Mulheres só terão igualdade salarial daqui a 71 anos

Sascha Kohlmann / Flickr

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) previu que a igualdade de remuneração entre homens e mulheres só será atingida em 2086, num documento que conclui que as trabalhadoras com filhos ganham, por norma, menos dinheiro.

“Ao ritmo atual, sem uma ação orientada, a igualdade de remuneração entre homens e mulheres não será atingida antes de 2086, ou num período de, pelo menos, 71 anos”, refere a organização num documento de trabalho em que aborda as diferenças salariais ligadas à maternidade, por ocasião do Dia da Mulher, que se assinala domingo.

Segundo a organização, a diferença salarial persiste para todas as mulheres, com ou sem filhos. No geral, as mulheres ganham em média 77% do que os homens recebem.

“A diferença de remuneração relacionada com a maternidade aumenta com o número de filhos. Em muitos países europeus, por exemplo, ter um filho tem um efeito reduzido, mas as mulheres que têm dois filhos e, especialmente, as que têm três são fortemente penalizadas em termos salariais”, refere a OIT.

Nos países em desenvolvimento, os dados indicam que o sexo da criança pode influenciar, porque as meninas ajudam nas tarefas familiares e domésticas.

Apesar de mais países terem ratificado as normas internacionais do trabalho, a OIT avisa que as “mulheres ainda enfrentam discriminação frequente e desigualdade no trabalho”.

“Em muitas partes do mundo, as mulheres ocupam empregos desvalorizados e mal remunerados e têm menos acesso à educação, formação e recrutamento”, refere a OIT.

A organização do trabalho salienta também que as mulheres têm um poder limitado em termos de negociação e tomada de posições e têm a responsabilidade pela maior parte do trabalho doméstico não remunerado.

Atualmente, cerca de 50% das mulheres trabalham, contra 77% de homens.

Na proteção na maternidade, a organização considera que melhorou, mas sublinha que 800 milhões de trabalhadoras no mundo, ou seja, 41% da população feminina, não têm uma licença de maternidade adequada.

“Apesar de os homens começarem a assumir uma maior responsabilidade na família, as mulheres continuam a ser responsáveis pela maior parte dos cuidados para a família, o que muitas vezes limita o acesso a um emprego remunerado a tempo inteiro”, refere.

Na União Europeia, as mulheres gastam 26 horas por semana em atividades domésticas, contra as nove horas despendidas pelos homens.

“A violência continua a ser o principal fator que atenta contra a dignidade das mulheres”, salienta a OIT, acrescentando que 35% das mulheres são vítimas de violência física ou sexual.

“A principal conclusão 20 anos depois da Conferência de Pequim é que temos pela frente décadas até que as mulheres beneficiem dos mesmos direitos que os homens no trabalho”, afirma, no documento, Shauna Olney, chefe do departamento do género, igualdade e diversidade da OIT.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …

59 autarcas constituídos arguidos na Operação Éter

O Ministério Público constituiu 74 arguidos, 59 dos quais autarcas e ex-autarcas de 47 câmaras do Norte e Centro, no processo da investigação às Lojas Interativas da Turismo do Porto e Norte, realizada no âmbito …