Negócios ruinosos na Caixa Geral de Depósitos continuam sem arguidos

João Carvalho / wikimedia

Edifício-sede da Caixa Geral de Depósitos, CGD

Apesar de ter arrancado em 2016, o inquérito do Ministério Público aos maiores devedores da Caixa Geral de Depósitos (CGD) continua sem qualquer arguido constituído, confirmou a Procuradoria-Geral da República.

A Procuradoria-Geral da República confirmou ao Correio da Manhã, que avança a notícia nesta qurta-feora, que “o inquérito em que se investigam factos relacionados com a CGD encontra-se em investigação” e que “não tem arguidos constituídos“.

Estão em causa suspeitas de gestão danosa na atribuição de financiamentos. A lista com os 100 maiores devedores do banco estatal, com créditos em incumprimento cujo valor ascende a cerca de 2,5 mil milhões de euros, é considerada fulcral para a investigação, escreve o matutino.

Antes de se demitir em dezembro de 2016 e dar lugar a Paulo Macedo na liderança da Caixa, António Domingues comunicou ao Ministério Público os financiamentos contabilizados por devedor, respetivos montantes, datas de aprovação, imparidades, reestruturações, garantias e planos de recuperação dos créditos.

O diário recorda que entre os maiores devedores do banco estão o grupo Artlant (fábrica da ex-La Seda em Sines), a Acuinova (aquacultura da Pescanova em Mira), Vale do Lobo, o grupo Efacec e várias sociedades do Grupo Espírito Santo.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. enquanto isso os politiqueiros cá do burgo como o sr PR, continuam a apelar ao voto nesta cambada.

    cínicos e hipócritas, para não lhes chamar o que verdadeiramente são.

      • cegos são os que se recusam a ver.

        sim pq os outros são todos tão honestos e querem tanto o nosso bem, basta olhar para a ex-URSS, Cuba, NK, Venezuela, entre outros paraísos.

        olhar para as sonsinhas dos blocos e afins que são todos tão sérios.
        deixe de ter palas nos olhos, é tudo a mesma coisa, admito que individualmente um ou outro em qq dos partidos seja honesto, agora como grupo são todos farinha do mesmo saco, basta ver como votam na AR qd é para proteger os interesses deles.

        • “…basta olhar para a ex-URSS, Cuba, NK, Venezuela…”?!!
          Que mistura!…
          São tudo ditaduras, mas são bem diferentes entre elas – a principal semelhança é que, por lá, os partidos são apenas para enfeitar…
          .
          Há muitos partidos em Portugal; se tens medo dos outros; continua a votar cegamente nos que ajudaram a roubar a CGD… ou pior, deixa os outros votarem por ti – depois queixa-te!…

  2. Devedores à CGD
    Os políticos não tem interesse que o Zé tome conhecimento.
    É uma Instituição pública, sustentada com os impostos pagos pelo Zé.
    Isto devia ser mais um caso para o Ministério Público averiguar.

  3. A cela do vara, em Évora, já está limpa e desinfetada desde 18 do mês passado. Está só à espera do inquilino. A cela era de um polícia pedófilo e agora passa a ser de um gatuno de bancos “socialista”. Mas isto é tudo só por causa de uns robalos. Imagino quando for condenado na operação marquês…!

RESPONDER

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …

Guardas da Revolução do Irão prometem vingar morte do general Soleimani

O chefe dos Guardas da Revolução, o exército ideológico do Irão, garantiu hoje que a morte do general Qassem Soleimani, alvo de um raide aéreo dos Estados Unidos, será vingada em “todos os seus implicados”. “Senhor …

"O mundo está no momento mais perigoso da história humana", diz Noam Chomsky

O professor norte-americano Noam Chomsky, conhecido como o pai da linguística moderna, advertiu que o mundo está no momento mais perigoso da história da humanidade devido à crise climática, à ameaça de guerra nuclear e …

Portugal com 849 novas infecções por covid-19. Há 20.722 casos activos

Portugal registou 849 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência de subida verificada nos dias anteriores. Mas o número de pacientes recuperados também não era tão alto desde Julho. O boletim da …

A Grândola Vila Morena abafou "a maior marcha alguma vez vista" do Chega

Com a Praça do Giraldo, em Évora, dividida por barreiras anti-motim, os participantes da concentração "Pela Liberdade" receberam os apoiantes do Chega de André Ventura ao som de "Grândola Vila Morena" e empunhando cravos vermelhos …

Pandemia assola Irão. EUA com mais 888 mortos. 19 países europeus bateram recorde de casos

Naquele que é o número mais elevado de casos diários desde abril, a Alemanha registou 2.297 novos contágios, 19 países europeus já ultrapassaram o recorde de casos do pico da pandemia. O Irão ultrapassou as …

Rangel "é um turista do carago". SMS atestam que Vieira usou Benfica em "benefício pessoal"

Luís Filipe Vieira é um dos acusados da Operação Lex, com o Ministério Público (MP) a alegar que o presidente do Benfica utilizou o clube em "benefício pessoal" para obter uma cunha do juiz Rui Rangel. O …

Farmácias em risco de não ter vacinas da gripe para tantos pedidos

As farmácias privadas receiam não ter doses suficientes de vacina contra a gripe para dar resposta a todos os pedidos. As encomendas da vacina já sãocinco vezes mais do que as registadas em 2019. A preocupação …