hindus. O tribunal decidiu que o Governo …

China usa comités partidários para manipular empresas estrangeiras

Em outubro, quando a Liga Norte-Americana de Basquetebol (NBA) tentou voltar atrás no apoio aos protestos em Hong Kong, foi criticada por se submeter ao regime autoritário da China. Mas são cada vez mais as …

Ângelo Rodrigues, Flamengo e Tinder. Os temas mais procurados pelos portugueses no Google

Ângelo Rodrigues, Flamengo, como saber onde votar, como funciona o Tinder e "Game of Thrones" estão entre os tópicos que os utilizadores portugueses do Google mais pesquisaram ao longo de 2019. Os dados são divulgados …