Morreu Bruce McCandless, primeiro astronauta a andar livre no Espaço

NASA / Wikipedia

O astronauta Bruce McCandless, da missão STS-41-B da ISS, numa EVA, “Extravehicular Activity”

O antigo astronauta da NASA Bruce McCandless, o primeiro a andar livremente no Espaço sem qualquer ligação à nave, morreu aos 80 anos, anunciou, na sexta-feira, a agência espacial norte-americana.

O feito alcançado em 1984 ficou registado numa icónica imagem que mostra o astronauta norte-americano, com um pesado fato espacial, sozinho na escuridão cósmica com o azul do planeta Terra como pano de fundo.

Durante a caminhada espacial, Bruce McCandless ficou a mais de 300 pés (mais de 90 metros) do vaivém espacial Challenger sem qualquer cabo de ligação.

“A foto icónica de Bruce a flutuar sem esforço no Espaço inspirou gerações de norte-americanos a acreditar que não havia limites para o potencial humano“, afirmou, em comunicado, o senador republicano John McCain, que foi colega de Bruce McCandless na Academia Naval dos Estados Unidos.

A NASA anunciou que Bruce McCandless morreu na quinta-feira na Califórnia, sem revelar, porém, a causa da morte.

A caminhada espacial sem qualquer ligação à nave não foi, porém, a única conquista do astronauta norte-americano, que antes foi comunicador na missão de controlo em Houston quando Neil Armstrong e Buzz Aldrin efetuaram o famoso passeio lunar em 1969.

Anos mais tarde, ao recordar a sua caminhada espacial, o astronauta norte-americano relatou que “havia um pouco de apreensão” na missão de controlo, onde estava a sua mulher.

“Eu queria dizer algo parecido com o que disse Neil [Armstrong] quando aterrou na lua e, por isso, disse: ‘Pode ter sido um pequeno passo para Neil, mas foi o raio de um grande passo para mim’. Isso aliviou um pouco a tensão”, afirmou.

Bruce McCandless fez também parte, em 1990, da tripulação do vaivém que colocou o Telescópio Hubble em órbita.

Nascido em Boston, McCandless formou-se na Academia Naval dos Estados Unidos em engenharia elétrica e administração.

Foi também um aviador naval que participou no bloqueio cubano na crise dos mísseis de 1962, selecionado para o programa de treinos de astronautas durante o programa Gemini e o piloto de reserva para a primeira missão tripulada Skylab em 1973. Depois de deixar a NASA, McCandless trabalhou para a Lockheed Martin no Colorado.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Depois do funeral do Príncipe Filipe, líder do Sinn Féin pede desculpas pelo assassinato de Lorde Mountbatten

Um dia depois do funeral do Príncipe Filipe, a presidente do Sinn Féin, Mary Lou McDonald, pediu desculpa pelo assassinato de Lorde Mountbatten, tio do duque de Edimburgo, pelo Exército Republicano Irlandês (IRA, na sigla …

Rússia expulsa 20 diplomatas checos

A Rússia anunciou a expulsão de 20 diplomatas checos, depois de o país ter expulsado 18 diplomatas russos, acusados de espionagem. A Rússia anunciou, este domingo, a expulsão de 20 diplomatas checos e deu-lhes até ao …

Após cinco anos de silêncio, sauditas e iranianos terão iniciado conversações

Cinco anos depois de terem rompido as relações diplomáticas, a Arábia Saudita e o Irão terão iniciado contactos no Iraque. Este mês, responsáveis sauditas e iranianos terão iniciado conversações numa tentativa de aliviar as tensões, principalmente …

Helicóptero Ingenuity faz voo histórico em Marte

O Ingenuity, helicóptero da NASA, fez o seu primeiro voo de teste, esta segunda-feira, em Marte. Foi a primeira vez na História que um aparelho construído por seres humanos fez um voo controlado noutro planeta. "Os …

Carreiras finta críticas a Rio (mas coloca-se "na primeira fila" se Passos voltar)

Na antecâmara do que pode ser o seu último mandato autárquico, o presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, não quer prejudicar o PSD e, por isso, foge às críticas a Rio Rio. Mas suspira …

"Já se esperou tempo demais". Marcelo pede criminalização do enriquecimento injustificado

O Presidente da República pediu, esta segunda-feira, que se encontre o meio adequado para criminalizar o enriquecimento injustificado, defendendo que este passo já devia ter sido dado e que "há vários caminhos" para o fazer …

União Europeia vai receber mais 100 milhões de doses da Pfizer

A União Europeia (UE) vai receber mais 100 milhões de doses adicionais da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Pfizer e pela BioNTech. O anúncio foi feito através de um comunicado da farmacêutica citado pelo Jornal …

Portugal regista mais uma morte e 220 novos casos de covid-19

Portugal registou, esta segunda-feira, mais uma morte e 220 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 220 …

Há milhares de trabalhadores sem avaliação na Função Pública

Há milhares de trabalhadores sem avaliação na Função Pública. O Governo está em negociações com os sindicatos para rever o sistema. O Governo e sindicatos da Administração Pública começaram a negociar a revisão do Sistema Integrado …

Maioria dos cuidadores informais desconhecem que podem aceder a um estatuto

A maioria dos cuidadores informais inquiridos num estudo do movimento que lhes quer "dar voz" revela desconhecer o estatuto em vigor há um ano e queixa-se da falta de apoios para prestar cuidados, mas também …