Três sismos acima de 7 na escala de Richter abalam a Nova Zelândia. Autoridades alertam para tsunami

A costa nordeste da Nova Zelândia foi esta quinta feira atingida por três sismos de magnitude acima de 7 na escala de Richter. A proteção civil emitiu um alerta de tsunami após o primeiro terramoto, pedindo aos habitantes que se afastassem da costa, que entretanto tinha sido levantado, mas já voltou a ser emitido.

A Agência de Gestão de Emergências Nacionais emitiu um novo alerta de tsunami após o terceiro terramoto de magnitude acima de 7 na escala de Richter.

De acordo com a conta oficial da proteção civil da Nova Zelândia, o país foi atingido por um primeiro sismo de magnitude 7.3 na escala de Richter, com epicentro a 105 quilómetros de Te Araroa, às 2h27 locais de sexta-feira (13h27 de quinta-feira em Lisboa), que se fez sentir em cidades como Wellington, Christchurch e Auckland, diz o jornal New Zealand Herald.

O Instituto Geológico dos Estados Unidos referiu inicialmente um abalo de 6.9, mas depois reviu os dados, confirmando uma magnitude de 7.3. A agência emitiu um alerta de tsunami, com ondas de até três metros, mas foi levantado algumas horas depois.

Cerca de quatro horas mais tarde, às 4h41 locais (17h41 de Portugal Continental), um segundo sismo de magnitude 7.4 abalou as Ilhas Kermadec e motivou mais um alerta de tsunami, que ainda está ativo.

Entretanto, a Agência de Gestão de Emergências Nacional registou um terceiro sismo de magnitude 8.1 na escala de Richter também na região das Ilhas de Kermadec, com origem a 10 quilómetros de profundidade, avança o Observador.

Cerca de 20 minutos mais tarde, um quarto abalo, possivelmente uma réplica, foi registado no mesmo local, mas com magnitude revista em 5.7.

Não foram, para já, registadas vítimas mortais ou feridos.

A proteção civil neozelandesa, que tinha levantado o alerta de tsunami, emitiu agora um novo aviso para a costa leste da Ilha do Norte, desde Bay of Islands até Whangarei, de Matata a Tolaga Bay (incluindo Whakatane e Opotiki) e na Ilha Great Barrier.

“Devem ir imediatamente para a zona elevada mais próxima” e “o mais para o interior do país possível”, avisou a agência, que também pediu à população para “não esperar” porque o possível tsunami pode causar grandes danos.

A primeira-ministra do país, Jacinda Ardern, reagiu ao primeiro sismo na sua página da rede social Facebook: “Espero que estejam todos bem – especialmente na costa Este, onde terão sentido toda a força do terramoto”.

Hope everyone is ok out there – especially on the East Coast who would have felt the full force of that earthquake (the map here shows just how many people were reporting it across the country)

Publicado por Jacinda Ardern em Quinta-feira, 4 de março de 2021

Depois do primeiro sismo já se tinham registado nove réplicas com magnitudes entre 4.4 e 5.3 na Nova Zelândia. O país foi atingido por quatro sismos (7.3, 7.4, 8 e 7.8) nas últimas seis horas.

  Sofia Teixeira Santos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pinturas destruídas de Gustav Klimt foram reconstruídas com recurso a Inteligência Artificial

O pintor austríaco Gustav Klimt criou algumas das suas obras mais conhecidas durante a chamada Fase Dourada - que se manteve viva durante a primeira década do século XX. Durante o seu período mais inspirador, o …

É turca, tem 24 anos e mede mais de dois metros. Rumeysa Gelgi é a mulher mais alta do mundo

Aos 24 anos, Rumeysa Gelgi foi confirmada como a mulher mais alta do mundo pelo Guinness World Records. A jovem turca mede cerca de 2,15 metros. A sua altura surpreendente deve-se a uma condição chamada síndrome …

Princesa Amalia, sucessora ao trono holandês, poderá ser rainha se casar com uma mulher

Nos Países Baixos, os casamentos reais precisam da aprovação do Parlamento, mas Mark Rutte já deixou claro que a união homossexual não é um entrave no acesso ao trono. Longe vão os tempos em que os …

Homem armado com arco e flecha mata e fere várias pessoas na Noruega

O homem foi detido pelas autoridades norueguesas. O incidente aconteceu na cidade de Kongsberg, no sudeste da Noruega. Um homem armado de arco e flecha matou hoje várias pessoas e feriu outras na cidade de Kongsberg, …

EUA preparam-se para vacinar crianças a partir dos cinco anos em novembro

A Casa Branca pediu aos governadores estaduais dos EUA para se prepararem para vacinar crianças com idades entre os 5 e os 11 anos contra a covid-19. O plano pode começar a ser executado já …

Governo prevê que em 2022 todas as pensões deverão aumentar

As pensões vão aumentar entre 0,15% e 0,9% no próximo ano, por via da atualização regular, abrangendo 2,6 milhões de pensionistas disse hoje a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. Esta atualização …

Médicos marcam greve para os dias 22, 23 e 24 de novembro

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) e a Federação Nacional dos Médicos (FNM) marcaram greve para os dias 22, 23 e 24 de novembro. A greve tem “como objetivo fundamental exigir o financiamento do Serviço Nacional …

Von der Leyen já discutiu com comissários possíveis respostas à Polónia

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, apresentou esta quarta-feira ao seu colégio de comissários possíveis respostas ao recente acórdão do Tribunal Constitucional polaco que coloca em causa a primazia do direito comunitário. A comissária …

Polícia espanhola detém cinco presumíveis jihadistas em Barcelona e Madrid

A Polícia espanhola anunciou hoje a detenção em Barcelona e Madrid de cinco presumíveis jihadistas, entre eles o suposto cabecilha que recrutou os demais entre um grupo de jovens delinquentes, quando procuravam comprar uma metralhadora …

Direção de Rio propõe diretas a 4 de dezembro e congresso em janeiro

A direção do PSD propôs hoje que as eleições diretas para escolher o presidente do partido se realizem em 04 de dezembro, com eventual segunda volta uma semana depois, dia 11, e o Congresso entre …