Novo Banco registou perdas de 260 milhões à revelia do Banco de Portugal

José Sena Goulão / Lusa

António Ramalho, presidente do Novo Banco

A equipa António Ramalho terá inscrito nas contas 260 milhões de euros em perdas, passíveis de reembolso, sem falar com o Fundo de Resolução.

O Público avança que a equipa de António Ramalho sinalizou, nos resultados do primeiro trimestre, um novo pedido de ajuda no valor de 176 milhões de euros em 2020 e a inclusão de perdas de 260 milhões relacionadas com fundos de reestruturação que tinham estado, até agora, fora do mecanismo que calcula as injeções de dinheiro do Estado.

O diário avança ainda que o Fundo de Resolução ficou à margem desta decisão, tendo já pedido explicações a António Ramalho. “O Fundo de Resolução não teve intervenção nesta matéria”, confirmou fonte oficial do Banco de Portugal (BdP), que tem na sua dependência o Fundo de Resolução.

Em causa está a decisão do Novo Banco de registar perdas nos “fundos de reestruturação”, veículos que foram utilizados pelos bancos durante a crise financeira para reduzir o risco das suas carteiras, através da transferência de pacotes de créditos para sociedades independentes.

Esta foi a forma encontrada para retirar riscos do balanço dos bancos, apesar de as instituições financeiras continuarem exportas àqueles créditos pelos títulos de participação que passavam a possuir e pelos contratos que assinavam para que esses ativos passassem para os fundos de reestruturação.

O que costuma acontecer é que essa exposição do banco ao fundo de reestruturação vá sendo atualizada aos preços de mercados. No entanto, há vários anos, o supervisor europeu tem vindo a exigir que os bancos reduzam a exposição a esses veículos. Ainda assim, os supervisores europeus têm mostrado alguma tolerância com a pandemia.

Apesar da tolerância, a gestão de António Ramalho indicou, nas contas semestrais, que “tem na sua carteira títulos investidos em fundos de reestruturação, que estão maioritariamente protegidos pelo Mecanismo de Capitalização Contingente”.

Estando protegidos por este mecanismo, que injeta capital no Novo Banco para suprir perdas, o Novo Banco terá pedido uma auditoria independente que levou ao reconhecimento de um valor menor para esses títulos: 840 milhões para 557 milhões, o que levou ao reconhecimento dessa imparidade de 260 milhões.

No documento, António Ramalho também deixa em aberto a possibilidade de as perdas se agravarem com a crise económica, destacando que “continuará a monitorizar esta área à medida que o impacto da pandemia na economia portuguesa se tornar mais claro”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Reportado o primeiro caso de parkinsonismo após infeção de covid-19

Um homem de 45 anos de Israel revelou sintomas da doença de Parkinson (parkinsonismo) logo depois de ter sido infetado com a covid-19. Tal como frisa o portal IFL Science, os vírus foram já muitas …

Pico da segunda vaga em Portugal poderá ser no início de outubro

Um estudo, publicado esta quarta-feira, indica que o pico da segunda vaga em Portugal poderá acontecer no início de outubro, na semana entre 5 e 11 de outubro.  De acordo com a rádio Renascença, previsões da consultora …

Ex-membro dos Panteras Negras vai ser libertado após 49 anos de prisão

Um ex-membro do Partido dos Panteras Negras, que está na prisão há quase meio século, vai finalmente conseguir a sua liberdade, depois de um conselho de liberdade condicional de Nova York ordenar a sua libertação. Jalil …

"Cristiano Ronaldo disse-me que vou ser feliz no Barcelona", revela Pjanic

Reforço do Barcelona elege o seu novo estádio como o melhor de todos mas o seu ídolo no futebol é o treinador do Real Madrid. Miralem Pjanić, que se mudou para o Barcelona neste verão, jogava …

Portugal em grupo de países com "tendência preocupante", mas "risco moderado"

O Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças (ECDC) colocou Portugal, esta quinta-feira, num grupo de Estados com "tendência preocupante" de casos de covid-19, mas com "risco moderado". Na avaliação de risco hoje atualizada e …

Finlândia restringe entrada de turistas vindos de 13 países (e recorre a cães para controlar infeções)

Helsínquia anunciou hoje uma diminuição do número de países cujos habitantes podem entrar sem restrições na Finlândia, devido ao agravamento da epidemia de covid-19. Portugal continua na lista dos indesejados. A partir de segunda-feira, apenas os …

Virologista alemão defende que a verdadeira pandemia só agora começou

O virologista alemão Christian Drosten, cientista de referência e assessor do Governo alemão para os temas da covid-19, advertiu esta quinta-feira que a “verdadeira pandemia” do novo coronavírus só agora está a começar. “A verdadeira pandemia …

Manchester United deixou de ser um destino atraente. Porquê?

Ole Gunnar Solskjær tem de ser um bom vendedor, avisa a antiga figura do clube, Andy Cole. Os dois maiores rivais estão a ultrapassar o United no mercado. 20 campeonatos conquistados. 12 Taças de Inglaterra. Campeão …

Doentes com dengue podem ter imunidade contra coronavírus, sugere estudo

Um estudo que analisou a dinâmica da covid-19 no Brasil indica que cidadãos infetados com dengue poderão desenvolver alguma imunidade contra o novo coronavírus, numa investigação que ainda não está concluída. De acordo com o estudo, …

Especialistas apontam várias mentiras no discurso de Bolsonaro na ONU

O Presidente brasileiro afirmou, na terça-feira, que o país é vítima de uma "campanha brutal de desinformação sobre a Amazónia". Sobre a pandemia de covid-19, Jair Bolsonaro considerou que o seu Governo agiu de forma …