Nota artística: não há título para este Benfica-FC Porto

Vamos até 2020. Setembro. O campeonato começa, olhamos novamente para o calendário e verificamos que há um Benfica-FC Porto na 31.ª jornada. Ui. Este vai ser o jogo do título. Hum… Chegámos a maio e, afinal… Pode ser um jogo que coloca o título mais próximo… do Sporting. O FC Porto sabe que a tarefa de chegar ao primeiro lugar é complicada; o Benfica já sabe que vai acabar esta época sem o título.

O Benfica sabe, os adeptos do Benfica sabem que não vão ser campeões neste ano mas, mesmo assim, muitos apareceram no Seixal para incentivar a equipa e ainda mais – talvez algumas centenas – estiveram nos arredores do Estádio da Luz, também para aplaudir os jogadores e restante comitiva.

Alguns dirão que a onda vermelha é isto. Vermelho é, simplesmente, isto.

Ora o jogo começa e, qual novidade, sem interesse junto das áreas, sem jogadas espetaculares.

Ora o jogo começa e, qual novidade, várias faltas foram cometidas logo nos primeiros minutos. Ao todo, foram 34. Passam três minutos, uma falta. Mais três minutos, uma falta. Entre esses três minutos, a bola fica quase sempre parada porque os jogadores protestam, demoram 30 segundos para fazer um lançamento, fingem que foram agredidos…

Bom, o jogo.

A seguir à ameaça de Taremi, golo no outro lado do campo. Everton soltou-se, construiu uma grande jogada com ajuda de Rafa e inaugurou o marcador. Belo momento. Um dos raros bons momentos até ao intervalo.

Nos descontos da primeira parte, grande penalidade para o Benfica. Manafá cometeu falta sobre Rafa. Ah, espera. 19 centímetros foram suficientes para anular o lance.

Já na segunda etapa, Zaidu trava Diogo Gonçalves, grande penalidade. Ah, espera. Não há falta.

O tempo vai passando e pouco perigo junto de Helton Leite. O tempo vai passando e o Benfica não ataca. Praticamente deixou de atacar. Adivinhem o que se segue: golo portista. Bom remate de Uribe, que respondeu a uma boa movimentação de João Mário do lado direito.

Depois voltou a Liga dos Protestos. Pepe, cartão vermelho ou não? Não. Benfica cobra logo a falta e Everton bisa. Não contou. Protestos, fúria, gritos. Rui Costa expulso. Acho que a última vez que vi Rui Costa a ser expulso foi naquele jogo famoso na Alemanha, quando saiu para Sérgio Conceição entrar. Bem, já deve ter visto o vermelho mais recentemente. Eu é que não me lembro. Darwin Núñez está ali com uma força, a protestar no banco… Está mais interventivo ali do que quando joga.

Jogo a acabar, segundo lugar a fugir, mas o filho de Deus mantém três defesas-centrais em campo. Deve gostar do número três. Está no lugar três.

Mas então ele quer três golos neste jogo. Aí está, Pizzi, mesmo a acabar. Afinal, não. Fora-de-jogo. Quem gosta de seguir séries, também deve ver futebol agora: isto assim é fixe, pensamos que sabemos o final do episódio e nunca sabemos. Temos sempre de esperar por eventuais surpresas ou retrocessos nas personagens. Ou por regressos.

94 minutos, duas substituições no Benfica. É o filho de Deus a segurar o resultado.

E acabou. Viu-se na cara e na postura corporal dos 22 futebolistas que ninguém estava satisfeito com este empate na Luz.

O filho de Deus também não estava, afinal. Disse que o rival jogou para dois resultados: vitória ou empate. Talvez. E acrescento que o teu Benfica jogou para dois resultados: empate ou derrota. Tirando os minutos finais, já sei, nos quais também vimos Taarabt a acertar na barra.

