Ministra brasileira diz que as mulheres devem ser submissas ao homem no casamento

Valter Campanato / ABr

Ministra de Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves

Uma nova declaração da ministra brasileira da Mulher, Damares Alves, gerou mais uma polémica. Desta vez, a chefe do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos disse que “dentro da sua conceção cristã” as mulheres devem ser submissas aos homens no casamento.

“Dentro da minha conceção cristã, a mulher, sim, no casamento é submissa ao homem e isso é uma questão de fé”, declarou a ministro na Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher na Câmara dos Deputados, avançou a RT na quarta-feira.

Questionada por um deputado sobre se a mulher deveria ser submissa ao homem, Damares Alves – que também é um pastora evangélica -, explicou que, “dentro da doutrina cristã, dentro da Igreja” entende-se que no casamento “o homem é o líder”.

“Isso não significa que todas as mulheres devem ser submissas e baixar as suas cabeças para o chefe, o agressor e os homens”, frisou

Em fevereiro deste ano, a ministra já tinha causado polémica, ocupando as primeiras páginas da imprensa nacional brasileira, ao garantir que o Brasil estava “numa nova era”, na qual “o menino usa azul e a menina usa rosa”.

Depois das declarações da ministra, os utilizadores expressaram a sua indignação: “Damares Alves afirma que na ‘concepção cristã’ as mulheres deveriam ser submissas aos homens em casamento, e ainda estão nos pedindo para acreditar que esse governo funciona?”, questiona um utilizador no Twitter.

“Uma triste realidade de um estado teocrático no século 21”, afirmou outro.

“Sob o conceito de governo secular, essa senhora não deveria estar no Ministério da Mulher pensando dessa maneira”, escreveu ainda uma internauta.

Em face às críticas, a ministra defendeu-se, também no Twitter. “É uma questão de liberdade religiosa, garantida pela Constituição. Não acreditem nas mentiras que eles contam sobre isso. A mulher vítima de violência jamais deve ser submissa. Deve denunciar o agressor”, indicou.

Desde que ocupou o cargo, Damares Alves tem sido protagonista de vários escândalos. No início de fevereiro, um órgão de comunicação acusou-a de sequestrar a sua filha adotiva e outro de mentir sobre as suas qualificações académicas.

TP, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Mais um passo no caminho para a idade média!
    Já se sabia que as religiões são um dos maiores problemas do Brasil, mas, com estes fanáticos religiosos no governo, o Brasil está a dar passos largos em termos de atraso civilizacional…
    Quando uma ministra diz que fala com Deus e não logo afastada e internada, algo vai mesmo muito mal!…

  2. Assim falou a pé de goiaba.

    Submissa nada, tem ser direitos iguais mesmo, as mulheres têm a obrigação de trabalhar e ajudar nas despesas de casa meio a meio mesmo.

RESPONDER

Utilizadores russos do Reddit terão divulgado documentos comprometedores sobre o Brexit

A rede social Reddit anunciou ter concluído que utilizadores russos estiveram na origem da divulgação de documentos confidenciais do governo britânico sobre as negociações comerciais do Brexit. O Reddit anunciou, num comunicado citado pela Associated Press, …

Concorrência quer novas regras para fidelizações nas telecomunicações

A Autoridade da Concorrência (AdC) quer mudanças nas regras impostas pelas operadoras de telecomunicações nos contratos de fidelização. Segundo um relatório da AdC, ao qual o Jornal de Negócios teve acesso e que será esta segunda-feira …

Se Trump fosse julgado perante um júri, seria condenado "em três minutos"

Caso o processo de impeachment avance, e Trump seja apresentado perante um júri, Jerry Nadler acredita que o presidente norte-americano seria considerado culpado "em três minutos". O presidente da comissão de Justiça da Câmara dos Representantes, …

Sangue, lágrimas e crianças escoltadas na primeira despromoção da história do Cruzeiro

O Cruzeiro desceu de divisão pela primeira vez na sua história. O último jogo do campeonato, que selou a despromoção, ficou marcado por episódios violentos entre adeptos e polícia. O cenário vivido no 'Mineirão', este domingo, …

Movimento "Convergência" prepara moção para convenção do Bloco (mas rejeita cisão)

Largas dezenas de elementos do Bloco de Esquerda (BE) estiveram reunidos para preparar uma moção para apresentar na próxima convenção do partido, mas rejeitam estar a criar uma nova tendência ou a preparar uma cisão. João …

Empresário lesou Fisco em 60 milhões, mas não tem de devolver nada

Um empresário do setor do ouro condenado a sete anos de prisão por fraude fiscal agravada não terá de devolver nenhuma parte dos 60 milhões de euros de prejuízo que deu ao Estado por não …

Maioria das pistolas Glock roubadas da PSP pode ter estado sempre com a polícia

Luís Gaiba defende que a contagem do armamento não estava atualizada e que, por isso, a maioria das armas alegadamente desaparecidas pode nunca ter saído da posse da polícia. O agente Luís Gaiba, suspeito do roubo …

Rússia banida dos Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos

A Rússia foi banida, esta segunda-feira, de Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos, na sequência de uma decisão, tomada por unanimidade, do comité da AMA que avalia o cumprimento dos regulamentos. A Rússia foi excluída dos …

Governo chinês bane compras públicas de computadores e software estrangeiros

O Governo chinês ordenou que todos os escritórios governamentais e instituições públicas removam computadores e software estrangeiros, ao longo dos próximos três anos, depois da decisão de Washington de banir aquisição de equipamentos da Huawei. A …

Arbitragem, relvado e azar. Sérgio Conceição explica deslize com o Belenenses

Desde a arbitragem ao relvado e de o azar à falta de discernimento, Sérgio Conceição explicou o empate contra o emblema de Belém. A equipa de arbitragem foi a principal visada. O FC Porto não foi …