Descoberta nova espécie que come pedras e defeca areia

(dr) Reuben Shipway e Marvin Altamia

Lithoredo abatanica.

Uma nova espécie de um molusco foi descoberta esta semana nas Filipinas. O animal tem uma alimentação à base de calcário, que depois de digeridas, são expelidas na forma de areia.

A nova espécie, batizada Lithoredo abatanica, foi descoberta precisamente no rio Abatan, nas Filipinas. O molusco distingue-se pela sua bizarra alimentação à base de calcário. Os cientistas ainda estão a tentar perceber como funciona este processo de digestão e como é que o animal retira nutrientes.

“Queremos olhar para os simbionte, as bactérias que vivem dentro destes animais, para ver se eles estão a fornecer alguma nutrição, e esta é uma área de pesquisa que nos estamos a focar agora”, disse o investigador responsável pelo estudo, Reuben Shipway.

O animal pertence a um grupo de moluscos bivalves em forma de verme, que normalmente se alimentam à base de madeira. De acordo com o Live Science, a equipa de cientistas ficou surpreendida após terem observado que a nova espécie,  Lithoredo abatanica, comia “pedra” e não madeira.

(dr) Reuben Shipway e Marvin Altamia

Calcário penetrado pela nova espécie de molusco.

Ao contrário da espécie que come madeira, a Lithoredo abatanica “tem protuberâncias muito grandes, parecidas quase com pás, que lhe permitem escavar na rocha”, explicou Shipway. A rocha, depois de digerida, é expelida sob a forma de areia fina. O estudo foi publicado esta quarta-feira na revista Proceedings of the Royal Society B.

Moradores da província de Bohol, onde se situa o rio Abatan, alegam que jovens mães comem estes moluscos porque acreditam que as vai ajudar a produzir leite para amamentar os filhos.

Os espécimes encontrados tinham cerca de dez centímetros cada, mas Shipway acredita que possam haver alguns maiores, uma vez que encontrou perfurações de mais de 60 centímetros em algumas rochas do rio. Essas mesmas perfurações são a casa para outras espécies, como por exemplo caranguejos e peixes. “Este é um processo muito raro, mas muito importante em ambientes de água doce”, explicou o cientista.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Afinal, Vénus pode não ser tão semelhante à Terra como pensávamos

Uma nova investigação questiona a habitabilidade de Vénus, planeta que os cientistas consideram há pouco tempo numa outra investigação poder ter um clima habitável semelhante ao da Terra. De acordo com a nova investigação, cujos …

Há gelo no polo sul da Lua e pode ter muitas fontes

Um novo estudo sugere que o gelo encontrado na superfície lunar pode ter milhares de milhões de anos, além de ter surgido de diferentes fontes. O estudo, publicado recentemente na Icarus, sugere que a maioria do …

A Evolução mostra que podemos ser a única forma de vida inteligente no Universo

As reduzidas probabilidades que acompanham a nossa evolução ao longo da história podem ser uma pista que talvez sejamos a única forma de vida inteligente no Universo. Será que estamos sozinhos no Universo? Tudo se resume …

A China está a usar a educação como arma para controlar o Tibete

A China quer obrigar crianças tibetanas a abandonarem as escolas da região e mudarem-se para escolas chinesas. O objetivo, segundo uma especialista, é "tirar o tibetano da criança". A batalha geopolítica entre a China e o …

Revelada explosão violenta no coração de um sistema que alberga um buraco negro

Uma equipa de astrónomos, liderada pela Universidade de Southampton, usou câmaras de última geração para criar um filme com alta taxa de quadros de um sistema com um buraco negro em crescimento e a um …

"É altura de dizer basta". Sporting corta com as claques

O Sporting rescindiu “com efeitos imediatos” os protocolos que celebrou em 31 de julho com a Associação Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI – Associação, anunciou hoje o clube, devido à “escalada de …

Poluição atmosférica associada a abortos espontâneos

Elevados níveis de poluição atmosférica foram associados a abortos espontâneos num estudo feito com mulheres grávidas a viver e trabalhar em Beijing, na China. A China é um dos países que mais sofre com a poluição …

Empresas espanholas dominam obras públicas na ferrovia

As empresas espanholas dominam as obras públicas na ferrovia em Portugal, ascendendo a sua quota a 70%, avança o Expresso na sua edição deste sábado. Para presidente da Associação de Empresas de Construção e Obras …

Cada vez mais mulheres denunciam abusos médicos durante o parto

Um número crescente de mulheres tem vindo a denunciar casos de abuso durante o trabalho de parto. No entanto, pouco está a ser feito para mudar isto. Durante o parto, as mulheres ficam numa posição vulnerável …

Já podemos explorar "Melckmeyd", naufrágio holandês do século XVII

Nas profundezas do Oceano Atlântico, perto da costa da Islândia, encontram-se os destroços de um navio holandês que afundou há 360 anos, no qual agora podemos "mergulhar" graças a uma experiência de realidade virtual. Quando a …