Caixa Geral de Depósitos está a ser investigada por gestão danosa

João Carvalho / wikimedia

Edifício-sede da Caixa Geral de Depósitos, CGD

A Procuradoria-Geral da República está a investigar a Caixa Geral de Depósitos, nomeadamente para apurar se ocorreram no banco crimes de gestão danosa durante os anos de 2000 a 2015.

A notícia foi avançada em primeira-mão pelo Correio da Manhã e já confirmada por outros órgãos de informação e por fonte da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Confirma-se a existência de inquérito onde se investigam factos relacionados com a Caixa Geral de Depósitos”, revela uma fonte da PGR, citada também pela TVI e pelo Dinheiro Vivo.

A mesma fonte recusa-se a divulgar mais detalhes, pelo facto de o processo se encontrar “em segredo de justiça”.

O CM refere que a investigação foi iniciada no princípio do ano, citando um ofício da PGR enviado à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) à CGD, que terá dado entrada na Assembleia da República a 15 de Setembro passado, onde se comunica que decorre “a investigação do eventual crime de administração danosa em unidade económica do sector público”.

A CPI está a avaliar a gestão do banco entre 2000 e 2015, período durante o qual passaram pela administração figuras como António de Sousa, Luís Mira Amaral, Vítor Martins, Carlos Santos Ferreira, Armando Vara, Fernando Faria de Oliveira e José de Matos.

Em análise estão, nomeadamente, as razões que justificam a necessidade de recapitalização pública da CGD.

O CM realça que o “DCIAP deverá passar a pente fino os empréstimos concedidos pela CGD que estão em risco de incumprimento”.

Recorde-se que o banco possui 2,3 mil milhões de euros em risco por empréstimos concedidos sem garantias.

Entretanto, as audições da CPI à CGD recomeçam na próxima terça-feira com a audição do novo presidente António Domingues.

ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Caixa Geral de Depósitos um poço sem fundo que tem sido “gerida” por uma cambada de aldrabões incompetentes, pertencentes aos partidos PSD, CDS e PS e que estão a viver com reformas milionárias só por terem passado pela porta da CGD.
    como é possível concederem-se empréstimos de milhões sem garantias, certamente concedidos a gente que nos entra em casa, pela televisão, como empresários de sucesso e como bons samaritanos, mas certamente com contas em paraísos fiscais.
    É imperativo que a justiça, se é que temos justiça, apure e nos informe quem são os grandes devedores à CGD e quem foram os responsáveis pelos créditos concedidos, pois vamos ser nós a pagar tudo isto com o aumento de capital que se está a preparar.

  2. Mas a CGD banco público alguma vez cometeria uma atrocidade dessas? O que é público é imaculado e os seus funcionários tudo gente de bem, para mais se dúvidas houver perguntem à esquerda portuguesa e logo obterão a resposta.

    • Não. No Estado nem tudo é puro e imaculado mas, esclareça-me, e no privado é?
      É que sabe, até agora, eu já tive de pagar dos meus impostos, para gente “imaculada e pura” dos bancos privados, geridos por privados e pergunto-lhe, que tenho eu a ver com isso? Nada mas, pagar e bem já paguei.

  3. O melhor é comprar um cofre para guardar em casa, como estão a fazer os alemães,
    o pouco dinheiro que um gajo tem.
    Fica seguro mesmo que “eles” quebrem o sigilo bancário.

  4. Procurem bem. E não se esqueçam, apresentem o que encontrarem, a Tribunal. Depois, bem depois os jornalistas que tragam os pormenores para o povo. É uma estranha forma de justiça mas é a possível. É o retorno, afinal a justiça já foi mais ou menos assim.
    Que raio. Pedi um empréstimo de 20 000 euros e pediram-me todas as garantias. A saber: um seguro; livrança com aval pessoal e ainda hipoteca dum bem. Como se não bastasse, não tive outro remédio senão aceitar um contrato que diz mais ou menos isto. “Se tiver um problema com o banco ou com outro qualquer, podem exigir o pagamento imediato do que estiver em dívida”. Foi este o tratamento dado a este crédito malparado ?
    Já agora, os gestores privados pelo menos foram e vão sendo privados de alguma liberdade. E os públicos?

RESPONDER

Tancos. Azeredo Lopes teve "exercício perverso" de funções públicas, diz Ministério Público

O Ministério Público (MP) já terá terminado a acusação do caso de Tancos, na qual sustenta que o antigo ministro da Defesa Azeredo Lopes soube de toda a encenação, tendo ainda tentado tirar louros políticos …

Salário de 273 mil euros brutos anuais para Varandas revolta accionistas do Sporting

Um grupo de acionistas do Sporting fez chegar ao presidente da Mesa da Assembleia Geral (AG) da Sporting SAD, Bernardo Ayala, um pedido em que exige a retirada da proposta de aumento salarial para o …

Eleições na Madeira. A noite em que quem perdeu ganhou e quem ganhou perdeu

Depois de 43 anos de poder absoluto, o PSD perdeu este domingo pela primeira vez a maioria do parlamento da Madeira. O PS, que atingiu um valor histórico na região, também reclamou louros de vitória. …

Jesus "nunca treinou um grande clube da Europa" e "nunca conquistou nada"

O treinador do Grémio, Renato Gaúcho, voltou a criticar Jorge Jesus, dizendo que o técnico português, aos 65 anos, nunca treinou um grande clube na Europa. "O Jorge Jesus ganhou 2/3 títulos portugueses. Saiu de Portugal …

Governo promove 5.000 militares antes das eleições

Quase 5.000 militares dos três ramos das Forças Armadas, Exército, Marinha e Força Aérea vão ser promovidos este ano. De acordo com o Correio da Manhã, o Ministério da Defesa enviou a lista dos 4.945 nomes …

Mourinho confessa que mereceu ser despedido do Manchester United

Depois de ter sido despedido do Manchester United, em dezembro, Mourinho continua sem clube. Contudo, admite que mereceu ser despedido após uma série de maus resultados. Atualmente comentador desportivo na Sky Sports, José Mourinho foi questionado …

PSD dá um salto nas sondagens e Rio é o único com avaliação positiva

O PS subiu nas intenções de voto, mas é o PSD que dá o maior salto. Depois da polémica das golas antifumo, Costa tem avaliação negativa, deixando Rio como único líder com avaliação positiva. A duas …

O que era uma brincadeira de amigos, leva Bernardo Silva a ser investigado por racismo

A Federação Inglesa de futebol está a investigar um tweet do português Bernardo Silva sobre o seu colega de equipa Benjamin Mendy, por alegado racismo. Amigos e parceiros da bola há vários anos, Bernardo Silva e …

Clientes do Espírito Santo no Dubai lesados em 630 milhões de euros

O Espírito Santo Bankers Dubai terá retirado milhões de euros das contas dos clientes para investir na compra de papel comercial da Rioforte e do Espírito Santo Bank Panamá. O Espírito Santo Bankers Dubai, antigo banco …

Indonésia diz que falhas em modelo da Boeing contribuíram para queda de avião da Lion Air

As autoridades indonésias apontaram que problemas no projeto e supervisão do Boeing 737 MAX desempenharam um papel importante no acidente da aeronave Lion Air na Indonésia em 2018. De acordo com as conclusões preliminares de um …