Jesus disse também que Pepe deveria ter sido expulso, que só não foi expulso porque o árbitro não quis. E porquê? Ele explicou: “Menos um homem em campo, 11 contra 10 tem muita influência“… Pois tem. Na final da última Taça de Portugal, viu-se a influência.

Ei! Olha o que os jogadores do Benfica andam a escrever nas redes sociais, logo a seguir ao jogo! Vergonhoso! Vergonha!

Realmente é uma vergonha.

Mas estão a falar do quê? De qual das várias vertentes vergonhosas destes clássicos é que eles se lembraram agora?

Do lado azul e branco, Vítor Bruno disse que praticamente não interessa acabar o campeonato no segundo ou no terceiro lugar. Pergunta isso aos contabilistas do teu clube.

De resto, silêncio.

O silêncio ajuda no pensamento.
E aquele foi o momento.
Momento de meditar.
Um ponto foi mau para sonhar,
Ou foi bom para segurar?
Que título deveremos dar?

Nuno Teixeira, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

DGS diz que demora de conclusões sobre eventos-piloto não é por erro técnico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) rejeitou, esta terça-feira, que tenha havido erro técnico no tratamento de dados dos eventos-piloto da Cultura, ocorridos em abril e maio, mas admitiu que o processo está demorado. Numa declaração enviada …

Governo quer fazer alterações na duração de cargos de dirigentes

As mudanças que estão a ser preparadas passam por reduzir a duração dos cargos em substituição e, por outro lado, pelo ajustamento do período das comissões do serviço em função da avaliação. Segundo o Jornal de …

Responsável pelas manifestações em Lisboa é coordenador no Gabinete de Apoio à Presidência da CML

O responsável pelas manifestações na cidade de Lisboa é coordenador técnico no Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara liderada por Fernando Medina. De acordo com o semanário Expresso, António Santos tem sido, nos últimos …

Sporting e Braga jogam Supertaça em Aveiro no dia 31 de julho

A Supertaça Cândido Oliveira, que vai ser disputada entre Sporting e Sporting de Braga, vai ser disputada em Aveiro, a 31 de julho, anunciou a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). "A decisão da Supertaça Cândido de …

Um quarto da população portuguesa já tem a vacinação completa

Em Portugal, 42% das pessoas já receberam a primeira dose de uma vacina contra a Covid-19 e 25% — cerca de um quarto da população — estão completamente vacinados. De acordo com o mais recente relatório …

Cardiologista do Tottenham admite ponto final na carreira de Eriksen

O cardiologista do Tottenham, Sanjay Sharma, admite um ponto final na carreira de Christian Eriksen, que caiu inanimado no jogo entre a Dinamarca e a Finlândia. O encontro entre Dinamarca e Finlândia, da primeira jornada do …

ARS Norte conta avançar com recuperação de consultas em atraso ainda este mês

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte conta avançar durante este mês com o programa especial de incentivos financeiros para recuperação de consultas presenciais nos cuidados de saúde primários (CSP), propondo-se recuperar metade da …

Cristiano Ronaldo no Euro 2020

"Rei do Euro". Ronaldo fez história na Hungria (e ainda vai durar "mais uns 3 aninhos")

Cristiano Ronaldo marcou dois dos golos de Portugal na vitória frente à Hungria por 3-0, na estreia da Selecção no Euro 2020, e tornou-se no melhor marcador de sempre dos Campeonatos Europeus de futebol. Aos …

"Insultos são a arma dos fracos". Ministro defende lei das minas e lança farpas a Catarina Martins

Matos Fernandes defende acerrimamente o novo decreto lei da exploração mineira e lança farpas a Catarina Martins, que o criticou: "Insultos são a arma dos fracos". No domingo, o Bloco de Esquerda anunciou que ia pedir …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: Ronaldo e agitadores derrubaram a muralha

Rajada final garantiu vitória lusa na estreia. Ronaldo a bisar e a quebrar três recordes. Todos os jogos da primeira jornada. Visto da Linha de Fundo. A paciência tem limites Hungria 0 – 3 Portugal (Raphaël …