Movimento independente avança com garraiada na Queima das Fitas de Coimbra

O movimento “Coimbra dos Estudantes” vai avançar com uma garraiada em Coimbra, na semana da Queima das Fitas, depois de os alunos terem decidido, em referendo, acabar com aquela iniciativa dentro da festa dos estudantes.

À pergunta “Deve o evento garraiada continuar no programa oficial da Queima das Fitas?”, 70,7% dos alunos da Universidade de Coimbra decidiram responder “Não”, no referendo realizado na terça-feira, com o “Sim” a colher 26,7% dos 5.638 votos registados.

Em consequência do resultado do referendo, o movimento “Coimbra dos Estudantes”, que lutou pela continuidade da garraiada, vai avançar com a iniciativa, com o apoio de “estudantes e antigos estudantes”, disse à Lusa o líder do movimento, Ricardo Marques, estudante de mestrado na Coimbra Business School e antigo aluno da Escola Superior Agrária de Coimbra.

“Os moldes ainda estão a ser definidos”, referiu, adiantando que estão em cima da mesa duas opções: a realização da garraiada na praça de touros da Figueira da Foz ou na cidade de Coimbra.

A garraiada a ser realizada vai decorrer “durante a semana da Queima das Fitas”, assegurou, sublinhando que vai ser financiada através da “boa vontade dos estudantes e antigos estudantes”.

Não vamos ter apoio da Prótoiro [Federação Portuguesa de Tauromaquia]. É uma coisa dos estudantes e para os estudantes. A Prótoiro pode estar ao nosso lado, mas queremos que se mantenha este segmento, com estudantes e antigos estudantes a organizar”, frisou.

Ricardo Marques sublinhou que o que estava em causa no referendo era a continuidade da garraiada no programa oficial da Queima das Fitas, sendo que há “total liberdade para se dar uma garraiada a todos os que se reveem na mesma”.

Já o porta-voz da Prótoiro, Helder Milheiro, salienta que a federação já se disponibilizou para apoiar a realização da garraiada em Coimbra.

“Os resultados são o que são. Perante isso, se a garraiada não se realiza de uma certa forma, felizmente, o movimento local vai avançar com a garraiada noutra circunstância”, afirmou o representante, alegando que, apesar de respeitar “o princípio democrático” do referendo, está em causa “o princípio de liberdade e o direito à escolha”.

A afluência às urnas para este referendo acabou por ser significativa, face ao contexto. Houve mais estudantes a votar para este referendo do que para as eleições para a direção-geral da Associação Académica de Coimbra (AAC) em 2016, onde se registaram menos de cinco mil votos.

É isso que o presidente da AAC, Alexandre Amado, sublinha: “Foi uma participação expressiva e um resultado inequívoco. Julgo não existir nenhum ato eleitoral numa associação de estudantes com um número superior de votos em Portugal”.

Para Alexandre Amado, que era a favor do fim daquela prática tauromáquica na Queima das Fitas, a realização de uma garraiada fora do programa oficial não pode ser impedida.

“Ninguém pode impedir ninguém de promover atividades próprias e de organizar as iniciativas que pretender. Agora, a Queima das Fitas não vai ter garraiada“, vincou.

Após o resultado do referendo, o Conselho de Veteranos, que é um dos órgãos tutelares da Queima das Fitas e que rege as atividades tradicionais, terá a palavra final sobre a continuidade da garraiada no programa da festa.

Questionado pela Lusa, o dux de Coimbra, João Luís Jesus, referiu que vai ser convocada uma reunião de Conselho de Veteranos para a próxima semana em que irá levar “a proposta para acabar com a garraiada” dentro do programa oficial.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. 70,7% dos alunos da Universidade de Coimbra decidiram responder “Não”, no referendo realizado na terça-feira, com o “Sim” a colher 26,7% dos 5.638 votos registados”

    ERRADO: 70% dos participantes na votação que foram 5.638.
    Não foram 70% dos alunos da Universidade de Coimbra.

