Os neandertais também sabiam fazer fogo

(dr) Johannes Krause / Museum of the Krapina Neanderthals

Recriação de uma cena da vida de um grupo de Neandertais

Novas evidências encontradas na Arménia sugerem que os neandertais não só controlavam o fogo, como também dominavam a capacidade de o produzir.

Daniel Adler, professor de Antropologia na Universidade de Connecticut, nos Estados Unidos, escreveu num comunicado que o “fogo deveria ser o domínio do Homo sapiens”. No entanto, os cientistas sabem agora que “outros humanos antigos, como os neandertais”, também o conseguiam criar. “Talvez não sejamos assim tão especiais.”

O novo artigo científico, publicado recentemente na Scientific Reports, combina evidências arqueológicas de hidrocarbonetos e isótopos das interações humanas com o fogo, com o que o clima de há dezenas de milhares de anos.

Utilizando moléculas específicas relacionadas com o fogo, depositadas no registo arqueológico, e uma análise de pistas climáticas, os cientistas analisaram a Caverna 1 de Lusakert, nas Terras Altas da Arménia.

“A iluminação através do fogo é uma habilidade que deve ser aprendida. Nunca vi alguém que conseguiu produzir fogo sem ter sido ensinado. Assim sendo, a suposição de que alguém tem a capacidade de incendiar é uma fonte de debate”, disse Gideon Hartman, professor de Antropologia e co-autor do estudo, citado pelo Europa Press.

A equipa de investigadores analisou amostras de sedimentos para determinar a abundância de hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (HAP), uma substância que é libertada quando o material orgânico é queimado. Enquanto que o HAP leve é amplamente disperso e indicativo de incêndios florestais, os HAP pesados dispersam-se muito e permanecem muito mais próximos da fonte de incêndio.

“Ao observar os marcadores de incêndios produzidos localmente, começamos a ver outras atividades humanas que se correlacionam com mais evidências de incêndios produzidos localmente”, explica o autor principal do estudo, Alex Brittingham, estudante de doutoramento em Antropologia na Universidade de Connecticut.

As evidências de aumento da ocupação humana no local, como concentrações ósseas de animais nas refeições e provas de fabricação de ferramentas, foram correlacionadas com maior frequência de incêndios e maior frequência de HAP pesados.

Mas os investigadores também precisavam de descartar a possibilidade de o responsável pelos incêndios ter sido o clima instável, que dá origem a raios. Para tirar essas dúvidas, a equipa analisou a composição dos isótopos de hidrogénio e carbono das cutículas de tecidos vegetais antigos preservados em sedimentos. A distribuição dessas cutículas indica em que tipo de clima cresceram as plantas.

O resultado foi esclarecedor: os cientistas não conseguiram encontrar nenhuma evidência de uma ligação entre as condições paleoclimáticas e o registo geoquímico do fogo, segundo Michael Hren, autor do estudo e professor de Geociências na mesma Universidade.

Ao combinar os dados climáticos com as evidências encontradas no registo arqueológico, os cientistas determinaram que os habitantes da caverna não viviam em condições mais secas e propensas a incêndios florestais. Em vez disso, os neandertais faziam fogo dentro da caverna.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

EUA venderam álbum único dos Wu-Tang Clan (que pertencia a Martin Shkreli)

O álbum do grupo Wu-Tang Clan, confiscado em 2018 ao antigo gestor de fundos Martin Shkreli, também conhecido como "o empresário mais odiado do mundo", foi agora vendido pelo Governo norte-americano. Num comunicado divulgado esta terça-feira, …

Bezos ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA para entrar na corrida da próxima viagem à Lua

O empresário norte-americano ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA numa tentativa de reacender a batalha espacial entre a sua empresa, a Blue Origin, e a do "rival" Elon Musk, a SpaceX. De acordo com …

Clientes com certificado digital válido impedidos de entrar em restaurantes

Estão a ser reportados vários casos de clientes que, ao apresentarem o certificado digital para poderem entrar num restaurante, não conseguem fazê-lo porque o documento está a ser considerado inválido pelos dispositivos eletrónicos. Segundo a rádio …

Covid-19 trouxe "paranoia" ao mercado

Diretor do Norwich City, da Premier League, acha que os responsáveis por alguns clubes não sabem bem o que estão a fazer nos últimos tempos. O Norwich City iria jogar contra o Coventry City, num encontro …

Israel cria "task force" para reverter boicote da Ben & Jerry's na Cisjordânia

Israel criou uma task force para pressionar a empresa de gelados norte-americana Ben & Jerry's e a sua proprietária, Unilever, a reverterem a decisão de boicotar a ocupação israelita na Cisjordânia. "Precisamos de aproveitar os 18 …

Violência armada. 430 mortos na última semana nos EUA e 2021 pode ser dos piores anos de sempre

Só na semana passada registaram-se cerca de 430 mortos e mais de 1000 feridos associados a tiroteios, num ano que está a ser marcado pelo aumento da violência armada nos Estados Unidos. O ano passado foi …

Principais indicadores da crise climática estão a atingir "ponto de inflexão", revela estudo

Um novo estudo sobre os sinais vitais do planeta revelou que muitos dos principais indicadores da crise climática estão a piorar e a aproximar-se ou ultrapassar os pontos de inflexão, à medida que as temperaturas …

Biden acusa a Rússia de tentar intervir nas eleições de 2022 para o Congresso

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, acusou na terça-feira o seu homólogo russo, Vladimir Putin, de tentar interferir nas eleições para o Congresso de 2022, espalhando "desinformação". "Veja o que a Rússia já está …

Polícias rejeitam proposta do MAI para o subsídio de risco e prometem novos protestos

Os sindicatos da PSP e as associações socioprofissionais da GNR rejeitaram, esta quarta-feira, a proposta apresentada pelo Governo para o subsídio de risco e prometem novos protestos até que seja atribuído "um valor justo". "Saímos completamente …

Desta vez, van Vleuten ganhou mesmo (aos 38 anos)

Ficou para trás o episódio caricato do último domingo. Annemiek van Vleuten é a nova campeã olímpica de ciclismo, contrarrelógio. Annemiek van Vleuten iria ficar ligada a um dos momentos mais insólitos, ou mesmo o mais …