Novo Atlas da vida marinha no Antártico regista mais de 9 mil espécies

O novo Atlas Biogeográfico do Oceano Antártico, que acaba de ser editado, tem “mais de 9 mil espécies registadas, desde os micróbios até às baleias”, revelou hoje a Universidade de Coimbra, que colaborou na obra.

Publicado pelo Scientific Committee on Antarctic Research, SCAR, o atlas resulta de “uma colaboração internacional sem precedentes”, envolvendo 147 cientistas, de 91 instituições de 22 países, entre os quais Portugal, sublinha a Universidade de Coimbra numa nota divulgada este domingo.

Para a elaboração desta obra sobre a vida marinha no Antártico, os cientistas envolvidos no projeto (oriundos da África do Sul, Alemanha, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, Chile, Dinamarca, Espanha, EUA, França, Holanda, Itália, Irlanda, Japão, Noruega, Nova Zelândia, Polónia, Reino Unido, Rússia e Suíça, além de Portugal) reuniram toda a informação existente sobre as espécies oceânicas e “partilharam a sua experiência e conhecimento”.

DR José Xavier

José Xavier, investigador da U.Coimbra e do British Antarctic Survey, é o biólogo marinho português que mais tempo passou na Antárctida em investigação.

José Xavier, investigador da U.Coimbra e do British Antarctic Survey, é o biólogo marinho português que mais tempo passou na Antárctida em investigação.

Segundo José Xavier, investigador da Universidade de Coimbra, este vasto mapeamento de espécies permite “responder, pela primeira vez, a questões tão simples como quantas espécies existem na Antártida, onde estão distribuídas, e qual é a biodiversidade existente nesta parte do planeta”.

Com o efeito das alterações climáticas, “esta informação é vital para se tomarem medidas e políticas de conservação nesta região”, acrescenta o cientista, único português que fez parte da equipa internacional de biólogos marinhos e oceanógrafos responsável pela elaboração do atlas.

Os dados fornecidos no novo atlas funcionam igualmente como um legado e, segundo os seus autores e editores, são de “leitura obrigatória para qualquer pessoa interessada nos animais que vivem no fim da Terra”.

Dividida em 66 capítulos, a obra “engloba também uma incrível coleção de fotos”, adianta a UC, referindo que esta é “a primeira vez, desde 1969” (quando a Sociedade Americana de Geografia publicou o seu Antártida Map Folio Series), que é “compilada toda a informação que se conhece sobre as espécies oceânicas”, conclui José Xavier.

ZAP / Lusa / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

"Adiem a Liga dos Campeões", pede o Borussia Dortmund

Sorteio está marcado para esta quinta-feira mas Michael Zorc avisa: "Faltam requisitos legais para a fase de grupos arrancar". A fase de grupos da Liga dos Campeões vai começar, pela primeira vez, em outubro. A primeira …

Artista "ressuscita" 54 Imperadores Romanos com ajuda da Inteligência Artificial

Artista canadiano usou um ramo da Inteligência Artificial para criar retratos ultra-realistas de antigos Imperadores Romanos como, por exemplo, Calígula, Nero e Adriano. A aparência física destes antigos Imperadores Romanos foi preservada em centenas de esculturas …

Cantar pode ser uma má ideia durante a pandemia

Uma nova pesquisa revelou que cantar em grupo pode ser perigoso em termos de propagação de patógenos. Esta é só mais uma prova de que 2020 chegou para pôr um travão na diversão. A Universidade de …

Emirados Árabes Unidos anunciam missão espacial à Lua para 2024

Um alto responsável dos Emirados Árabes Unidos disse hoje que o país tenciona enviar para a Lua uma nave com um veículo não tripulado em 2024. O desejo de pisar a lua é uma ambição de …

Exército norte-americano quer ter acesso à rede de satélites da SpaceX

O exército dos Estados Unidos está de olho na Starlink, a constelação de satélites da SpaceX, cujo CEO é o multimilionário Elon Musk e que tem como objetivo levar Internet de banda larga a todos …

Portugal tem cada vez menos água disponível

Portugal tem cada vez menos água disponível e nos próximos cem anos a precipitação em certas regiões do país, como o Algarve, pode sofrer uma redução de até 30%, alertou esta terça-feira a Associação Natureza …

Tel Aviv vai ter estradas elétricas que recarregam autocarros em movimento

Tel Aviv, em Israel, está a trabalhar na criação de estradas elétricas sem fios para carregar e fornecer energia aos transportes públicos da cidade. As estradas elétricas são parte de um programa piloto liderado pelo município …

Suicídio entre militares norte-americanos aumenta 20% em época de covid-19

Os suicídios entre os militares subiram 20% este ano em comparação com o mesmo período de 2019, registando-se um aumento nos incidentes de comportamento violento à medida que as tropas lutam contra a covid-19 e …

Turista apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma. Arrisca ser condenado a prisão

Um turista foi apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma, em Itália, e arrisca ser punido com um até um ano de prisão. De acordo com o diário italiano La Repubblica, o turista, …

Função Pública. Fesap exige subida de remuneração mínima para 693 euros

A Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap) exige que a primeira posição da Tabela Remuneratória Única avance para 693,13 euros em 2021 e uma atualização do subsídio de refeição para seis euros. Estas duas medidas …