Santana Lopes deixou funções executivas no Aliança. Mas não “deserta”

António Cotrim / Lusa

Pedro Santana Lopes

O fundador do partido Aliança deixou, recentemente, as suas funções executivas por “motivos profissionais”, mas promete “não desertar”, “muito menos em alturas difíceis”.

No passado dia 15 de maio, Pedro Santana Lopes pediu a suspensão das suas funções executivas como líder do partido Aliança por “motivos profissionais”, avançou, na altura, o jornal Sol.

Agora, em comunicado, o ex-primeiro-ministro quis pôr os pontos nos is sobre esta decisão e nega estar a abandonar o partido. “Disse sempre, e mantenho, que não deserto. Muito menos em alturas difíceis”, cita o semanário Expresso.

Santana Lopes acrescenta que o partido nunca deixou de se reunir. “É nos órgãos da Aliança que quero dizer o que penso e o que proponho de várias possibilidades organizativas para esta nova fase. Já pedi para encontrarem um espaço onde o possamos fazer com segurança”, acrescenta.

“A Aliança não é uma teimosia. É um projeto, um sonho. Não acreditem em especulações, nem pensem que deixei de ser quem sou. (…) A Aliança existe e está viva. Eu acredito que será cada vez mais forte. O que cada um fará, dentro das suas possibilidades pessoais e profissionais, será decidido em conjunto”, concluiu.

Este comunicado surge depois de, no último fim-de-semana, o semanário ter avançado que cinco dirigentes do Aliança, no distrito de Santarém, se transferiram em bloco para o partido Chega, liderado por André Ventura.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Administração Trump notifica formalmente o Congresso sobre saída da OMS

O Governo norte-americano informou esta terça-feira o Congresso sobre a sua saída forma da Organização Mundial da Saúde (OMS). A Administração Trump já notificou formalmente o Congresso norte-americano de que os Estados Unidos vão sair da …

“Não vou ser infetado e propagar a covid-19”. Burundi anuncia triagem maciça da população

O Governo do Burundi começou esta segunda-feira uma campanha de triagem maciça da covid-19, decisão que demonstra uma alteração das políticas implementadas pelo novo Presidente do país no sentido de combater mais assertivamente a propagação …

Despedida de Centeno e estreia de Leão. Eurogrupo elege presidente na quinta-feira

A eleição para a presidência do Eurogrupo, na quinta-feira, será a última reunião presidida por Mário Centeno e a estreia europeia de João Leão como ministro das Finanças. A eleição para a presidência do Eurogrupo é …

Governo está a preparar um programa específico de apoio ao Algarve

O Algarve terá um programa específico de apoio, que já está a ser preparado pelo Governo, avançou o ministro da Economia esta terça-feira. O ministro da Economia disse, esta terça-feira, que o Governo está a preparar …

OMS admite transmissão pelo ar e pede que se evitem espaços fechados

Depois do alerta de 239 especialistas, a Organização Mundial de Saúde diz que há novas provas de que o novo coronavírus se transmite pelo ar. A Organização Mundial de Saúde (OMS) admitiu, esta terça-feira, haver novas …

Lufthansa vai cortar mil empregos administrativos (e reduzir novas aeronaves a metade)

Esta terça-feira, a Lufthansa anunciou novas medidas do seu plano de reestruturação que incluem uma redução de mil postos de trabalho nos serviços administrativos. A companhia aérea alemã Lufthansa anunciou, esta terça-feira, que irá reduzir o …

Bloco deixa recado ao PS: voto do Suplementar não estará garantido para o OE2021

Depois de o PCP ter rompido o espírito de acordos à esquerda, foi a vez de o Bloco de Esquerda deixar avisos para 2021. Em entrevista ao portal esquerda.net, divulgada esta terça-feira, Mariana Mortágua deixa claro …

Ferrari vai enfrentar problemas no Mundial de F1 "sem chorar"

O diretor-geral da Ferrari elogiu o talento de Leclerc e mostrou-se preocupado com os problemas que afetaram Sebastian Vettel. O diretor-geral da Ferrari, Louis Camilleri, reiterou esta terça-feira a confiança na equipa e assegurou que a …

Governo russo exige 1,8 mil milhões de euros a empresa mineira por poluição no Ártico

A agência russa de defesa do ambiente exigiu uma indemnização de 147,8 mil milhões de rublos (1,8 mil milhões de euros) ao conglomerado mineiro Norilsk Nickel, pela grave poluição do Ártico com hidrocarbonetos. Em comunicado, a …

Perda de habitat pode aumentar doenças que passam de animais para humanos, prevê ONU

Um novo relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) alertou que podem surgir mais doenças que passam de animais para humanos, como a covid-19, à medida que os habitats são devastados pela exploração da vida …