Noruegueses vão ser os primeiros a navegar debaixo de montanhas

Conhecida pelos seus inúmeros fiordes e ilhas montanhosas, a Noruega prepara-se para construir o primeiro túnel do mundo para barcos, com o objectivo de facilitar o tráfego marítimo. E o túnel pode tornar-se até um ponto de interesse turístico.

Depois de uma análise minuciosa do projecto, que demorou décadas, a Noruega parece estar finalmente disposta a financiar a construção do primeiro túnel do mundo para barcos, relata a emissora norueguesa NRK.

Esta semana, o governo norueguês e os partidos seus aliados prometeram aprovar a atribuição de verba para execução do ambicioso projecto, que irá usar uma parte dos 367 mil milhões de euros do orçamento norueguês para obras públicas de transportes do país.

“O túnel vai permitir fazer uma viagem segura em torno da península de Stad, criando uma base para o desenvolvimento industrial da região e tornando-a um ponto turístico mundial”, disse o político norueguês Bjorn Lodemel à NRK.

Segundo Lodemel, este dia é “histórico”.

O túnel, com 45 metros de altura, 36 metros de largura e 1,7 km de extensão, será o primeiro do mundo em rocha sólida, e pode acolher navios de até 16.000 toneladas.

Mesmo que o túnel de Stad não venha a diminuir o tempo do trajecto em relação a uma rota à volta da península, a construção não será em vão.

A península de Stad é conhecida pelo seu mau tempo e pelas tormentas, que criam obstáculos para o tráfego marítimo. Desde o fim da Segunda Guerra Mundial, área foram registados na região 46 acidentes e 33 mortos.

A primeira proposta da construção foi apresentada em 1874, e foi guardada numa caixa durante mais de um século.

PARTILHAR

RESPONDER

Coutinho quer voltar à Premier League (e já há cinco clubes na corrida)

Philippe Coutinho está interessado em regressar à Premier League, havendo já cinco clube ingleses na corrida pelo internacional brasileiro. Manchester United, Arsenal, Chelsea, Tottenham e Leicester são os clubes interessados em levar Coutinho de volta …

China criou um sistema para rastrear doenças infecciosas. Falhou (e já se sabe porquê)

Em 2002, o vírus SARS saiu da província chinesa de Cantão e propagou-se por 37 países, provocando 774 mortos e mais de oito mil infetados. Para que não voltasse a acontecer, o país criou um …

Ministro holandês faz mea culpa. "Não fomos suficientemente empáticos" com o sul da Europa

O ministro das Finanças holandês reconheceu que foi infeliz nas posições que assumiu sobre a resposta económica à pandemia de covid-19, assumindo que mostrou pouca “empatia” com os países do sul da Europa. Em declarações à …

Estados Unidos admitem possibilidade de novo surto no outono

O diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos disse haver a possibilidade de o país enfrentar um novo surto depois do verão, mas lembrou que nessa altura "várias coisas vão …

Mortes em Portugal estão a aumentar desde o início do mês (sem contar com a Covid-19)

Já morreram mais pessoas em Portugal, neste ano, do que em igual período do ano passado, com especial destaque para o  mês de Março, onde a taxa de mortalidade aumentou, mesmo sem contar com as vítimas de …

PCP quer reabrir camas e decretar preços máximos nos combustíveis para enfrentar pandemia

O PCP apresentou um pacote extenso de propostas para fazer face aos impactos do surto de covid-19. Entre elas está a reabertura do Hospital Militar. O PCP apresentou um conjunto de medidas para fazer face ao …

Houseparty nega pirataria e oferece recompensa milionária a quem provar "campanha difamatória"

A aplicação favorita de quem está em quarentena está sob acusação de piratear contas de outras apps. A Houseparty nega e oferece uma recompensa de 1 milhão de dólares a quem provar a "campanha de …

"Agricultura não pára". Há trabalho no campo para os trabalhadores em lay-off

Com a época das colheitas à porta e a falta de braços no campo, a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) vai propor ao Governo a criação de plataformas de emprego temporário para permitir aos …

Covid-19. Cerimónias fúnebres proibidas em Espanha

As cerimónias fúnebres foram hoje proibidas em Espanha, o segundo país mais afetado pela covid-19 no mundo, e os funerais não podem ter mais do que três pessoas presentes, para impedir a propagação da pandemia …

Falta de meios dificulta marcação de testes à Covid-19

Os utentes do Norte referenciados pelas autoridades de saúde para fazerem o teste à Covid-19 estão a ter grandes dificuldades na marcação nos laboratórios recomendados, devido ao disparo na procura e ao facto de a …