Motor do avião da TAP que explodiu em 2014 tinha 370 voos a mais

Investigação concluiu que o motor do avião da TAP, que explodiu em julho de 2014, tinha fissuras e mais voos do que o limite apontado pelo fabricante.

O Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves (GPIAA) concluiu que a falha no motor do avião da TAP, que explodiu em julho de 2014, foi provocada por falhas do fabricante.

Segundo a TSF, a investigação aponta o dedo ao fabricante do motor, a General Electric, que não teve “agenda” para substituir o motor na altura recomendada.

O motor já tinha atingido o máximo de ciclos recomendados mas “por questões relacionados com os contratos com os diversos operadores e/ou disponibilidade” não foi possível proceder à sua alteração.

De acordo com as informações obtidas pela TSF, as recomendações do fabricante apontavam o limiar de segurança para um máximo de aproximadamente 3700 arranques mas o motor já ia em 4070, ou seja, mais 370 voos que o previsto.

(dr) GPIAA - Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves

Motor tinha mais 370 voos que o previsto

Motor tinha mais 370 voos que o previsto

Além disso, a análise em laboratório revela que a “pá fraturada encontrou múltiplos locais de iniciação de fissuras causados por Corrosão a Quente”.

A investigação conclui ainda que houve outras causas que contribuíram para o acidente, nomeadamente, “a exposição dos motores a elementos corrosivos que aceleraram a degradação das pás do motor”, como “pó, areia, poluição e sal (operação sobre e próximo de ambiente marítimo) devido ao tipo de operação intrínseca”, bem como “ambientes quentes e secos”, além do “elevado teor de enxofre nos combustíveis de aviação a um nível internacional”, cita a TSF.

O acidente aconteceu em julho de 2014, na zona de Camarate, depois do avião da TAP ter acabado de descolar de Lisboa em direção ao Brasil, libertando detritos que atingiram vidros de carros e casas.

A situação de emergência com 232 passageiros a bordo obrigou a regressar ao aeroporto, sendo preciso esperar 41 minutos no ar e libertar 40 toneladas de combustível.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. A culpa é da General Motor por não ter tido agenda? Essa nem ao diabo lembra!… Senão estava dentro do que devia de estar a empresa responsável é a TAP e mais NADA. O que tinha a fazer era pura e simplesmente não utilizar o aparelho até á dita revisão. Um cambada de incompetentes a ganhar balúrdios só p/ andar a fazer asneiras e por em risco vidas.

    • A responsabilidade é toda do fabricante!!
      Se não sabe nada sobre o assunto, remeta-se ao silêncio evitando escrever barbaridades que só demonstram a sua ignorância!

  2. e sao estes gestores que querem mais dinheiro quando a companhia bate recordes de prejuízo e se houvesse um catástrofe com 232 pessoas a culpa era do fabricante não fazem manutenção que e para ficarem com o dinheiro todo o avião que ultyrapasse um voo mais do que previsto esses vampiros da administração era quantos anos de cadeia deviam passar

RESPONDER

Lotação do Avante reduzida a um terço. Visitantes terão uma "área superior à que está estabelecida para as praias"

O PCP anunciou que vai limitar a entrada na sua anual Festa do "Avante!" a um terço da capacidade total, em virtude do contexto de pandemia de covid-19. O espaço de 30 hectares das Quinta da …

Governo da Guiné Equatorial demitiu-se em bloco

O Governo da Guiné Equatorial, liderado pelo primeiro-ministro Francisco Pascual Obama Asue, apresentou a sua demissão em bloco. Em declarações aos jornalistas, o ministro da Comunicação e porta-voz do Governo em funções, Eugenio Nze Obiang, explicou …

PSP apresenta queixa contra jornal Público por causa de cartoon no "Inimigo Público"

A PSP anunciou esta sexta-feira que vai apresentar queixa contra o jornal Público pela publicação, no suplemento Inimigo Público, de um cartoon com uma figura vestida de uniforme, “aparentemente relacionado com uma ação com conotação …

Tensão no Mediterrâneo. Macron envia ajuda militar à Grécia em conflito com a Turquia

O presidente Emmanuel Macron anunciou, quarta-feira, o envio de forças francesas para o Mediterrâneo Oriental. A intenção turca de procurar petróleo e gás no fundo do mar, tem criado tensão política entre a Grécia e …

"O material escolar mais importante". Escolas já receberam verba para comprar máscaras

As escolas já receberam as verbas para comprar as máscaras que irão distribuir gratuitamente pelos alunos e funcionários e alguns estabelecimentos de ensino estão a planear ter equipamentos extra Dentro de um mês, em meados de …

Lar em Sintra com 43 utentes e 12 funcionários infetados com covid-19

Quarenta e três utentes e 12 funcionários do lar da Associação de Solidariedade e Apoio Social do Pessoal da TAP, em Sintra, testaram positivo à covid-19, disse esta sexta-feira à agência Lusa fonte da câmara …

Para ter um "cabelo perfeito", Trump vai mudar a lei da pressão de água nos chuveiros

O Governo norte-americano quer flexibilizar as regras para acessórios de chuveiros que permitem uma maior conservação da água depois de o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se ter queixado da falta de pressão de …

Transferência de Diogo Leite para o Valencia pode cair por terra

A imprensa espanhola avança esta sexta-feira que a transferência do defesa central do FC Porto Diogo Leite para o Valência está em risco. Apesar de as negociações entre as partes estarem em curso já há algumas …

Catarina Martins sai em defesa da Festa do Avante (e atira-se a Rui Rio)

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, sublinhou esta sexta-feira que os direitos políticos não estão limitados, após questionada sobre a realização da festa comunista do Avante!, e afirmou acreditar que os responsáveis estão …

Bruxelas chega a acordo para compra de possível vacina da AstraZeneca

A Comissão Europeia anunciou, esta sexta-feira, um primeiro acordo com a farmacêutica AstraZeneca para a compra de 300 milhões de doses de uma potencial vacina contra a covid-19, com uma opção de mais 100 milhões …