Alerta: não estamos a aplicar protetor solar como devíamos

O protetor solar não nos protege tanto como pensávamos. De acordo com um estudo, a falha não está relacionada com a qualidade do produto, mas com a forma como este é aplicado.

Segundo o estudo, publicado esta terça-feira na revista Acta Dermato-Venereology, as pessoas tendem a não aplicar uma camada de creme espessa o suficiente de forma a obter todos os benefícios da proteção solar.

Os cientistas apontam que quando um creme com um fator de proteção solar (FPS) 50 é aplicado de uma forma “comum” – ou seja, é aplicada uma camada relativamente fina – fornece, no máximo, 40% da proteção esperada. Ou seja, com uma má aplicação perde-se mais de metade da proteção esperada.

“Não há dúvidas que o protetor solar fornece uma importante proteção contra o impacto dos raios ultra-violeta do sol que podem causar cancro”, explicou no artigo o professor do Instituo de Dermatologia do King’s College de Londres, no Reino Unido, Antony Young.

Acrescentando, no entanto, “que a pesquisa mostra é que a forma como o protetor solar é aplicado desempenha uma papel importante ao determinar quão eficaz a proteção será”, explicou.

É do senso comum que aplicar pouco protetor solar pode causar queimaduras e danos na pele. Porém, este novo estudo é um dos primeiros a avaliar a quantidade de danos que são causados no ADN da pele quando as pessoas aplicam o protetor da forma “típica” – isto é, quando as pessoas aplicam quantidades menores do que as utilizadas pelos fabricantes deste produtos quando testam os protetores solares para determinar a sua classificação SPF.

A quantidade certa de protetor solar – a que é aplicada pelos fabricantes durante os testes – é de dois miligramas por centímetro quadrado (2 mg/cm2), aponta a investigação.

O estudo envolveu 16 pessoas com pele clara que foram expostas à radiação ultravioleta que simulou a luza solar. No procedimento experimental, apenas uma pequena parte da pele dos participantes foi exposta à radiação.

O protetor solar foi aplicado na pele da amostra com diferentes espessuras – desde 0,75 mg/cm2 (que representa o uso “comum”) até à dose recomendada, de 2 mg/cm2.

Alguns dos participantes foram expostos à radiação ultra violeta durante cinco dias consecutivos, de forma a imitar as condições de exposição solar mais comuns durante as férias. Os cientistas também variam a intensidade da radiação de baixa a alta.

No final da experiência, os investigadores fizeram biopsias à pele que foi exposta à radiação. As conclusões mostraram a existência de danos consideráveis no ADN nas zonas que não receberam proteção solar, mesmo que a radiação usada nessas mesmas áreas fosse baixa. Por questões éticas, a dose de radiação usada na pele desprotegida foi mínima, de forma a não provocar queimaduras solares.

De acordo com os investigadores, um só dia de exposição à radiação sem qualquer filtro solar causou mais danos do que cinco dias consecutivos com a dose recomendada de protetor solar (2 mg/cm2).

Assim, os resultados “demonstram que as mensagens de saúde pública devem apelar à correta aplicação do protetor solar para obter o máximo de benefícios e proteção”, argumentaram os investigadores.

De acordo com um outro estudo, publicado em 2002 na revista JAMA Dermatology, para obter a camada certa, as pessoas devem usar cerca de 35 mililitros de protetor solar para o corpo inteiro.

Tendo em conta que as pessoas aplicam uma quantidade menor do que deviam, os investigares recomendam que os consumidores usem um protetor com FPS superior ao que acham mais indicado para a sua pele.

“Em teoria, um FPS 15 deveria suficiente para proteger a pele da maioria das pessoas. No entanto, sabemos que na realidade precisamos de um fato de proteção solar mais elevado” de 30 ou mais, disse Nina Goad, da Associação Britânica de Dermatologistas.

Goad disse ainda que as pessoas não devem confiar apenas no protetor solar, explicando que “também devemos recorrer a roupas e procurar as sombras” para aumentar a proteção, concluiu.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Tendo a concordar com o artigo e com a opinião dos especialistas, na medida que os humanos vêm equipados com balança de precisão nas mãos, qual Bimby biológica, pelo que não se percebe por que razão as quantidades recomendadas (2mg/cm²) não são aplicadas, à excepção da de poupar no material.
    Ora que raio de conclusão. Se o recomendado são as 2 mg/cm², as embalagens deveriam ser feitas de forma a que a aplicação recomendada resultasse de uma quantidade pré-determinada pela embalagem, com a indicação da área a que corresponde àquela quantidade de produto. Enfim.

