Mona Lisa escondia desenhos secretos agora revelados. O retrato pode representar uma “deusa”

(dr) Pascal Cotte

A técnica L.A.M. aplicada na Mona Lisa

Um cientista realizou uma intensa pesquisa a cerca de 1650 fotografias de alta qualidade, e descobriu que por trás do famoso quadro da Mona Lisa podem estar desenhos secretos elaborados por Da Vinci.

Ao longo de 15 anos, Pascal Cotte analisou 1650 imagens tiradas de câmaras de alta tecnologia, e percebeu que séculos depois da sua criação, a Mona Lisa da autoria de Leonardo da Vinci, ainda pode ter segredos por revelar. Através do seu estudo, Cotte encontrou esboços ocultos numa das pinturas mais famosas do mundo. As descobertas do cientista foram publicadas no Journal of Cultural Heritage em agosto de 2020.

O desejo de desvendar os segredos da Mona Lisa começou em 2004, quando o Museu do Louvre, em Paris, permitiu que Cotte fizesse digitalizações fotográficas da obra de arte. O cientista explica o porquê de ter sido escolhido para executar a minuciosa tarefa: “o Louvre convidou-me porque inventei uma nova câmara multi espectral de altíssima resolução e com alta sensibilidade”.

Desde então, Cotte tem analisado incansavelmente mais de 1650 imagens da sua câmara. A câmara Lumiere Technology, utiliza um método de amplificação para detetar a luz refletida em 13 comprimentos de onda — técnica conhecida como L.A.M. O método de digitalização baseia-se na tecnologia anterior da fotografia infravermelha, diz o ati.

A nova câmara de alta tecnologia permitiu que Cotte detetasse linhas de carvão subjacentes nas áreas mais claras da pintura, através de uma combinação de fotografia e refletografia infravermelha. “O sistema ótico permite ver detalhes muito finos, e a alta sensibilidade permite uma amplificação muito alta”, disse o cientista.

O estudo, que durou 15 anos, revelou desenhos ocultos na Mona Lisa

 

“O spolvero denuncia um underdrawing completo”

A técnica spolvero, é um método usado para transferir os primeiros esboços de uma pintura para a tela. Primeiro, o artista faz furos ao longo dos contornos do esboço. Em seguida, coloca o desenho sobre a tela e pulveriza um pó fino de carvão, ou argila, através dos orifícios para marcar os contornos.

A análise de Cotte à Mona Lisa marca a primeira vez que um spolvero foi detetado na famosa pintura, provando assim que da Vinci fez um esboço antes de criar a obra.

O underdrawing mostra uma silhueta completamente diferente da composição final. Se um desenho em papel da Mona Lisa fosse encontrado, provavelmente teria uma pose diferente da que conhecemos.

Além da pose alterada do esboço inicial, o estudo de Cotte também revelou sublinhados a carvão de um pedaço de cabelo que foi desenhado na cabeça da Mona Lisa. Curiosamente, esse estilo de cabelo não era moda em Florença na época em que a pintura foi feita. Este detalhe sugere que a pintura não era um retrato, mas sim uma obra alegórica em representação de uma “mulher irreal, como uma deusa”.

O estudo de Cotte não é o primeiro a descobrir a técnica underdrawing em obras de Leonardo da Vinci. Alguns traços de spolvero foram descobertos na superfície de pelo menos duas outras obras do artista, sendo elas a Virgem das Rochas e São Jerónimo.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Com os zoos fechados, tudo serve para entreter uma família de lontras. Até um simples galho de bambu

O confinamento serviu como um lembrete indesejado de que ficar preso dentro de casa sem muito o que fazer pode ser desgastante. O mesmo é verdade para os animais, por isso os jardins zoológicos tiveram …

Uma ilha, cinco géneros. Os Bugis têm palavras para as "cinco maneiras de estar no mundo"

Uma ilha, cinco géneros. O povo Bugis é um poderoso grupo étnico que se destaca pelo reconhecimento de cinco géneros distintos. Na Indonésia, a ilha Sulawesi é a casa de um povo que reconhece cinco …

O "aeroporto do amanhã" está abandonado no meio de um pântano dos Estados Unidos

Era para ser o "aeroporto do amanhã", um centro intercontinental para aviões supersónicos com seis pistas e conexões ferroviárias de alta velocidade para as cidades vizinhas. Hoje, é pouco mais do que uma pista no …

Facebook remove (acidentalmente) página oficial de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa

O Facebook apagou a página de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa. O município passou um mês a apelar à rede social para repor a página. "Recebemos uma mensagem no Facebook e também percebemos que …

NASA escolheu SpaceX de Elon Musk para a próxima missão tripulada à Lua

Elon Musk fecha contrato de 2,9 mil milhões de dólares para levar o Homem novamente à Lua. O contrato é a mais importante vitória da SpaceX e reforça a posição da empresa como parceira …

Benfica 1-2 Gil Vicente | Galo canta e silencia águia na Luz

STOP. O Gil Vicente visitou na tarde deste sábado o Benfica e saiu do palco da Luz com os três pontos na bagagem e a “cantar de galo”, ao vencer por 2-1, num duelo relativo …

"Longa vida à monarquia." Realeza britânica tende a viver mais três décadas do que a população geral

As diferenças na longevidade de alguns membros da família real em comparação com a população em geral são extremamente grandes, mas não incomuns. O príncipe Filipe, marido da rainha Isabel II e o consorte mais antigo …

Abominável (e falso) Homem das Neves. Líder russo usou Yeti para atrair turistas para a Sibéria

Um dos líderes regionais mais antigos de Vladimir Putin confessou ter encenado avistamentos falsos de Yetis numa tentativa de encorajar o turismo na Sibéria. Aman Tuleev, um dos líderes regionais de longa data do Presidente russo …

Irão já está a enriquecer urânio a 60%

O Irão avisou e já está a cumprir. Menos de uma semana depois de ter acusado Israel de um ataque contra a sua principal central nuclear, o país diz estar a enriquecer urânio com uma …

Salvini vai a julgamento em Itália por bloqueio de migrantes em navio

Matteo Salvini, líder do partido de extrema-direita italiano Liga, vai ser julgado por acusações de sequestro pela sua decisão de impedir o desembarque de 147 migrantes resgatados no Mediterrâneo pela Open Arms, em agosto de …