Nico Rosberg vence no Mónaco e assume liderança do Mundial de F1

siraf72 / Flickr

Nico Rosberg

Nico Rosberg

O piloto alemão Nico Rosberg (Mercedes) venceu este domingo o Grande Prémio do Mónaco em Fórmula 1 e assumiu a liderança do Mundial, à frente do seu colega de equipa, o britânico Lewis Hamilton.

No circuito citadido de Monte Carlo, assistiu-se à quinta “dobradinha” seguida da Mercedes, já que Lewis Hamilton, vencedor das quatro corridas anteriores, trocou de posição com Rosberg e foi desta vez segundo classificado, à frente do australiano Daniel Ricciardo (Red Bull).

Vencedor da primeira corrida da época, na Austrália, Nico Rosberg alcançou o segundo triunfo da temporada e o quinto da sua carreira.

Rosberg, que largou da “pole position” cumpriu as 78 voltas em 1:49.27,661 horas, numa corrida marcada pela entrada do “safety car” três vezes e por diversos abandonos, nomeadamente o do alemão Sebastian Vettel (Red Bull), tetracampeão do Mundo.

Num circuito pouco rápido, estreito com as suas curvas, contracurvas e túneis, Rosberg segurou a “pole position” que tinha conquistado e Hamilton o segundo lugar, apesar de pressionado pelo piloto australiano Daniel Ricciardo (Red Bull), que foi terceiro.

Numa corrida que voltou a acentuar o domínio da Mercedes, Rosberg conseguiu ainda a sua segunda vitória da temporada, já que venceu na estreia, na Austrália, numa corrida em que Hamilton teve que abandonar.

Segundo nos quatro grandes prémios seguintes, atrás do britânico, o piloto alemão soma agora 122 pontos, enquanto Lewis Hamilton tem 118.

Na terceira posição do campeonato do Mundo segue o espanhol Fernando Alonso (Ferrari), com 61 pontos e que hoje foi quarto, e Daniel Ricciardo (Red Bull), 54 pontos, que fechou o pódio no circuito monegasco.

A corrida de hoje foi muito acidentada, com duas entradas do “safety car” e oito abandonos, entre eles o do tetracampeão mundial Sebastian Vettel (Red Bull), que no Mundial segue na sexta posição.

Os momentos de maior frenesim na corrida aconteceram já na reta final quando Hamilton — que até às últimas dez voltas esteve a menos de um segundo de Rosberg -, começou a perder tempo e se viu acossado por Ricciardo.

Já Fernando Alonso, que saiu do quinto lugar da grelha, acabou por tirar proveito dos problemas de Kimi Raikkonen (12.º) e de Vettel (abandono), para terminar na quarta posição.

Nico Rosberg alcançou no Mónaco, onde tinha ganhado em 2013, a quinta vitória da sua carreira e a segunda temporada, cumprindo também uma “tradição” do circuito nos últimos anos, a de que o detentor da “pole position” ganha a corrida.

Uma situação que aconteceu nos últimos seis anos devido às características do traçado urbano de Monte Carlo, pouco propício a uma corrida rápida e de risco para ultrapassagens.

Os oito abandonos aconteceram com os pilotos Sergio Perez (logo na primeira volta), Pastor Maldonado, Sebastian Vettel, Daniil Kvyat, Adrian Sutil, Jean-Eric Vergne, Valtteri Bottas e Esteban Gutiérrez.

ph-stop / Flickr

Nico Rosberg

Nico Rosberg

GP Mónaco:

1. Nico Rosberg (Alemanha), Mercedes, 1h49m27.661s

2. Lewis Hamilton (Grã-Bretanha), Mercedes, a 9.210s

3. Daniel Ricciardo (Austrália), Red Bull-Renault, a 9.614s

4. Fernando Alonso (Espanha), Ferrari, a 32.452s

5. Nico Hulkenberg (Alemanha), Force India-Mercedes, a 1 volta

6. Jenson Button (Grã-Bretanha), McLaren-Mercedes, a 1 volta

7. Felipe Massa (Brasil), Williams-Mercedes, a 1 volta

8. Romain Grosjean (França), Lotus-Renault, a 1 volta

9. Jules Bianchi (França), Marussia-Ferrari, a 1 volta

10. Kevin Magnussen (Dinamarca), McLaren-Mercedes, a 1 volta

11. Marcus Ericsson (Suécia), Caterham-Renault, a 1 volta

12. Kimi Räikkönen (Finlândia), Ferrari, a 1 volta

13. Kamui Kobayashi (Japão), Caterham-Renault, a 3 voltas

14. Max Chilton (Grã-Bretanha), Marussia-Ferrari, a 3 voltas

Mundial de Pilotos:

