Greve dos guardas prisionais desencadeia motim no Estabelecimento Prisional de Lisboa

Miguel A. Lopes / EPA

Familiares e Policia à porta do Estabelecimento Prisional de Lisboa após motim

Cerca de 160 reclusos da Ala B do Estabelecimento Prisional de Lisboa revoltaram-se esta teça-feira, não terem tido visitas, tendo-se amotinado com gritos, material partido, colchões e papéis queimados.

Elementos do Grupo de Intervenção e Segurança Prisional (GISP) da GNR foram chamados ao Estabelecimento Prisional de Lisboa (EPL) para tentar controlar um motim que eclodiu na Ala B do estabelecimento.

Na origem do motim, segundo apurou o JN, estará o descontentamento dos reclusos com as sucessivas greves dos guardas prisionais, que levaram ao cancelamento do tradicional jantar de Natal entre os presos e suas famílias.

A realização de um plenário dos guardas prisionais, que cancelou também a visita prevista para esta quarta-feira, agravou a revolta dos reclusos, que se amotinaram, incendiando colchões, destruído material do estabelecimento e e manifestado o seu descontentamento com gritos, “obrigando ao uso a força” por parte do Corpo da Guarda Prisional”, disse à Lusa o diretor dos Serviços Prisionais e de Reinserção, Celso Manata.

Celso Manata explicou que estes desacatos se deveram também ao facto de, finalizada a greve de quatro dias dos Guardas Prisionais, o Sindicato Nacional do Corpo da Guarda Prisional, que convocou a paralisação, ter marcado um plenário para quarta-feira, inviabilizando novamente as visitas.

O EPL “voltou à normalidade” pouco depois das 20h00. “Já está resolvido”, adiantou Celso Manata. De acordo com responsável da Direção-Geral dos Serviços Prisionais, os reclusos foram fechados nas suas celas, não tendo sido necessário recorrer ao Grupo de Intervenção de Segurança Prisional, entretanto ativado.

“A Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais informa que os reclusos se encontram encerrados nas celas desde cerca das 20 horas e 15 minutos, não havendo registo de feridos quer entre guardas prisionais, quer entre reclusos”, segundo um comunicado entretanto enviado às redações.

Os guardas prisionais marcaram greve de quatro dias para exigir a revisão do estatuto profissional e a progressão na carreira, além de contestarem o novo horário de trabalho. Segundo o SNCGP, a greve teve uma adesão de cerca de 80%.

O universo de guardas prisionais ronda os 4.350 para uma população prisional perto dos 13.000 reclusos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O buraco negro mais faminto do Universo engole por dia uma massa equivalente à do Sol

No centro do quasar mais brilhante já descoberto "mora" um dos maiores buracos negros que é também o mais "faminto" de todo o Universo: por dia, engole o equivalente à massa do nosso Sol. As …

Cientistas investigam estranho gelo cor-de-rosa num glaciar dos Alpes italianos

Uma equipa de cientistas anunciou esta segunda-feira estar a tentar averiguar a origem de gelo cor-de-rosa num glaciar nos Alpes italianos. O fenómeno deverá ser provocada por algas que aceleram os efeitos das mudanças climáticas. A origem …

Especialistas de 32 países alertam OMS: covid-19 também se transmite pelo ar

Numa carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas pedem que a organização reveja as recomendações que tem emitido, alertando para o facto de a covid-19 poder transmitir-se pelo ar. Numa carta dirigida à Organização …

Moreirense 0-0 Sporting | Nulo em jogo de pólvora seca

A 30ª jornada fechou no Minho com um nulo entre Moreirense e Sporting, que continua sem derrotas sob o comando de Rúben Amorim. A formação leonina poderia muito bem ter vencido em Moreira de Cónegos, pois …

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …