MP quer esclarecimentos sobre declaração de rendimentos de 318 políticos

Mário Cruz / Lusa

O Ministério Público (MP) pediu esclarecimentos adicionais a 318 políticos acerca da declaração de rendimentos e de patrimónios que entregaram no Tribunal Constitucional, avançou esta quarta-feira o Correio da Manhã.

Segundo o diário, o MP analisou no ano passado 524 processos de políticos, sendo as contas bancárias a prazo, imóveis, aplicações financeiras, passivo e cargos sociais as razões principais os motivos que levaram aos pedidos de esclarecimento.

Isso aconteceu “sempre que as declarações não se encontravam corretamente preenchidas, suscitavam dúvidas quanto ao respetivo conteúdo ou se mostravam incompletas”, informou o gabinete do MP junto do Tribunal Constitucional.

Em 2019 foram analisadas 826 declarações de património e rendimentos de políticos. A diminuição face aos últimos dois anos, continuou o Correio da Manhã, deve-se, em parte, à ocorrência das eleições presidenciais.

  Taísa Pagno //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.