    Convinha que tivessem mais rigor.

  2. A Universidade de Coimbra tem 24000 alunos. 70% dá 16.800. E no referendo votaram a favor do fim da garraiada 3.900 alunos.
    Vai uma diferença abismal de 3.900 para 16.800.
    Rigor precisa-se.

  3. Esqueçam pá!.. O Conselho de Veteranos, que tem a palavra final, já decidiu que não. Come e cala!..

    Além disso, em votações só faz falta quem lá está. Quem etá, está… Quem não está tivesse. Se votaram 70% dos participantes na votação então a votação ganhou por 70%. Não inventem nem compliquem o que não é para aqui chamado. Só falta virem dizer que todos os que não votaram teríam votado a favor. Ridículo…

RESPONDER

Facebook promete investir 90 milhões para apoiar o jornalismo

A rede social Facebook prometeu esta segunda-feira investir 100 milhões de dólares (90 milhões de euros) na indústria do jornalismo. “O setor das notícias está a trabalhar sob condições extraordinárias para manter as pessoas informadas durante …

Covid-19 já faz estragos na indústria espacial. Concorrente da Space X declara falência

A empresa de satélites OneWeb, que tinha como objetivo ligar os lugares mais remotos do mundo à Internet, declarou esta sexta-feira falência depois de ter perdido um importante investidor por causa da pandemia de covid-19. …

CR7, Bernardo, Mourinho, Lage e mais 22 personalidades do futebol doaram 150 mil máscaras ao Hospital de Santo António

O agente Jorge Mendes juntou 26 personalidade do futebol, que vão desde jogadores, treinador e amigos, com o objetivo de dotar unidades hospitalares com materiais para combater a Covid-19. A iniciativa, que contou com a …

Italiana de 102 anos recuperou da covid-19. "Chamamos-lhe imortal"

Uma italiana, de 102 anos, recuperou da covid-19, depois de ter passado mais de 20 dias no hospital. Os médicos que a acompanharam vão agora estudar o seu caso. "Chamamos-lhe Highlander, a imortal", contou à CNN …

China já lucra com a Covid-19 (mas se a economia não engrenar depressa, pode nascer uma tempestade)

A China já está em fase de recuperação da Covid-19 e a economia do país dá sinais de vida, embora ainda longe dos patamares pré-pandemia. E o facto de o contágio continuar a alastrar por …

Cientistas de todo o mundo trabalham em 20 vacinas e 30 potenciais medicamentos

Cientistas em todo o mundo estão a trabalhar num total de 20 vacinas e 30 possíveis medicamentos contra o Covid-19, alguns dos quais já estão na última fase de testes antes da aprovação definitiva. De acordo …

Há uma vila na Lombardia sem infetados por Covid-19

Em Ferrera Erbognone, uma vila da Lombardia com mil habitantes e uma média de idades de 60 anos, ainda não se registaram casos de Covid-19, embora esteja no epicentro do surto em Itália. De acordo com …

Rei da Tailândia isola-se em hotel de luxo na Alemanha com 20 mulheres e vários servos

O rei da Tailândia, Maha Vajiralongkorn, decidiu isolar-se num hotel de luxo na cidade de Garmisch-Partenkirchen, na Alemanha, com a sua comitiva, que inclui um "harém" de 20 mulheres e vários servos. De acordo com o …

Rendas podem ser suspensas durante estado de emergência e mês seguinte

Empresas e famílias vão poder suspender o pagamento da renda nos meses em que vigore o estado de emergência e mês subsequente, de acordo com a proposta que cria um regime excecional de proteção aos …

Mais 11 pessoas detidas por desobediência. Número total sobe para 81

A PSP e a GNR detiveram até esta segunda-feira 81 pessoas pelo crime de desobediência no âmbito do estado de emergência iniciado dia 22 e decretado devido à pandemia de covid-19, anunciou o Ministério da …