Mulheres à deriva por cinco meses tinham dispositivo de emergência que não utilizaram

Mass Communication Specialist 3rd Class Jonathan Clay / US Navy / EPA

Duas mulheres de Honolulu sobreviveram durante cinco meses à deriva no Pacífico graças a um purificador de água e alimentos secos, juntamente com os cães. Agora, as autoridades apontam incongruências à histórias das mulheres.

Segundo a agência Associated Press, as mulheres que afirmam ter estado cinco meses à deriva em alto mar tinham um dispositivo de emergência que nunca chegaram a acionar.

O tenente Scott Carr descreve que as mulheres tinham a bordo da embarcação o dispositivo Epirb (em inglês, Emergency position-indicating radio beacons), um aparelho usado em situações de emergência com ligação a satélites e que transmite a localização, mas que nunca chegou a ser utilizado.

Tara Molle, porta-voz da guarda costeira, disse que, quando confrontadas com o porquê de nunca terem utilizado o dispositivo, as mulheres responderam que “nunca se sentiram verdadeiramente em perigo, como se fossem morrer nas próximas 24 horas”.

Esta explicação, no entanto, contrasta com as iniciais palavras da havaiana Jennifer Appel quando foi salva, que disse que se ninguém as tivesse localizado, “teriam morrido nas 24 horas seguintes”.

Phillip R. Johnson, um oficial reformado da guarda costeira e responsável pelas operações de busca e resgate, garantiu que “se o aparelho estava a funcionar e se estivesse ligado, o sinal de que estavam em apuros teria sido recebido muito rapidamente”.

Quando foram resgatadas, as mulheres explicaram que tinham diversos dispositivos de comunicação e que todos falharam, mas não referiram o Epirb, que se ativa manualmente ou quando é submergido. Johnson contesta esta afirmação: “Há algo de errado aqui. Nunca ouvi falar de uma situação em que tudo isto deixou de funcionar ao mesmo tempo”.

Além desta, a história das mulheres apresenta ainda outras incongruências, revela o Observador. De acordo como tenente Carr, a guarda costeira terá entrado em contacto com a embarcação das mulheres em junho, perto do Tahiti, e disseram que não estavam em perigo e que chegariam a terra no dia seguinte. Segundo o relato das havaianas, no entanto, nessa altura já estariam sem motores e com o mastro danificado.

As mulheres contaram ainda que passaram por uma tempestade, logo no primeiro dia da viagem (3 de maio) e que durou três dias. Os meteorologistas de Honolulu, contudo, disseram que não foi registada qualquer tempestade ou mau tempo naquela altura. Informação confirmada por imagens de satélite da NASA, lê-se no Telegraph.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Crianças inspiram Lego a livrar-se de todas as embalagens de plástico

As peças da Lego podem acabar no oceano durante mais de mil anos, mas os fabricantes dinamarqueses estão a tentar tornar a empresa ecologicamente correta. Na sua última promessa, a Lego vai começar a usar sacos …

Uma cidade chamada "amianto" está a tentar mudar o nome (e a discussão tornou-se tóxica)

Há uma cidade no Canadá chamada Asbesto - um material de construção altamente tóxico. Os habitantes da cidade não estão felizes com este nome, mas a sua mudança também não está a ser fácil. De acordo …

FC Porto 3-1 Braga | Entrada de “dragão”

O FC Porto iniciou a defesa do título nacional com uma vitória importante sobre o Sporting de Braga por 3-1. Os minhotos marcaram primeiro no Dragão, por um ex-portista, mas os descontos do primeiro tempo foram …

Barco navega em forma de coração para agradecer aos habitantes da Nova Escócia

A escuna Bluenose II navegou de forma bastante original no último dia da temporada de 2020. A rota seguida criou a forma de um coração no porto de Lunenburg, na Nova Escócia. De acordo com o …

França bate recorde com 13.498 novos casos. Espanha não vai confinar

A França registou este sábado um recorde diário de casos de covid-19, com 13.498 novos infetados nas últimas 24 horas, anunciou a Agência Nacional de Saúde, acrescentando que, no mesmo período, morreram mais 26 pessoas. No …

Diogo Jota no Liverpool

O Liverpool oficializou hoje a contratação do futebolista internacional Diogo Jota, de 23 anos, num contrato “de longa duração”, sem especificar a duração. A imprensa inglesa tem adiantado que o jogador vai assinar por cinco épocas, …

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …