NASA descobre os blazares mais extremos (e espetaculares) de sempre

M. Weiss/CfA

Galáxias alimentadas por buracos negros, chamadas blazares, são das fontes mais comuns detetadas pelo Fermi da NASA.

Galáxias alimentadas por buracos negros, chamadas blazares, são das fontes mais comuns detetadas pelo Fermi da NASA.

O Telescópio Espacial de Raios-gama Fermi da NASA identificou os blazares de raios-gama mais distantes, um tipo de galáxia cujas emissões intensas são alimentadas por buracos negros superdimensionados.

Segundo os cientistas, a luz destes objetos distantes começou a sua viagem até nós quando o Universo tinha 1,4 mil milhões de anos – quase 10% da sua idade atual.

“Apesar da sua juventude, estes blazares hospedam alguns dos buracos negros mais massivos que se conhecem”, afirmou Roopesh Ojha, astrónomo do Centro de Voo Espacial Goddard da NASA em Greenbelt, no estado norte-americano de Maryland.

“O facto de se terem desenvolvido tão cedo na história cósmica desafia as ideias atuais de como os buracos negros supermassivos se formam e crescem, e queremos encontrar mais destes objetos para entender melhor o processo”, adiantou.

Ojha apresentou a sua descoberta na segunda-feira, na reunião da Sociedade Americana de Física em Washington e o artigo científico que descreve os resultados será publicado na revista The Astrophysical Journal Letters.

Os astrónomos sugerem que as emissões altamente energéticas dos blazares são alimentadas por matéria aquecida e rasgada à medida que cai de um disco de acreção – materiais difusos que orbitam ao redor de um corpo central – em direção a um buraco negro supermassivo com um milhão (ou mais) de vezes a massa do Sol.

Uma pequena parte desse material em queda é redirecionado para um par de jatos de partículas, que explodem em direções opostas quase à velocidade da luz. Os blazares são bastante brilhantes em todas as formas de luz, incluindo raios-gama, a radiação mais energética, quando por acaso um dos jatos aponta quase diretamente na nossa direção.

Em 2015, a equipa do telescópio Fermi divulgou um reprocessamento completo de todos os dados do instrumento LAT (Large Area Telescope) do Fermi, o que aumentou as hipóteses de descobrir blazares mais distantes.

Os cientistas começaram a procurar as fontes mais distantes num catálogo de 1,4 milhões de quasares, uma classe de galáxias intimamente relacionada com blazares. Como só as fontes mais brilhantes podem ser detetadas a grandes distâncias cósmicas, eliminaram todos menos os objetos mais brilhantes no rádio da lista.

A equipa de investigação foi liderada por Vaidehi Paliya e Marco Ajello da Universidade de Clemson, no estado norte-americano da Carolina do Sul, e incluiu Dario Gasparrini do Centro de Dados Científicos da Agência Espacial Italiana, em Roma.

Com uma amostra final de aproximadamente 1100 objetos, os cientistas examinaram os dados do LAT e detetaram cinco novos blazares de raios-gama.

“Assim que descobrimos estas fontes, recolhemos todos os dados de comprimento de onda disponíveis e analisamos propriedades como a massa do buraco negro, a luminosidade do disco de acreção e o poder dos jatos,” destacou Vaidehi Paliya.

Dois dos blazares possuem buracos negros com mil milhões de massas solares ou mais, e todos os objetos possuem discos de acreção extremamente luminosos que emitem mais de 2 biliões de vezes a energia libertada pelo nosso Sol.

Isto significa que a matéria está continuamente a cair para o buraco negro, encurralada num disco e aquecida antes de fazer o mergulho final.

“A questão principal agora é saber como é que estes buracos negros gigantescos se formaram num Universo tão jovem. Não sabemos quais os mecanismos que desencadearam o seu rápido desenvolvimento”, comentou Gasparrini.

Agora, a equipa de cientistas planeia continuar a procurar outros corpos celestes semelhantes e tentar descobrir mais acerca da sua criação.

ZAP // CCVAlg

PARTILHAR

RESPONDER

Vai ser possível ver auroras boreais a partir de um balão de ar quente

A agência Off The Map Travel vai lançar em dezembro de 2020 o primeiro balão de ar quente. O objetivo é levá-lo a ver auroras boreais do céu. As auroras boreais são já um verdadeiro espetáculo …

Nova tecnologia militar aquece as mãos em temperaturas negativas sem luvas

Cientistas do exército norte-americano criaram uma tecnologia capaz de aquecer as mãos dos soldados em baixas temperaturas sem serem necessárias luvas. Se completar uma tarefa do dia-a-dia com luvas pode revelar-se complicado, imagine-se tentar recarregar uma …

Os animais começaram a fazer sons para poderem conversar no escuro

O reino animal está cheio de diferentes vocalizações. A produção sonora apareceu há entre 100 milhões e 200 milhões de anos e a sua origem está fortemente ligada à vida no escuro. Os vertebrados são animais …

O novo líder do CDS reclama uma nova direita (e quer um partido "sexy")

Francisco Rodrigues dos Santos sagrou-se este domingo o 10º presidente do CDS, reclamando no seu discurso de vitória a herança de todos os seus antecessores, desde o fundador, Freitas do Amaral, a Assunção Cristas. O tom …

Paços 0 - 2 Benfica | “Águia” não vacila e passa pressão

O Benfica foi a Paços de Ferreira vencer por 2-0, colocando pressão sobre o FC Porto, segundo classificado, que na próxima terça-feira recebe o Gil Vicente. A formação “encarnada” foi superior na maioria dos principais momentos …

Governo reabre processo para corrigir mapa das freguesias

O Governo reabriu o processo para a correção ao mapa de freguesias, num compromisso com as associações de municípios e de freguesias, anunciou o secretário de Estado da Descentralização e Administração Local, Jorge Botelho. “Iremos retomar …

Google cria modelo de cérebro mais detalhado (e com maior resolução) de sempre

A recriação 3D do cérebro de uma mosca da fruta - que mostra 20 milhões de sinapses e 25 mil neurónios - é a que tem a maior resolução até ao momento. Uma equipa de …

Morreu Kobe Bryant, uma das maiores estrelas de sempre da NBA

Kobe Bryant, um dos maiores basquetebolistas de sempre, morreu na manhã deste domingo em Calabasas, Califórnia, num desastre de helicóptero. De acordo com a TMZ, Bryant viajava com, pelo menos, três outras pessoas num helicóptero privado, …

Há seis queixas de violência policial por semana

Em Portugal, são apresentadas em média seis queixas semanais por violência policial, escreve o semanário Expresso na sua edição deste fim-de-semana, citando os dados mais recentes da Procuradoria-Geral da República. De acordo com os números, relativos …

CRISPR tornou galinhas resistentes a um vírus comum

A técnica de edição genética CRISPR tem sido usada para tornar as galinhas resistentes a um vírus comum, uma abordagem que poderia aumentar a produção de ovos e de carne em todo o mundo. Mesmo quando …