Novo Banco registou perdas de 260 milhões à revelia do Banco de Portugal

José Sena Goulão / Lusa

António Ramalho, presidente do Novo Banco

A equipa António Ramalho terá inscrito nas contas 260 milhões de euros em perdas, passíveis de reembolso, sem falar com o Fundo de Resolução.

O Público avança que a equipa de António Ramalho sinalizou, nos resultados do primeiro trimestre, um novo pedido de ajuda no valor de 176 milhões de euros em 2020 e a inclusão de perdas de 260 milhões relacionadas com fundos de reestruturação que tinham estado, até agora, fora do mecanismo que calcula as injeções de dinheiro do Estado.

O diário avança ainda que o Fundo de Resolução ficou à margem desta decisão, tendo já pedido explicações a António Ramalho. “O Fundo de Resolução não teve intervenção nesta matéria”, confirmou fonte oficial do Banco de Portugal (BdP), que tem na sua dependência o Fundo de Resolução.

Em causa está a decisão do Novo Banco de registar perdas nos “fundos de reestruturação”, veículos que foram utilizados pelos bancos durante a crise financeira para reduzir o risco das suas carteiras, através da transferência de pacotes de créditos para sociedades independentes.

Esta foi a forma encontrada para retirar riscos do balanço dos bancos, apesar de as instituições financeiras continuarem exportas àqueles créditos pelos títulos de participação que passavam a possuir e pelos contratos que assinavam para que esses ativos passassem para os fundos de reestruturação.

O que costuma acontecer é que essa exposição do banco ao fundo de reestruturação vá sendo atualizada aos preços de mercados. No entanto, há vários anos, o supervisor europeu tem vindo a exigir que os bancos reduzam a exposição a esses veículos. Ainda assim, os supervisores europeus têm mostrado alguma tolerância com a pandemia.

Apesar da tolerância, a gestão de António Ramalho indicou, nas contas semestrais, que “tem na sua carteira títulos investidos em fundos de reestruturação, que estão maioritariamente protegidos pelo Mecanismo de Capitalização Contingente”.

Estando protegidos por este mecanismo, que injeta capital no Novo Banco para suprir perdas, o Novo Banco terá pedido uma auditoria independente que levou ao reconhecimento de um valor menor para esses títulos: 840 milhões para 557 milhões, o que levou ao reconhecimento dessa imparidade de 260 milhões.

No documento, António Ramalho também deixa em aberto a possibilidade de as perdas se agravarem com a crise económica, destacando que “continuará a monitorizar esta área à medida que o impacto da pandemia na economia portuguesa se tornar mais claro”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

"Último recurso". Governo britânico admite novo confinamento no Reino Unido

O ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, admitiu esta sexta-feira que o Governo conservador não descarta decretar um segundo confinamento nacional para conter a pandemia de covid-19, embora considere esta opção um "último recurso" “Faremos …

Pais deixaram aluno com covid-19 na escola. Denúncia já chegou à PSP

Um aluno de uma escola de Leiria que está infectado com o coronavírus foi à apresentação do ano lectivo, nesta quarta-feira, quando já havia suspeitas de que teria covid-19, uma vez que o pai também …

A segunda vaga já chegou a Portugal (e há "uma diferença muito importante")

Os especialistas não duvidam que a segunda vaga de covid-19 já chegou a Portugal, mas apontam que há diferenças significativas relativamente ao início da pandemia, em Março. "Há uma diferença muito importante nesta segunda vaga que …

Governo tinha 90 milhões para apoiar criação de emprego (mas pedidos superaram os 487 milhões)

O programa do Governo para apoiar a criação de emprego, lançado em julho, tinha uma verba de 90 milhões de euros. Dois meses depois, a procura excedeu os 487,5 milhões. O jornal Público adiantou esta quinta-feira …

Metade dos portugueses acredita que Portugal está preparado para inverno (mas defende novo confinamento)

Uma sondagem da Aximage para o Jornal de Notícias e TSF revela que 47% dos portugueses defendem um novo confinamento, apesar de 50% acreditar que o país está melhor preparado para o inverno. De acordo …

Corona o melhor, Pizzi a perder bolas: as curiosidades da Liga

A I Liga 2020/2021 começa nesta sexta-feira, ainda com muitas incertezas. Entretanto, voltámos a espreitar o relatório 'Futebol em números', publicado no final de agosto pela própria Liga Portugal. Desta vez deixámos aqui algumas curiosidades …

Investigadores escrevem carta na Science para pressionar o Governo a desistir do aeroporto do Montijo

Investigadores portugueses acusam o governo português de ir contra os objetivos do Pacto Ecológico Europeu ao persistir na construção do aeroporto no Montijo, apontando sobretudo o efeito destrutivo em centenas de milhares de aves no …

Aos 20 anos, Duplantis bate mítico recorde do mundo de salto com vara

O saltador com vara sueco Armand Duplantis continua a fazer história e esta quinta-feira, no decorrer do 'meeting' de Roma, da Liga Diamante, conseguiu o melhor salto de sempre ao ar livre, com 6,15 metros. O …

PSD vai votar contra propostas para legalizar o lobbying

O PSD vai votar contra a legalização do lobbying. Os sociais-democratas defendem que as regras criam um maior afastamento entre cidadãos e entidades públicas e políticas. CDS, PAN e PS querem discutir propostas para legalizar o …

Feitiço vira-se contra o feiticeiro. Flamengo é humilhado na Libertadores

O Flamengo sofreu a mais pesada derrota do clube na Taça Libertadores, após ter sido goleado por 5-0 pelos equatorianos do Independiente del Valle. Depois da eliminação do SL Benfica da Liga dos Campeões, às mãos …