Ministra brasileira diz que as mulheres devem ser submissas ao homem no casamento

Valter Campanato / ABr

Ministra de Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves

Uma nova declaração da ministra brasileira da Mulher, Damares Alves, gerou mais uma polémica. Desta vez, a chefe do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos disse que “dentro da sua conceção cristã” as mulheres devem ser submissas aos homens no casamento.

“Dentro da minha conceção cristã, a mulher, sim, no casamento é submissa ao homem e isso é uma questão de fé”, declarou a ministro na Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher na Câmara dos Deputados, avançou a RT na quarta-feira.

Questionada por um deputado sobre se a mulher deveria ser submissa ao homem, Damares Alves – que também é um pastora evangélica -, explicou que, “dentro da doutrina cristã, dentro da Igreja” entende-se que no casamento “o homem é o líder”.

“Isso não significa que todas as mulheres devem ser submissas e baixar as suas cabeças para o chefe, o agressor e os homens”, frisou

Em fevereiro deste ano, a ministra já tinha causado polémica, ocupando as primeiras páginas da imprensa nacional brasileira, ao garantir que o Brasil estava “numa nova era”, na qual “o menino usa azul e a menina usa rosa”.

Depois das declarações da ministra, os utilizadores expressaram a sua indignação: “Damares Alves afirma que na ‘concepção cristã’ as mulheres deveriam ser submissas aos homens em casamento, e ainda estão nos pedindo para acreditar que esse governo funciona?”, questiona um utilizador no Twitter.

“Uma triste realidade de um estado teocrático no século 21”, afirmou outro.

“Sob o conceito de governo secular, essa senhora não deveria estar no Ministério da Mulher pensando dessa maneira”, escreveu ainda uma internauta.

Em face às críticas, a ministra defendeu-se, também no Twitter. “É uma questão de liberdade religiosa, garantida pela Constituição. Não acreditem nas mentiras que eles contam sobre isso. A mulher vítima de violência jamais deve ser submissa. Deve denunciar o agressor”, indicou.

Desde que ocupou o cargo, Damares Alves tem sido protagonista de vários escândalos. No início de fevereiro, um órgão de comunicação acusou-a de sequestrar a sua filha adotiva e outro de mentir sobre as suas qualificações académicas.

TP, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Mais um passo no caminho para a idade média!
    Já se sabia que as religiões são um dos maiores problemas do Brasil, mas, com estes fanáticos religiosos no governo, o Brasil está a dar passos largos em termos de atraso civilizacional…
    Quando uma ministra diz que fala com Deus e não logo afastada e internada, algo vai mesmo muito mal!…

  2. Assim falou a pé de goiaba.

    Submissa nada, tem ser direitos iguais mesmo, as mulheres têm a obrigação de trabalhar e ajudar nas despesas de casa meio a meio mesmo.

RESPONDER

Isabel dos Santos não vai ser detida se for a Angola, garante PGR

O procurador-geral da República de Angola afirmou, esta sexta-feira, que a justiça quer esgotar todos os procedimentos para notificar a empresária angolana antes de pedir um mandado internacional de captura. "Primeiro vamos esgotar a possibilidade de …

Assange deixa ala médica da prisão e passa para área com outros reclusos

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi transferido da ala médica da prisão de Belmarsh, no sudeste de Londres, onde estava isolado, para uma área da prisão com outros presos, anunciou hoje um membro do …

"Saudações da Tailândia." Depois de fugir da prisão, Sekkaki enviou um postal aos diretores

Depois de fugir da prisão, Oualid Sekkaki provocou os responsáveis do estabelecimento prisional e enviou-lhes um postal. Em dezembro do ano passado, Oualid Sekkaki e outros quatro indivíduos fugiram do estabelecimento prisional de Turnhout, na Bélgica. …

Irlanda. Tribunal decide extraditar motorista acusado da morte de 39 migrantes vietnamitas

O tribunal de Dublin sentenciou, esta sexta-feira, que o motorista acusado da morte de 39 imigrantes vietnamitas - encontrados em outubro num contentor refrigerado, perto de Londres - pode ser extraditado para o Reino Unido, …

Atriz norte-americana confronta em tribunal Weinstein com acusação de violação

A atriz americana Annabella Sciorra, conhecida por ter participado na série "Os Sopranos", confrontou na quinta-feira o produtor Harvey Weinstein em tribunal, acusando-o de a ter violado, em meados dos anos 1990. Segundo avançou o Expresso, …

Mulher agride médica na Urgência do Hospital de Águeda

Uma médica foi agredida, esta quinta-feira, na Urgência do Hospital de Águeda, por uma mulher que acompanhava o filho a uma consulta. De acordo com o Jornal de Notícias, a médica, de 33 anos, que estava …

Polícia do Rio de Janeiro matou cinco pessoas por dia em 2019

A polícia do Rio de Janeiro matou 1.810 pessoas em 2019, um recorde de cinco mortes por dia e um aumento de 18% em relação ao ano anterior, informou o Instituto de Segurança Pública (ISP) …

Governo dedica 20 milhões do Orçamento ao combate à violência doméstica

O orçamento total para combater a violência doméstica em 2020 é de 20,3 milhões de euros, adiantou na quinta-feira a ministra de Estado e da Presidência no Parlamento, Mariana Vieira da Silva, sublinhando o reforço orçamental …

Chega quer câmaras nas fardas e nos carros-patrulha

O Chega, liderado por André Ventura, apresentou um projeto de resolução a defender que os agentes das forças de segurança nacionais devem poder utilizar câmaras, que seriam introduzidas nas fardas e nos carros-patrulha. O partido liderado …

"Não tenho o apoio de Assunção Cristas", diz João Almeida

O candidato à liderança do CDS-PP defende que o partido deve, no imediato, fortalecer-se e depois participar numa "plataforma à direita" de alternativa ao PS, com o PSD, mas sem o Chega. "A alternativa à governação …