Novo curador do primeiro planetário da América é português

Chris Smith/Out of Chicago

Planetário Adler, em Chicago, o mais antigo da América

Planetário Adler, em Chicago, o mais antigo da América

O próximo curador do Planetário Adler, em Chicago, o primeiro a surgir na América, é português e chama-se Pedro Raposo.

O novo curador identifica uma dupla motivação neste desafio: “promover mais investigação em torno da colecção e contribuir para que um público cada vez mais alargado possa usufruir deste magnífico património”.

Pedro Raposo é mestre em História e Filosofia das Ciências pela Faculdade de Ciências da U.Lisboa, doutor em História da Ciência pela Universidade de Oxford, e investigador de pós-doutoramento do Centro Interuniversitário de História das Ciências e Tecnologia.

O Planetário Adler, tido como referência ao nível do ensino das ciências, tem a seu cargo uma das maiores e mais representativas colecções de instrumentos científicos históricos do mundo e que inclui livros raros, mapas, imagens, modelos e material de arquivo de importância capital para a história da Astronomia.

Actualmente, o edifício tem três salas para sessões de planetário equipadas com tecnologia audiovisual avançada, um centro de imagem e visualização do espaço e um observatório.

O planetário acolhe ainda um grupo de investigação em Astrofísica e um instituto dedicado à história da astronomia, o Webster Institute for the History of Astronomy.

SAHFC / fc.ul.pt

Pedro raposo, o novo curador do Planetário Adler

Pedro raposo, o novo curador do Planetário Adler

No cargo que Pedro Raposo vai assumir, a missão passa por “promover o estudo desta colecção e o seu enriquecimento com novos itens, facilitar o seu uso para fins educativos e de investigação, e trabalhar na sua interpretação perante o grande público, através da organização de exposições e do desenvolvimento de plataformas multimédia”.

De acordo com a Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências, Pedro Raposo foi o primeiro estudante de pós-graduação a obter o grau de mestre em História e Filosofia das Ciências nesta faculdade, em 2006.

A tese do historiador das ciências foi dedicada ao percurso do astrónomo Campos Rodrigues (1836-1919), segundo director do Observatório Astronómico de Lisboa e figura de proa da Astronomia portuguesa de finais do século XIX e princípios do século XX, e foi orientada por Henrique Leitão, recentemente distinguido com o Prémio Pessoa.

Em 2011, Pedro Raposo obteve o grau de doutor em História da Ciência pela Universidade de Oxford. A sua tese de doutoramento teve como tema as origens do Observatório Astronómico de Lisboa e foi orientada por Jim Bennett, um dos maiores especialistas mundiais na história dos instrumentos científicos e sua musealização.

Ciência Hoje

PARTILHAR

RESPONDER

PS já não está a uma só voz. José Sócrates, o ativo tóxico, fez mossa e dividiu o partido

Fernando Medina diz que não falou com António Costa, Vieira da Silva não esconde o desgosto e o PS já não está a uma só voz. O juiz Ivo Rosa arrasou o Ministério Público (MP) na …

A brilhar na Alemanha, André Silva pode sair por preço de saldo

Cada vez mais clubes estão interessados na contratação de André Silva. O internacional português tem uma cláusula de rescisão de 30 milhões de euros. André Silva tem passado por altos e baixos na sua ainda curta …

Possibilidade de melhoria de nota no secundário aprovada. Decisão do ano passado foi "injusta"

Foram, esta quinta-feira, aprovados projetos que permitem a realização de exames para melhoria de nota para os alunos do ensino secundário. O PS absteve-se da votação. De acordo com o Expresso, o Parlamento aprovou esta quinta-feira …

PRR. Governo admite pedir mais 2,3 mil milhões de euros para capitalizar empresas

Capitalização e inovação das empresas, e a possibilidade de pedir mais 2,3 mil milhões de euros (para um total de cinco mil milhões) na componente de empréstimos. António Costa fez, durante a tarde desta sexta-feira, …

OMS alerta para crescimento "preocupante" de casos no mundo

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou esta sexta-feira para o continuo crescimento de casos de covid-19 no mundo, referindo que o número de novos casos confirmados por semana quase duplicou nos últimos …

Há falta de sedativos em hospitais brasileiros. Médicos intubam doentes "conscientes"

Estão a surgir vários relatos de profissionais de saúde brasileiros forçados a intubar pacientes sem o auxílio de sedativos. No Brasil, de acordo com a Associated Press, há profissionais de saúde a intubar pacientes sem recurso …

Governo acusado de financiar queima de resíduos recicláveis com 50 milhões de euros

A associação ambientalista Zero acusa o Ministério do Ambiente de utilizar 50 milhões de euros do Fundo Ambiental para financiar a queima de resíduos recicláveis em Lisboa e Porto, indo contra a nova legislação sobre …

Zimbabué. Sem nacionalidade reconhecida, milhares de pessoas lutam de forma desigual por educação e saúde

Centenas de milhares de pessoas no Zimbabué foram marginalizadas e forçadas a lutar de forma desigual pelo acesso à educação, saúde e habitação, porque não têm nacionalidade reconhecida pelo país, acusou um relatório da Amnistia …

Nova Entidade para a Transparência volta a derrapar. Só arranca em 2023

A nova Entidade para a Transparência, o organismo para fiscalizar políticos e altos cargos públicos aprovado em 2019, só deverá arrancar em 2023. A previsão foi avançada por João Caupers, presidente do Tribunal Constitucional (TC), numa …

Bicicleta de Taremi vence prémio de Golo da Semana da Champions

O golo do avançado iraniano, marcado nos instantes finais do jogo contra o Chelsea, que ditou a eliminação do FC Porto da Liga dos Campeões, foi eleito o "Golo da Semana" na prova. "Este chuto espetacular …