/

“Cominhos pretos e mel” contra a covid-19. Rebeldes islâmicos boicotam vacina

3

O Al-Shabaab, grupo rebelde islâmico apoiado pela Al-Qaeda, apela ao boicote da vacina da AstraZeneca contra a covid-19. A alternativa é “cominhos pretos e mel”.

A vacina da AstraZeneca não está apenas a levantar preocupações na Europa. Na Somália, o Al-Shabaab, um grupo rebelde islâmico apoiado pela Al-Qaeda, está a apelar aos muçulmanos sunitas, que representam 99% da população somali, para que “rejeitem” a vacina da AstraZeneca.

Os avisos dos reguladores face à vacina estão a ser aproveitados pelo Al-Shabaab para afirmar que a vacina é “mortal” e “insegura” para os muçulmanos da Somália, escreve a VICE.

Como alternativa, o grupo rebelde prescreve “cominhos pretos e mel” para pessoas infetadas com o novo coronavírus.

“À luz da campanha de vacinação lançada pelo regime apóstata da Somália na capital Mogadíscio, o Al-Shabaab alerta os muçulmanos da Somália contra o uso da vacinação AstraZeneca”, lê-se num comunicado divulgado no Twitter.

“Não permita que a sua família seja usada como cobaia da experimentação da segurança da vacina AstraZeneca”, diz o Al-Shabaab.

A Somália deu, recentemente, início à primeira fase do seu programa de vacinação após ter recebido uma remessa de vacinas da COVAX. Enquanto isso, o país apela aos grupos prioritários para que sejam inoculados com vacinas da AstraZeneca.

“As narrativas anti-AstraZeneca do Al-Shabaab estão a propagar a ideia de que o uso de qualquer tratamento ou vacina contra a covid-19 diferente de ‘cominhos pretos e mel’ é anti-islâmico“, disse um analista do HORN International Institute for Strategic Studies à VICE.

Listada como um dos 20 países que “provavelmente estarão entre os últimos” a alcançar a vacinação generalizada contra a covid-19, a Somália deve alcançar um amplo acesso às vacinas até “o início de 2023 ou mais tarde”, de acordo com um relatório publicado pela Economist Intelligence Unit.

  Daniel Costa, ZAP //

3 Comments

  1. Confirmo tenho comido uma colher de mel por dia e ainda não apanhei… isso ou é de usar a máscara e lavar as m
    ãos. Acredito que é do mel… ala é grande e tal

  2. Subscrevo! É do mel sim, pois também como uma colher todos os dias! Nem preciso de cominhos. Claro que rezar a Alá também ajuda, virado para Meca! Essencialmente o mel e sim, não apanhem a vacina!! Nenhuma delas!! Deixam o problema com o mel e o profeta e não se preocupem! , já agora, para proteger os outros “irmãos” espalhem essa informação pelas mesquitas e pelos ayatollah(s) que tenham poder de influenciar!!

  3. Pela minha parte penso que a ruindade dessa “gente” é tão grande que nem o vírus consegue entrar neles!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.