Mulheres que tiraram apêndice ou amígdalas podem ser mais férteis

Um recente estudo britânico indica que as mulheres que retiraram o apêndice ou as amígdalas podem ser mais férteis.

Os investigadores da Universidade de Dundee e do University College de Londres, no Reino Unido, analisaram os registos de centenas de mulheres britânicas durante os últimos quinze anos.

Para isso, a equipa consultou o UK Clinical Practice Research Databank, o maior banco de dados digital para registos médicos do mundo, escreve a BBC.

A análise incluiu dados de 54.675 pacientes que retiraram o apêndice, 112.607 pacientes que retiraram as amígdalas e 10.340 que passaram pelas duas cirurgias.

Os dados foram comparados com os registos de 355.244 mulheres do resto da população e foi possível apurar que essas cirurgias podem aumentar a fertilidade.

De acordo com o estudo, agora publicado na revista especializada Fertility and Sterility, as taxas de gravidez foram mais altas entre aquelas que retiraram o apêndice (54,4%), as amígdalas (53,4%) ou as que fizeram os dois procedimentos (59,7%) do que no resto da população (43,7%).

Os especialistas acreditam que este estudo pode ser uma grande ajuda para desmistificar estas cirurgias, sobretudo a da apêndice, que muitas vezes é associada à perda da fertilidade de uma mulher.

“Este estudo é muito importante porque assegura a todas as jovens que a apendicectomia não vai reduzir as chances de uma gravidez no futuro”, afirmou Sami Shimi, um dos cientistas envolvidos na investigação.

“As duas cirurgias juntas confirmam que retirar órgãos inflamados melhora até as possibilidades de engravidar”, declara.

De qualquer forma, a equipa alerta que essas intervenções não devem ser feitas apenas com o único propósito de tentar engravidar.

Até porque os investigadores não conseguiram ainda perceber a relação entre estas cirurgias e o aumento da fertilidade, explica a emissora britânica.

“A pesquisa desafia cientificamente o mito do efeito da apendicectomia na fertilidade. O que temos de estabelecer agora é exatamente como é que isso acontece”, explica Shimi.

A equipa reconhece, por isso, que são necessárias mais investigações mas acredita que pode ser uma boa ajuda para criar novos tratamentos.

ZAP / BBC

RESPONDER

Emmanuel Macron

Macron e Marine Le Pen vão à segunda volta das presidenciais em França

Os resultados da primeira volta das eleições presidenciais francesas confirmam a vitória de Emmanuel Macron e Marine Le Pen. Os números divulgados às 20h em Paris acabam com o suspense de uma das eleições mais …

O líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro

Luís Montenegro não quer primárias no PSD e reafirma apoio a Passos

O líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, disse hoje, em Leiria, ser contra a realização de eleições primárias no seu partido e reafirmou o seu apoio ao atual líder do PSD, Pedro Passos Coelho. À margem …

-

UKIP quer proibir uso da burka em público

O Partido da Independência do Reino Unido (UKIP), anti-imigração, vai incluir no seu programa para as eleições britânicas de 8 de junho próximo a proibição do uso da burka em público. O líder do UKIP, Paul …

-

Venezuelanos fizeram "marcha do silêncio" para homenagear vítimas dos protestos

A aliança opositora Mesa de Unidade Democrática disse este sábado que, apesar de ter podido marchar de forma pacífica até à sede do Episcopado de Caracas, os protestos vão continuar até ser revertido o "golpe" do …

-

PJ confirma que atropelamento mortal no estádio da Luz não foi acidental

Fonte policial revelou que o atropelamento mortal do adepto italiano, que estava na capital para assistir ao dérbi entre Sporting e Benfica, não foi acidental e que as autoridades já sabem quem foi o autor …

-

Jéssica Augusto vence maratona de Hamburgo

A portuguesa venceu, este domingo, a maratona de Hamburgo, na Alemanha, garantindo mínimos para os Mundiais de 2017, que se vão disputar em Londres. Jéssica Augusto correu a distância em 2:25.30 horas, a mais de um minuto …

Heterocephalus glaber, também conhecido por rato-toupeira-nu

Estranho mamífero consegue sobreviver 18 minutos sem oxigénio

O rato-toupeira-nu, batizado com o nome científico Heterocephalus glaber, é um dos mamíferos mais estranhos do mundo, mas é também por isso que tem tantas características raras. Este roedor de sangue frio, oriundo do leste de África, …

Maddie McCann

Dez anos depois, PJ diz que caso Maddie "continua aberto"

A Polícia Judiciária continua a investigar o desaparecimento de Madeleine McCann, ocorrido em 2007 no Algarve, admitindo que se trata de "um caso único na história da PJ e do país". "O caso continua aberto" e …

Marine Le Pen em visita ao Líbano

Mais de 45 milhões de franceses escolhem hoje quem passa à segunda volta

Mais de 45 milhões de eleitores escolhem, este domingo, os dois candidatos que passam à segunda volta das eleições presidenciais, com as sondagens a indicarem que o confronto decisivo vai opor Emmanuel Macron a Marine …

-

Consumo diário de bebidas light aumenta risco de derrame e demência

Bebidas adoçadas artificialmente, como as bebidas light, podem aumentar o risco de acidente vascular cerebral e demência. É o que mostra um novo estudo da Universidade de Boston, nos Estados Unidos. De acordo com este estudo, …