  2. O mais adequado é evitar a exposição nas horas de maior calor. Há quem não esteja de acordo com o uso de protetor solar pois diminui a fixação da vitamina D (desde que a exposição seja feita fora das horas críticas). Este artigo dá jeito aos fabricantes, quanto mais se usa, mais se gasta, mais se compra… É só negócio..

  3. E ainda há os estudos que dizem que o protector solar colocado, que se vai dissolvendo na água do mar, está a matar a vida marinha, começando pelos corais.

  4. O problema é que as pessoas sentem-se obrigadas a proteger a carteira caso contrário lá se vai todo o subsídio de férias para o protector solar, portanto senhores fabricantes abdiquem um pouco dos lucros e protejam melhor os clientes.

RESPONDER

"Todos os caminhos levam a Putin". Donald Trump deverá ser acusado formalmente nos próximos dias

Os democratas estão a desenvolver o processo de destituição de Donald Trump, reforçando o foco na Federação Russa e nas ligações ao Presidente da Rússia, Vladimir Putin, quando começam a esboçar o texto acusatório do …

Marcha pelo Clima juntou milhares em Madrid. Greta saiu por recomendação da polícia

Milhares de pessoas participaram, esta sexta-feira, em Madrid, na Marcha pelo Clima, encabeçada pela jovem ativista ambiental sueca, que teve de abandonar a manifestação por recomendação da polícia. A Marcha pelo Clima começou às 18h00 locais, …

City vs United. Em Manchester, há uma guerra anónima a ser travada entre oriente e ocidente

Este sábado, Manchester City e Manchester United defrontam-se dentro de campo. Mas fora das quatro linhas decorre uma batalha oculta pelo domínio ideológico de gestão. O dérbi de Manchester é sempre um confronto importante no calendário …

Múmias milenares tinham tatuagens escondidas (e já podemos vê-las)

As tatuagens escondidas em antigas múmias egípcias estão agora a ser reveladas pelos cientistas, usando uma nova tecnologia de infravermelho, permitindo vislumbrar como os membros da sociedade há três mil anos viviam e trabalhavam. Tatuagens semelhantes …

Miguel Albuquerque avisa: deputados madeirenses do PSD podem viabilizar OE

O presidente da estrutura regional do PSD/Madeira, Miguel Albuquerque, disse esta sexta-feira que os três deputados na Assembleia da República poderão votar o Orçamento do Estado caso as reivindicações da região estejam asseguradas. “O Orçamento do …

"Não há falta de médicos" nos hospitais de Coimbra e Algarve, diz Marta Temido

A ministra da Saúde afirmou esta sexta-feira que não há falta de médicos nos centros hospitalares universitários do Algarve e de Coimbra, admitindo que poderá haver necessidade de rever escalas e formas de organização. “Não me …

Já pode beber uma cerveja que nunca "morre"

https://vimeo.com/377813387 Cientistas chineses criaram uma levedura geneticamente modificada que faz com que a cerveja nunca "morra". Esta inovação pode aumentar o prazo de validade da cerveja, com uma alteração mínima ao seu sabor. Não há nada melhor …

Cotrim Figueiredo: "Siza Vieira não tem peso político para levar a sua avante”

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, "não tem peso político para levar a sua avante" neste Governo, disse o deputado da Iniciativa Liberal João Cotrim Figueiredo, que é também candidato único à liderança do …

Arranca hoje a "contra-cimeira" contra "hipocrisia dos governos"

Enquanto na chamada "zona verde" se prepara a semana das negociações de alto nível da COP25, começa este sábado em Madrid uma contra-cimeira em que os movimentos ativistas procuram um contraponto ao que chamam a …

A maior parte dos produtos de maquilhagem está contaminada com superbactérias perigosas

Nove em cada 10 produtos cosméticos atualmente em uso estão contaminados com superbactérias potencialmente prejudiciais, incluindo E. coli e Staphylococci. Beauty blender, rímel e brilho labial são os produtos que contêm os mais altos níveis …