1. Nico Rosberg (Alemanha), Mercedes, 122 pontos

2. Lewis Hamilton (Grã-Bretanha), Mercedes, 118

3. Fernando Alonso (Espanha), Ferrari, 61

4. Daniel Ricciardo (Austrália), Red Bull-Renault, 54

5. Nico Hulkenberg (Alemanha), Force India-Mercedes, 47

6. Sebastian Vettel (Alemanha), Red Bull-Renault, 45

7. Valtteri Bottas (Finlândia), Williams-Mercedes, 34

8. Jenson Button (Grã-Bretanha), McLaren-Mercedes, 31

9. Kevin Magnussen (Dinamarca), McLaren-Mercedes, 21

10. Sergio Pérez (México), Force India-Mercedes, 20

11. Felipe Massa (Brasil), Williams-Mercedes, 18

12 Kimi Räikkönen (Finlândia), Ferrari, 17

13. Romain Grosjean (França), Lotus-Renault, 6

14 Jean-Éric Vergne (França), Toro Rosso-Renault, 4

15. Jules Bianchi (França), Marussia-Ferrari, 4

16. Daniil Kvyat (Rússia), Toro Rosso-Renault, 4

Mundial de Construtores:

1. Mercedes, 240 pontos

2. Red Bull-Renault, 99

3. Ferrari, 78

4. Force India-Mercedes, 67

5. McLaren-Mercedes, 52

6. Williams-Mercedes, 52

7. Toro Rosso-Renault, 8

8. Lotus-Renault, 6

9. Marussia-Ferrari, 4

10. Sauber-Ferrari, 0

11. Caterham-Renault, 0

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Veneno de tarântula pode ser benéfico no tratamento de dores viscerais

Uma equipa de investigadores australianos identificou dois peptídeos do veneno da tarântula, que podem ajudar a aliviar dores em órgãos do sistema digestivo. Há algum tempo que os cientistas investigam a funcionalidade do veneno em doenças, …

Cientistas propõem reciclar beatas de cigarro para fazer tijolos

Os cientistas afirmam que se apenas 2,5% dos tijolos produzidos em todo o mundo, anualmente, incluíssem 1% de beatas, seria possível reciclar todas as pontas de cigarro a nível global. Um grupo de investigadores da Escola …

Taxa de natalidade desce quase um terço em cidade chinesa

As autoridades chinesas reconheceram oficialmente que a taxa de nascimentos em Xinjiang, cidade situada no noroeste da China, desceu quase um terço em 2018, comparada com o ano anterior. De acordo com a CNN, o governo …

Dynetics revela o módulo lunar do programa Artemis (incluindo o interior)

A empresa norte-americana Dynetics revelou, no dia 15 de setembro, um modelo em escala real do módulo lunar especialmente projetado para levar os astronautas da NASA à Lua já em 2024, como parte do programa …

Polícia de Nova Iorque de origem tibetana acusado de espiar ao serviço da China

Um polícia nova-iorquino originário do Tibete foi acusado de espionagem pelas autoridades norte-americanas por, supostamente, ter recolhido para o Governo chinês informações sobre a comunidade tibetana em Nova Iorque. De acordo com a acusação das autoridades …

Football Leaks. PJ desconhecia acesso das autoridades francesas às provas

O inspetor da PJ, José Amador, revelou, esta terça-feira, que esta polícia não teve conhecimento do acesso das autoridades francesas às provas apreendidas a Rui Pinto durante a sua detenção na Hungria. Na quinta sessão do …

Aldeões ajudam tropas indianas que enfrentam militares chineses nos Himalaias

Cerca de 100 residentes da vila de Chushul atravessam o território indiano de Ladakh para chegar a um pico dos Himalaias conhecido como Black Top, a uma altitude de mais de 4500 metros, levando suprimentos …

Detido na Rússia líder religioso que diz ser a reencarnação de Jesus

O líder religioso, que diz ser a reencarnação de Jesus, foi detido, na Rússia, esta terça-feira, durante uma operação especial. De acordo com as imagens divulgadas pelo jornal The Guardian, vários agentes da polícia, armados e …

Covid-19: Universidade de Coimbra tem novo programa de rastreio aleatório para alunos e docentes

A Universidade de Coimbra (UC) preparou um Plano de Prevenção e Protocolo de Atuação para garantir o regresso às aulas em segurança para alunos, professores, docentes e comunidade. "Tendo em conta a situação pandémica que estamos …

Jogador substituído aos 14 segundos

Substituição insólita foi realizada na primeira divisão da Estónia. Jovem nem tocou na bola. Jogo da 21.ª jornada do campeonato nacional da Estónia, primeira divisão. O FCI Levadia recebe o JK Nõmme Kalju e vence por …