Ministro acusa Governo de Passos de “incompetência ou manipulação”

Tiago Petinga / Lusa

O ministro do Planeamento, Nelson de Souza, no Parlamento.

O ministro do Planeamento, Nelson de Souza, alega que o Governo de Passos Coelho inflacionou o Portugal 2020, por “incompetência ou manipulação”, com milhões de euros que nunca poderiam ser utilizados.

Numa entrevista à TSF e ao Dinheiro Vivo, o ministro do Planeamento refere que, actualmente, os Fundos Europeus valem 20% do investimento público, deixando críticas ao Governo anterior no âmbito do programa Portugal 2020.

Confrontado com o facto de os programas operacionais regionais, como o Alentejo, o Lisboa ou o Mar 2020, terem níveis de execução muito baixos, Nelson de Souza realça que “têm uma taxa de execução inferior à média” porque “foram construídos artificialmente em matéria de orçamento, foram insuflados com dotações associadas aos instrumentos financeiros dimensionadas para um nível impossível de cumprir“.

Segundo o ministro, estamos a falar de dinheiro que já se sabia que não seria usado porque “o total dos instrumentos inscritos nos orçamentos dos programas operacionais regionais, nomeadamente os de maior porte – Norte, Centro e Alentejo, já que Lisboa e Algarve não podiam ser aumentados -, somaram uma quantia astronómica relativamente ao que foi executado no QREN”.

“Antes eram perto de 300 milhões de euros e aqui foram inscritos perto de 1,5 mil milhões”, constata, sugerindo que isto aconteceu “porque se queria mostrar que a construção do Portugal 2020 favorecia os programas operacionais regionais“.

“Quem fez isto ou não conhecia a realidade, ou era incompetente, ou manipulou a construção e já sabia que ia ter este resultado”, acrescenta numa crítica directa ao Governo de Passos Coelho.

O ministro sustenta ainda que “isto constituiu um bloqueio“. “Ficou uma verba enorme parada no âmbito dos programas regionais que só agora com a reprogramação que fizemos em Dezembro pôde ser fechada”, acrescenta.

“Tivemos de convencer Bruxelas que não estávamos contra os instrumentos financeiros, mas que o seu volume era exagerado e estava a fazer que os programas operacionais regionais estivessem essa baixa taxa de execução”, conclui Nelson de Souza.

  ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Culpar os outros para encobrir a sua própria incompetência é sujo e falta de ética profissional, talvez seja própria de “monhés”, mas enfim , é pratica comum utilizada pela Geringonça…qualquer dia o culpado é D. Afonso Henriques.

  2. Os bandalhos falam assim quando pensam que se dirigem a um povinho que só tem 24kb de RAM…
    Este fulano ten sido compincha de muitos que deixaram Portugal na penúria:
    Homem de mao do Guterres que deixou o país de tanga, ajudou o A Costa a criar uma das maiuores dividas autarquicas de sempre na CM Lisboa…
    Em 20 set 2017 afirma que o país nao perderá um euro:
    https://24.sapo.pt/economia/artigos/governo-diz-que-falta-certificar-132-milhoes-de-fundos-do-pt2020-mas-portugal-nao-perdera-um-euro

  3. A falta de educação pelos vistos é pratica comum de sua pessoa. Quem nao tem melhores argumentos recorre ao insulto. Isso é de gente com baixa moral e baixa educação civica.

RESPONDER

Preço da luz no mercado regulado deverá subir 0,2% em 2022

O preço da eletricidade para os consumidores do mercado regulado deverá subir 0,2% no próximo ano face à média do ano em curso, segundo a proposta da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) hoje anunciada. “Para …

Governo recua e anuncia redução de imposto sobre combustíveis. Gasolina desce dois cêntimos e gasóleo um

Com a subida abrupta do preço dos combustíveis, o Governo anunciou esta sexta-feira à tarde que irá reduzir o ISP. Na prática, ao consumidor isto significa que o preço da gasolina vai baixar dois cêntimos …

Bolsonaro admite que chora sozinho na casa de banho

Num encontro organizado pela igreja evangélica Comunidade das Nações, em Brasília, na quinta-feira, o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, admitiu que costuma chorar na casa de banho. “Quantas vezes eu choro na casa de banho, em …

Jogadores em greve no Brasil, presidente no Estádio da Luz

Crise financeira grave no Cruzeiro, jogadores não apareceram para treinar e o presidente estava em Portugal. O plantel do Cruzeiro não apareceu no treino marcado para a tarde desta quinta-feira. Na véspera, os jogadores já tinham …

"É devastador": os millenials que querem ter filhos, mas não têm condições financeiras

Têm três empregos, querem mudar de carreira ou estão a mudar-se para zonas distantes para ter alojamento mais acessível. Assim é a vida dos millenials, que fazem tudo para juntar dinheiro suficiente para sustentar uma …

Milionário Robert Durst condenado a prisão perpétua por matar melhor amiga

O tribunal de Los Angeles condenou o excêntrico milionário de 78 anos a pena perpétua, sem possibilidade de liberdade condicional, pelo homicídio em primeiro grau de Susan Berman (o equivalente a homicídio qualificado), segundo a …

Cientistas tentam desvendar por que comemos demais

Em 2019, cientistas descobriram que certas células em ratos obesos impediam os sinais que indicam a sensação de saciedade. Agora, uma nova investigação fez uma abordagem ainda mais profunda sobre o papel destas células. O estudo, …

"Tenho todas as condições para vencer as eleições legislativas de 2023", diz Rangel

Paulo Rangel apresentou esta tarde formalmente a sua candidatura à liderança do PSD e afirma que tem todas as condições para unir o PSD e vencer as eleições legislativas em 2023. Em conferência de imprensa, o …

Putin admite aceitar pagamentos com criptomoedas num futuro próximo

Vladimir Putin admitiu que as criptomoedas têm valor, adiantando que esta forma de pagamento poderá tornar-se viável no país. Contudo, para já "ainda é muito cedo" para fazer previsões devido à sua natureza "incerta". A notícia …

Subida dos combustíveis. Estado arrecada mais 5 cêntimos de IVA por litro

Com a subida do preço dos combustíveis, o Estado está a arrecadar mais imposto por cada litro vendido por via do IVA. A subida dos combustíveis em Portugal tem sido uma realidade que não é de …