Ministra brasileira diz que as mulheres devem ser submissas ao homem no casamento

Valter Campanato / ABr

Ministra de Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves

Uma nova declaração da ministra brasileira da Mulher, Damares Alves, gerou mais uma polémica. Desta vez, a chefe do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos disse que “dentro da sua conceção cristã” as mulheres devem ser submissas aos homens no casamento.

“Dentro da minha conceção cristã, a mulher, sim, no casamento é submissa ao homem e isso é uma questão de fé”, declarou a ministro na Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher na Câmara dos Deputados, avançou a RT na quarta-feira.

Questionada por um deputado sobre se a mulher deveria ser submissa ao homem, Damares Alves – que também é um pastora evangélica -, explicou que, “dentro da doutrina cristã, dentro da Igreja” entende-se que no casamento “o homem é o líder”.

“Isso não significa que todas as mulheres devem ser submissas e baixar as suas cabeças para o chefe, o agressor e os homens”, frisou

Em fevereiro deste ano, a ministra já tinha causado polémica, ocupando as primeiras páginas da imprensa nacional brasileira, ao garantir que o Brasil estava “numa nova era”, na qual “o menino usa azul e a menina usa rosa”.

Depois das declarações da ministra, os utilizadores expressaram a sua indignação: “Damares Alves afirma que na ‘concepção cristã’ as mulheres deveriam ser submissas aos homens em casamento, e ainda estão nos pedindo para acreditar que esse governo funciona?”, questiona um utilizador no Twitter.

“Uma triste realidade de um estado teocrático no século 21”, afirmou outro.

“Sob o conceito de governo secular, essa senhora não deveria estar no Ministério da Mulher pensando dessa maneira”, escreveu ainda uma internauta.

Em face às críticas, a ministra defendeu-se, também no Twitter. “É uma questão de liberdade religiosa, garantida pela Constituição. Não acreditem nas mentiras que eles contam sobre isso. A mulher vítima de violência jamais deve ser submissa. Deve denunciar o agressor”, indicou.

Desde que ocupou o cargo, Damares Alves tem sido protagonista de vários escândalos. No início de fevereiro, um órgão de comunicação acusou-a de sequestrar a sua filha adotiva e outro de mentir sobre as suas qualificações académicas.

TP, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Mais um passo no caminho para a idade média!
    Já se sabia que as religiões são um dos maiores problemas do Brasil, mas, com estes fanáticos religiosos no governo, o Brasil está a dar passos largos em termos de atraso civilizacional…
    Quando uma ministra diz que fala com Deus e não logo afastada e internada, algo vai mesmo muito mal!…

  2. Assim falou a pé de goiaba.

    Submissa nada, tem ser direitos iguais mesmo, as mulheres têm a obrigação de trabalhar e ajudar nas despesas de casa meio a meio mesmo.

Responder a Locha Cancelar resposta

A ilha mais povoada do Hawai pode perder 40% das suas praias até 2050

A subida do nível das águas do mar pode fazer com que a ilha mais povoada do Havai perca 40% das suas praias, alerta uma nova investigação. Em causa está a ilha de Oahu, a …

Pela primeira vez em 10 anos, a Wikipédia vai mudar de aparência

A icónica Wikipédia vai, pela primeira vez em 10 anos, ser modificada para tornar o site mais acessível - e menos "assustador" - para novos utilizadores. A Wikipédia tem sido parte integrante da cultura da web …

Encontrados medicamentos ilegais em suplementos para o cérebro

Cientistas encontraram medicamentos ilegais, não aprovados nos Estados Unidos, em suplementos que alegadamente melhoram o desempenho cognitivo. Clareza mental, criatividade aprimorada e uma memória extremamente nítida são algumas das promessas feitas a quem compra suplementos de …

Voluntários oferecem-se para cumprir pena de jovem acusado de blasfémia

Num ato de solidariedade, 120 voluntários pediram para cumprir a pena de um jovem nigeriano condenado a 12 anos de prisão por blasfémia. Entre os voluntários está o diretor do Memorial de Auschwitz. Ao todo, 120 …

ADN ajuda a identificar assassino em série num dos mais infames casos da Austrália

Uma amostra de ADN ajudou a justiça australiana a considerar um homem como culpado pelo assassinato de duas mulheres na década de 1990, encerrando um caso que permaneceu sem solução durante quase 25 anos. Durante quase …

Mais 665 casos e nove mortes por covid-19 em Portugal

Portugal regista, este domingo, mais 665 novos casos positivos e nove mortes por covid-19, segundo boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Assim, desde o início da pandemia, Portugal conta com 73.604 infetados e 1.953 …

De guerreiros a anciões. Grupo étnico no Quénia faz cerimónia única de "transformação"

Milhares de homens Maasai vestidos com xales vermelhos e roxos e com as suas cabeças revestidas de ocre vermelho reuniram-se esta semana para uma cerimónia que os transforma de Moran (guerreiros) em Mzee (anciãos). De acordo …

Há 60 anos, Richard Nixon tricou uma sanduíche (e este homem guardou-a desde então)

Há 60 anos, o então vice-Presidente dos Estados Unidos, Richard Nixon, trincou uma sanduíche - e Steve Jenne, um homem que vive em Illinois, guardou-a os restos desde então. De acordo com o The New York …

Coreia do Norte adverte Sul para não procurar nas suas águas oficial assassinado

A Coreia do Norte pediu hoje à Marinha sul-coreana que deixe de entrar nas suas águas territoriais, numa altura em que Seul procura recuperar o corpo de um oficial sul-coreano morto a tiro no mar …

"Um abandonar dos utentes". Centros de saúde atiram pacientes para farmácias e privados

Sem resposta nos centros de saúde, vários utentes vêm-se obrigados a recorrer ao setor privado e a farmácias. A Entidade Reguladora de Saúde já recebeu várias reclamações. Face à pandemia de covid-19, os centros de saúde …