Mulher que acusa príncipe André recusa ser silenciada

Jamie J Gray / Flickr

O Príncipe André de Inglaterra

O Príncipe André de Inglaterra

A mulher que mencionou o príncipe André de Inglaterra num processo de alegados abusos sexuais, e que declarou ter sido mantida como “escrava sexual” de um bilionário, disse hoje que não vai ser silenciada.

A queixosa, que mantém o anonimato, e identificada nos documentos processuais como ‘Jane Doe n.º3‘, declarou ao jornal britânico The Guardian que se recusa a ser “injustamente vitimizada de novo” depois de o Palácio de Buckingham, a residência oficial da família real britânica, ter publicamente negado, e de forma veemente, as acusações imputadas ao príncipe André, duque de York.

Segundo publicou na sexta-feira o diário The Guardian, uma mulher norte-americana alegou, num documento apresentado num tribunal em West Palm Beach (Florida), que foi mantida como “escrava sexual” pelo bilionário Jeffrey Epstein quando era menor de idade.

No documento, a denunciante, cuja identidade não foi revelada, assegurou que foi forçada “em repetidas ocasiões” a ter relações sexuais com o duque de York entre 1999 e 2002.

Os alegados abusos terão ocorrido em residências de Epstein em Nova Iorque, Londres, Florida, Novo México e nas ilhas Virgens.

A mulher referiu que o banqueiro Jeffrey Epstein, amigo pessoal do príncipe André, a apresentou a “amigos ricos e poderosos” como uma “escrava sexual”.

Em 2008, Jeffrey Epstein foi condenado e cumpriu uma pena de prisão por ter pago para ter relações sexuais com uma menor.

“Trata-se de um longo processo civil nos Estados Unidos, no qual o duque de York não está envolvido”, assegurou uma porta-voz do Palácio de Buckingham.

“Por isso, não podemos comentar nada ao pormenor. No entanto, para evitar qualquer tipo de dúvida, qualquer sugestão de ações inadequadas com jovens menores de idade é categoricamente falsa”, acrescentou a porta-voz.

Também outro homem envolvido no caso, e nomeado pela vítima no processo, negou as acusações.

Alan Dershowitz, um dos advogados de defesa de Epstein, com quem a queixosa foi alegadamente forçada a manter relações sexuais quando era menor de idade por diversas vezes, declarou à agência de notícias francesa AFP que a história “foi inventada”.

Numa declaração enviada ao The Guardian através dos seus advogados, a mulher afirmou: “Este tipo de ataques agressivos contra mim são precisamente a razão pela qual as vítimas de abuso sexual habitualmente permanecem em silêncio, e a razão pela qual eu o fiz por muito tempo”.

“Essa tendência deve mudar. Não vou ser forçada a voltar a estar em silêncio”, acrescentou.

O príncipe André é o terceiro filho da rainha Isabel II de Inglaterra, sendo neste momento o quinto nome na linha de sucessão ao trono britânico.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Bilardo foi "distraído" para não saber da morte de Maradona

Carlos Bilardo continua sem saber que Diego Maradona morreu. Família tenta proteger saúde do antigo selecionador argentino. Diego Armando Maradona morreu em novembro e Carlos Bilardo continua sem saber desse falecimento. A família tenta proteger a …

Processo de envelhecimento é imparável, revela estudo

Um novo estudo, que envolveu cientistas de 14 países, confirmou que provavelmente não podemos diminuir a velocidade com que envelhecemos, devido a restrições biológicas. A pesquisa, publicada na quarta-feira na Nature Comunications, inclui especialistas da Universidade …

Inglaterra 0-0 Escócia | Nulo total no dérbi britânico

A Inglaterra empatou hoje 0-0 com a Escócia, em jogo da segunda jornada do Grupo D do Euro 2020 de futebol, e desperdiçou a oportunidade de garantir já um lugar nos oitavos de final do …

Infeção pelo coronavírus pode não garantir proteção prolongada, revela estudo

Um novo estudo britânico sugere que uma infeção pelo SARS-CoV-2 não garante que o hospedeiro desenvolva uma resposta imunitária prolongada contra o vírus, sendo a imunidade "altamente variável de pessoa para pessoa". Segundo a pesquisa do …

Ex-ministro da Bolívia planeou um segundo golpe usando mercenários dos EUA

O vazamento de gravações telefónicas e e-mails revelam que um ex-ministro da Defesa boliviano estava a preparar-se para usar tropas estrangeiras para impedir que o partido de esquerda MAS regressasse ao poder. Os documentos e registos …

Espécie rara de orquídea encontrada em telhado de banco de investimentos em Londres

Uma espécie rara de orquídea, que se acredita estar extinta no Reino Unido, foi descoberta no jardim do telhado de um banco de investimentos em Londres. Segundo o The Guardian, a Serapias parviflora, uma espécie rara …

Pintura de David Bowie comprada por três euros vai agora ser leiloada por milhares

A pintura do ícone do rock, David Bowie, deverá ser vendida por milhares de dólares num leilão de arte online. O retrato, intitulado "DHead XLVI", faz parte de um conjunto de aproximadamente 47 obras que David …

Vila Nova de Milfontes vai ter praia para cães

A praia pet friendly, que fica próxima de Furnas-Rio, vai funcionar já esta época balnear de forma experimental. Uma praia concessionada que também admite cães vai funcionar, nesta época balnear, de forma experimental, em Vila Nova …

Podia ser um quadro de Dalí, mas é só o degelo glacial na Islândia

Na Islândia, o degelo glacial criou uma paisagem deslumbrante que o fotógrafo espanhol Manuel Ismael Gómez de Almería não deixou passar em branco. Faz lembrar a arte surrealista de Salvador Dalí, mas é uma versão ampliada …

Digby, o cão dos bombeiros, ajudou a salvar uma mulher do suicídio

O cão Digby desempenhou um importante papel ao salvar uma mulher que estava a ponderar pôr fim à sua própria vida no Reino Unido. Digby é um cão terapeuta que ajuda as pessoas a lidar com …