/

Sete cidades do Norte podem ir a jogo pela neutralidade carbónica

Gaia, Porto, Matosinhos, Famalicão, Guimarães, Braga e Viana do Castelo poderão ir a jogo na Missão Climate Neutral & Smart Cities, que quer apoiar a redução de emissões em 100 cidades.

Uma coligação de sete cidades do Norte, em cooperação com o centro de engenharia e investigação CEIIA, está a preparar uma candidatura à Missão Climate Neutral & Smart Cities, noticia o Público. O diário escreve ainda que, com esta missão, a Comissão Europeia quer acelerar as metas de neutralidade carbónica de 100 cidades da União Europeia.

Além de Matosinhos, com o qual a organização tem vindo a trabalhar no plano da transição energética e da mobilidade sustentável, Porto, Gaia, Braga, Guimarães, Vila Nova de Famalicão e Viana do Castelo poderão subscrevê-la.

A missão foi apresentada há duas semanas e, nessa altura, ficou a saber-se que o programa Horizonte Europa vai alocar quase 360 milhões de euros para ajudar 100 áreas urbanas da UE a atingirem esse objetivo já em 2030.

As eleitas terão acesso a financiamentos de outras fontes, públicas e privadas, para anteciparem, em 20 anos, as metas de redução de CO2 da UE.

Depois de escolhidas as cidades, em 2022, caberá a um consórcio internacional NetZeroCities ajudá-las a co-criar, com as autoridades políticas locais e o governo, dos cidadãos e agentes locais, um memorando de entendimento que definirá uma visão global sobre a forma de chegar à neutralidade carbónica nessa cidade.

O plano será suportado por um plano de investimento, também ele desenhado com o apoio do consórcio. O CEIIA pretende apoiar a definição de objetivos e formas de os concretizar.

De acordo com o diário, apesar de a Comissão Europeia ter limitado às cidades com mais de 50 mil habitantes a participação, admite agregações de cidades, desde que estas mostrem um grau de compromisso coordenado e as suas características interessem à diversidade de territórios que esta missão pretende cobrir.

Neste âmbito, está a ser ponderada, com o apoio da Comissão de Coordenação da Região Norte, a criação de euro-região neutra em Carbono, com a vizinha Galiza, envolvendo não apenas os respetivos espaços urbanos mas uma transformação do seu tecido industrial.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE