Nova lei alemã permitirá aos funcionários saber salários dos colegas do sexo oposto

A nova lei alemã, aprovada em março de 2017, vai permitir às trabalhadoras alemãs conhecer o salário dos colegas do sexo masculino, e vice-versa.

Embora a maioria das regras da chamada “lei para a promoção da transparência nas estruturas salariais” tenha entrado em vigor em julho, é a partir deste sábado que a sua principal ferramenta irá ser aplicada.

De acordo com a lei alemã, solicitar informações sobre o salário recebido pelos colegas de trabalho do sexo oposto, que realizam a mesma função ou atividades similares, é um direito dos funcionários.

Quando a lei foi aprovada, Manuela Schwesig, a social-democrata e então ministra da Família, disse que se trata de “uma questão de justiça para que na nossa sociedade e no nosso mundo do trabalho haja paridade entre homens e mulheres”. O objetivo desta nova lei é reduzir as diferenças salariais entre os dois géneros no país europeu.

As empresas com mais de 200 trabalhadores devem fornecer as informações sobre o salário de outros funcionários às pessoas que as solicitem, sem revelar salários específicos, mas sim o pagamento mensal bruto médio de pelo menos cinco colegas do sexo oposto com o mesmo tipo de funções.

As empresas com mais de 500 funcionários também devem examinar regularmente a estrutura salarial, o cumprimento da paridade nos salários e informar todos os funcionários através de documentos acessíveis.

Na Alemanha, os homens recebem uma média de 21% a mais do que as mulheres. De acordo com o Ministério da Família, mesmo no caso de pessoas com qualificações formais e um perfil idêntico, a diferença salarial é de 6%.

Em julho passado, Katharina Barley, a atual ministra da Família, disse que se uma pessoa pode comparar o seu salário com a de outros na empresa, pode exigir mais facilmente um salário justo”.

A lei começa a ser aplicada cinco dias após a entrada em vigor de uma regra pioneira aprovada pelo Parlamento islandês em junho, que obriga empresas privadas e agências governamentais a apresentarem provas de que os funcionários recebem salários iguais pelo mesmo tipo de trabalho, independentemente do género.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Barry Jenkins vai realizar sequela de "O Rei Leão"

O realizador e argumentista de Moonlight foi escolhido pela Walt Disney Studios para realizar a sequência do blockbuster de 2019, O Rei Leão. Ainda não há uma data de lançamento prevista para o segundo filme, mas …

"Não me sinto seguro sem uma". Venda de armas aumentou drasticamente nos EUA

Os EUA continuam a ser um dos países onde os cidadãos comuns têm mais facilidade em comprar armas de fogo. Esta é uma prática recorrente, e mais de um terço das famílias norte-americanas têm uma …

Pássaros de São Francisco aprenderam uma nova (e mais complexa) melodia durante a pandemia

Uma nova investigação científica relata que os pardais-de-coroa-branca de São Francisco, ave que vive nas zonas urbanas e rurais da cidade norte-americana, aprenderam uma nova e mais complexa melodia durante a pandemia. De acordo com …

Enorme espinha dorsal de tubarão-branco dá à costa em Massachusetts depois de uma tempestade

A espinha dorsal que se acredita pertencer a um espécime de tubarão-branco (Carcharodon carcharias) deu à costa numa praia em Massachusetts, nos Estados Unidos, depois de uma tempestade ter atingido a região. A espinha foi encontrada …

A China está a tornar-se o país com maior influência na ONU

Há dez anos, a China começou uma operação que lhe tem vindo a garantir mais influência nas Nações Unidas. Agora, o poder que possui na organização mundial protege o país asiático do escrutínio internacional. De acordo …

Uma droga pode tratar o nanismo (mas há quem defenda o "orgulho anão")

Um estudo vem agora revelar que uma droga pode tratar o nanismo. Porém, a possibilidade de haver um tratamento para esta condição clínica não é consensual. Um novo estudo, financiado pela BioMarin Pharmaceutical e publicado no …

Meghan Markle perde batalha judicial. Em causa está carta que enviou ao pai (divulgada por jornal britânico)

Depois de no passado mês de agosto, Meghan Marke vencer uma batalha judicial contra o Mail on Sunday, desta vez a Duquesa de Sussex não pode festejar mais uma vitória. A norte-americana perdeu a última …

Após acidente, robô-piloto voltou a levantar voo (e pilotou avião durante 2 horas)

O ROBOpilot, um piloto robótico não tripulado, levantou voo pela primeira vez no ano passado, mas sofreu danos durante um dos seus voos. Agora, está apto para voar novamente. No ano passado, um acidente forçou o Laboratório …

David Attenborough bateu um recorde mundial no Instagram (e destronou Jennifer Aniston)

O naturalista britânico David Attenborough destronou a atriz norte-americana Jennifer Aniston e tornou-se a pessoa a alcançar mais rapidamente um milhão de seguidores no Instagram, segundo os números do Guinness. David Attenborough, de 94 anos, …

Indonésia planeia atração turística com dragões de Komodo ao estilo de Jurassic Park

A Indonésia planeia construir uma atração ao estilo da saga Jurassic Park para que os turistas possam ver os famosos dragões de Komodo. De acordo com a revista Vice, em causa está uma proposta de …