Nem os cientistas previam tanto calor para este ano

PinkMoose / Flickr

2016 está a caminho de se tornar o ano mais quente de sempre, com o aumento das temperaturas a bater vários recordes. São os efeitos do aquecimento global, mas o que preocupa verdadeiramente é que nem os cientistas tinham previsto tanto calor.

Depois de se ter falado de 2015 como o ano mais quente de sempre, as temperaturas continuaram a subir e 2016 pode tornar-se no novo ano mais quente desde 1880, quando começaram a fazer-se registos das temperaturas.

O passado mês de Junho foi o 14º mês consecutivo com temperaturas recorde, segundo dados da Organização Mundial de Meteorologia (OMM). Um estudo da ONU prevê mesmo que daqui a alguns anos vai ser impossível trabalhar, em certas zonas do planeta, por causa do extremo calor.

O que mais me preocupa é que não antecipamos estes saltos de temperatura. Vaticinamos calor moderado para 2016, mas nada como as subidas de temperaturas que temos visto”, destaca o director do programa de pesquisa das alterações climáticas da OMM, David Carlson, em declarações à Fundação Thomson Reuters.

O responsável nota que os modelos científicos de previsão utilizados até agora falharam, não prevendo estes recordes de temperatura, o que indicia que os efeitos do aquecimento global podem estar a ser mais graves e mais rápidos do que se antevia.

Assim, Carlson aponta que é preciso mudar a forma como se têm feito estas previsões para tentar compreender e antecipar porque é que eventos meteorológicos como o calor extremo e as cheias estão a tornar-se tão frequentes.

“Enormes aumentos de temperatura, mas também eventos extremos como cheias, tornaram-se o novo normal. Os níveis de degelo bateram recordes na primeira metade de 2016, por exemplo – geralmente, não vemos isso até mais tarde no ano”, considera ainda Carlson.

“Também crítico é o facto de que as pessoas sobrevivem ao calor usando mais energia para se refrescarem, e assim provocando um maior esgotamento dos recursos do planeta”, conclui o investigador.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Denunciantes são "essenciais para combater a corrupção", mas em Portugal há "falta de sensibilidade"

Esta segunda-feira, a ex-eurodeputada Ana Gomes disse que em Portugal "existem falhas de sensibilidade" face aos denunciantes, que "não são protegidos", apesar de serem "absolutamente essenciais para combater a corrupção", frisando o exemplo de Rui …

Produtores de vinagre italiano perdem batalha pela exclusividade do termo "balsâmico"

Os produtores de vinagre italiano de Modena reclamavam a exclusividade do termo "balsâmico". O Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE) não lhes deu razão. Segundo a BBC, o Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE) …

Catarina Martins desvaloriza críticas internas. BE "é o partido mais plural da sociedade portuguesa"

Catarina Martins disse ser natural que sejam apresentadas várias moções à convenção do partido. Alguns membros apontam falta de debate interno, críticas relativizadas pela coordenadora. Catarina Martins considerou natural que se apresentem várias moções à convenção …

Homens e mulheres já podem entrar juntos em restaurantes na Arábia Saudita

A Arábia Saudita acabou com a exigência de entradas separadas em restaurantes para homens e mulheres e com a separação entre sexos à mesa. Até agora era obrigatório ter uma entrada para famílias e mulheres …

Exército japonês pediu uma escrava sexual para cada 70 soldados na II Guerra Mundial

Durante a Segunda Guerra Mundial, o exército do Japão pediu ao Governo que fornecesse uma escrava sexual para cada 70 soldados, de acordo com documentos históricos analisados pela agência de notícias nipónica Kyodo News. Os 23 …

Centeno apresenta linhas gerais do Orçamento aos partidos na terça-feira

Mário Centeno apresenta aos partidos, esta terça-feira, as linhas gerais da proposta de Orçamento do Estado. Só o Livre fica de fora por "impedimento de agenda". O Governo apresenta amanhã, dia 10 de dezembro, as linhas …

Amianto. Fenprof vai apresentar queixa em Bruxelas

A Fenprof acusa o Governo português de não cumprir a diretiva comunitária que impõe a retirada de amianto de edifícios públicos, incluindo escolas. A Federação Nacional de Professores (Fenprof) vai apresentar uma queixa à Comissão Europeia …

Luís Maximiano: "Battaglia levou com o garrafão de água e o Misic com um cinto na cara"

O guarda-redes do Sporting disse esta segunda-feira que ficou “bloqueado e sem reação” durante o ataque à Academia de Alcochete, descrevendo as agressões aos colegas de equipa, após a entrada no balneário de mais de …

Peritos da Ordem admitem práticas ilícitas na venda de produtos no BES e Banif

Os peritos da Ordem dos Advogados que analisaram as reclamações de lesados do BES e do Banif disseram esta segunda-feira aos jornalistas que encontraram indícios de práticas ilícitas na venda de produtos financeiros por aqueles …

Já há rascunho do acordo da COP25 (mas nada está ainda totalmente fechado)

Esta segunda-feira arranca a semana decisiva, depois de uma semana de trabalho técnico ara definir as linhas que vão dar origem ao documento final da 25.ª Convenção das Partes (COP25) da Convenção-Quadro das Nações Unidas …