O mistério da verdadeira aparência de Shakespeare foi finalmente resolvido

O mistério sobre a aparência do mais famoso escritor inglês de todos os tempos, William Shakespeare, parece ter sido finalmente resolvido.

De acordo com o jornal espanhol ABC, uma equipa de investigadores da Georgetown American University, nos Estados Unidos, concluiu que a efígie no seu túmulo na Igreja da Santíssima Trindade em Stratford-upon-Avon, Inglaterra, é provavelmente um retrato fiel da sua imagem.

Essa hipótese, que havia sido descartada anteriormente porque o monumento teria sido construído vários anos após a sua morte, foi colocada novamente em cima da mesa.

De acordo com a professora Lena Cowen Orlin, “é muito provável que Shakespeare tenha encomendado o monumento” e o seu criador tenha sido “alguém que o conheceu e o viu em vida”.

A obra, que John Dover Wilson, crítico do século XX, chamou de “açougueiro de porcos satisfeito consigo mesmo”, pode ser, segundo a professora, “um retrato da vida”, ao mesmo tempo que pode constituir “um desenho sobre a morte que mostra uma vida de aprendizagem e literatura“. Isto fica claro a partir de símbolos, como a caneta e a folha de papel, que aparecem na obra.

Segundo os investigadores, o artista poderia ter sido o artesão Nicholas Johnson, um fabricante de túmulos que teria conhecido o poeta e cuja oficina seria muito próxima do Globe Theatre, em Londres, um cenário icónico em que as obras de Shakespeare continuam a ser protagonistas.

Até agora, acreditava-se que a obra era do seu irmão Gerard Johnson, um escultor jacobino. A professora explicou que, na inscrição pintada na placa do monumento, foi deixado um espaço para que os dados funerários fossem acrescentados a posteriori – outra prova de que teria sido feito em vida.

Este achado explicaria porque Shakespeare, ao contrário de outros personagens de renome da época, não deixou instruções sobre o seu monumento póstumo no seu testamento.

“Eu também sugeriria que terá até mesmo desenhado ou supervisionado a criação do seu próprio monumento”, disse a especialista.

“Isto é verdadeiramente significativo. Podemos dizer que é assim que Shakespeare queria ser representado na nossa memória. Isto é muito importante. É uma nova luz atraente sobre a sua aparência”, saudou Paul Edmondson, chefe de investigação do Shakespeare Birthplace Trust, cujo objetivo é preservar os locais vinculados ao autor.

Estas descobertas sobre a verdadeira aparência do dramaturgo não são completamente novas. Em 2015, o historiador britânico Mark Griffiths afirmou ter descoberto num volume botânico do século XVII o único retrato do escritor, em que é visto com cabelos encaracolados e barba.

No livro “The Herball”, que é o maior volume da botânica escrito em inglês, aparece “um retrato de Shakespeare aos 38 anos, vestido com roupas de poeta. Era assim que realmente era, finalmente há uma prova de como era”, declarou na época.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Liveblog Autárquicas. Poderá ser "a primeira vez que um partido ganha três vezes seguidas"

Realizam-se este domingo Eleições Autárquicas em Portugal, nas quais está em jogo a eleição de 308 presidentes de câmaras municipais, os seus vereadores e assembleias municipais, bem como 3091 assembleias de freguesia. Acompanhe tudo no …

Alemanha: Sociais-democratas reclamam vitória (com "desastre" para os conservadores)

Os sociais-democratas SPD reivindicaram hoje vitória nas eleições parlamentares alemãs, numa altura em que os conservadores da CDU, força política de Angela Merkel, se aproximam de uma votação mínima histórica, de acordo com as primeiras …

Em 2018, cientistas de Wuhan terão planeado infetar morcegos com coronavírus

Em 2018, um grupo de cientistas da cidade chinesa de Wuhan, onde foi registado o primeiro caso de covid-19, estaria a planear infetar, com coronavírus modificados, morcegos que vivem em cavernas. Os cientistas terão pedido 14 …

Este batom foi lançado em 1971, mas está esgotado - e é mais uma prova do impacto económico do TikTok

O Black Honey da Clinique é o mais recente produto de maquilhagem a bombar no TikTok. Muitas marcas estão a notar o poder económico que em ser viral na aplicação e estão a tentar promover …

Portugal regista mais duas mortes e 599 casos de covid-19

Nas últimas 24 horas registaram-se mais duas mortes e 599 novos casos de covid-19 em Portugal, de acordo com o boletim epidemiológico da DGS. Portugal regista hoje duas mortes atribuídas à covid-19, assim como 599 novos …

Em 2021, Sochi voltou a ser Sochi e em Sochi ganha a Mercedes – com recorde histórico para Hamilton

Lando Norris, o jovem piloto da Mclaren, vai sair da Rússia com um misto de sensações. No fim-de-semana em que conquista a primeira pole position da carreira, perde também, de forma dramática, a hipótese de …

As pessoas que comem mais gordura láctea têm menor risco de doença cardíaca

As pessoas que fazem uma dieta com maior teor de gordura láctea têm um menor risco de desenvolver doenças cardiovasculares, revela um novo estudo. Uma equipa internacional de cientistas estudou o consumo de gordura láctea de …

Alaphilippe revalida título de campeão mundial de fundo

O francês Julian Alaphilippe revalidou neste domingo o título de campeão mundial de fundo, ao cortar isolado a meta no final da “prova rainha” dos Mundiais de ciclismo de estrada, que decorreram na região belga …

Do céu ao inferno. Adeptos do Palmeiras chamam "arrogante" a Abel Ferreira

O Palmeiras perdeu e está cada vez mais longe da liderança do Brasileirão. Os adeptos estão insatisfeitos com as exibições e chamaram "arrogante" a Abel Ferreira. O Palmeiras, treinado pelo português Abel Ferreira, perdeu na deslocação …

Mesmo depois da morte de Ihor, centro do aeroporto ainda tem videovigilância "muito limitada"

Um ano e meio após a morte de Ihor Homeniuk, o centro de instalação temporária do aeroporto de Lisboa (CIT) continua sem cobertura total de câmaras de videovigilância em zonas comuns. A situação atual distancia-se daquilo …