A NASA está pronta para estudar o coração de Marte

Goddard Space Center / NASA

A NASA está prestes a embarcar numa jornada para estudar o interior de Marte. A agência espacial realizou uma conferência de imprensa no JPL (Jet Propulsion Laboratory) em Pasadena, no estado norte-americano da Califórnia, detalhando a próxima missão ao Planeta Vermelho.

Com lançamento previsto para 5 de maio, o “lander” estacionário InSight da NASA será a primeira missão dedicada a explorar o interior profundo de Marte. Também será a primeira missão da NASA, desde as aterragens lunares Apollo, a possuir um sismógrafo, um dispositivo que mede sismos, no solo de outro planeta.

Para Bruce Banerdt, do JPL e investigador principal da InSight, é também um trabalho de amor. Banerdt trabalhou mais de 25 anos para tornar a missão uma realidade.

“De certa forma, a InSight é como uma máquina do tempo que trará de volta informações sobre os primeiros estágios da formação de Marte há 4,5 mil milhões de anos”, comenta Banerdt. “Ajudar-nos-á a aprender como é que os corpos rochosos se formam, incluindo a Terra, a sua Lua e até mesmo planetas noutros sistemas solares”.

O veículo de aterragem InSight transporta um conjunto de instrumentos sensíveis para recolher dados e, ao contrário de uma missão móvel como as dos rovers, esses instrumentos requerem um módulo estacionário a partir do qual podem ser cuidadosamente colocados sobre e por baixo da superfície marciana.

De certo modo, Marte é o “exoplaneta mais próximo” – um exemplo vizinho de como o gás, a poeira e o calor se combinam e se organizam para formar um planeta. Ao observarem o interior profundo de Marte, os cientistas poderão compreender quão diferentes da Terra são a sua crosta, manto e núcleo.

A NASA não é a única agência animada com a missão InSight. Vários parceiros europeus contribuíram com instrumentos ou componentes de instrumentos. O Centro Nacional de Estudos Espaciais, em França, liderou uma equipa multinacional que construiu um sismómetro ultrassensível para detetar sismos marcianos. O Centro Aeroespacial Alemão desenvolveu uma sonda térmica que vai enterrar-se de forma autónoma até 5 metros no subsolo e medir o calor que flui de dentro do planeta.

“A InSight é uma verdadeira missão espacial internacional“, realça Tom Hoffman, gestor de projetos no JPL. “Os nossos parceiros forneceram-nos instrumentos incrivelmente capazes que tornarão possível a recolha de dados científicos únicos depois de pousarmos”.

Atualmente, o “lander” Insight está na Base Aérea de Vandenberg, na Califórnia, em fase de preparação final antes do lançamento. Na quarta-feira passada completou o que é conhecido como teste de rotação: toda a nave gira a alta velocidade para confirmar o seu centro de gravidade.

Isto é crucial para a sua entrada, descida e aterragem em Marte em novembro, explica Hoffman. Durante este mês, a plataforma científica será acoplada ao foguetão, as ligações entre os dois serão verificadas e a equipa de lançamento passará por um treino final.

“Este mês será emocionante”, disse Banerdt. “Temos ainda algum trabalho final por fazer, mas estamos quase prontos para ir a Marte”.

// CCVAlg

PARTILHAR

RESPONDER

50 anos de monarquia e uma guerra de dias. A pandemia "matou" a micronação mais antiga da Austrália

O reinado de 50 anos de uma micronação na Austrália chegou ao fim devido ao impacto económico da pandemia de covid-19, que fez com que o autodeclarado principado se rendesse ao país. Hutt River, um principado …

NASA vai rebatizar planetas e outros corpos celestes com nomes ofensivos

A agência espacial norte-americana (NASA) anunciou que vai rebatizar alguns planetas, galáxias e outros corpos celestes que possuem nomes "ofensivos". Em comunicado publicado esta quinta-feira, a NASA explica que vai abandonar os nomes "não-oficiais" a …

O maior parque de crocodilos da Índia está à beira da falência. Abriga mais de 2.000 animais

O maior parque de crocodilos da Índia, localizado perto da cidade de Chennai, no sul do país asiático, encontra-se à beira da falência depois de a pandemia de covid-19 ter obrigado a fechar o espaço …

Campanha científica acrescenta mais de 37 mil quilómetros quadrados ao mapa do mar português

A campanha científica que o navio hidro-oceanográfico D. Carlos I da Marinha Portuguesa realizou durante nove semanas nos Açores, para levantamentos hidrográficos, permitiu “acrescentar cerca de 37.500 quilómetros quadrados sondados ao mapeamento do mar português”. Numa …

Apesar dos alertas, houve quem plantasse as sementes misteriosas da China (e já começaram a crescer)

Durante as últimas semanas, pessoas em todo o mundo têm recebido, sem ter encomendado, nas suas caixas de correio sementes com origem na China. Apesar dos avisos em contrário, houve quem plantasse os misteriosos presentes. As …

Marcelo veta redução de debates sobre a Europa. Não foi uma "solução feliz"

O Presidente da República vetou esta segunda-feira a redução do número de debates em plenário para o acompanhamento do processo de construção europeia de seis para dois por ano, defendendo que não foi uma “solução …

Boris Johnson admite alargar quarentena a mais países

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, admitiu esta segunda-feira alargar o sistema de quarentena a pessoas que cheguem de países atualmente isentos para reduzir o risco de infeção com a doença covid-19 no Reino Unido. "No contexto …

Novo lay-off. Ajuda da Segurança Social para pagar subsídios de Natal pode chegar só em 2021

O apoio ao pagamento do subsídio de Natal previsto pelo Governo para apoiar as empresas no âmbito do novo regime de lay-off, que entrou em vigor em agosto, poderá só ser pago pela Segurança Social …

Trump abandona conferência de imprensa após ser confrontado por jornalista com mentira que disse 150 vezes

O Presidente norte-americano abandonou uma conferência de imprensa, este sábado, depois de ter sido confrontado por uma jornalista com uma mentira que já terá dito mais de 150 vezes sobre cuidados de saúde para os …

Olavo Bilac pede desculpa por ter atuado num comício do Chega

O cantor Olavo Bilac recorreu à sua conta de Facebook para pedir desculpa aos seus fãs e aos seres pares do setor por ter atuado num comício do Chega, frisando não ter qualquer relação com …