A pé por estradas de pó: Dezenas de milhares de civis em fuga de Ghouta

Youssef Badawi / EPA

Milhares de pessoas dirigem-se para zonas controladas pelo Exército sírio. Este é o maior maior êxodo do enclave rebelde desde o início da abrangente ofensiva.

De acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), uma organização não governamental, mais de 30.000 civis fugiram dos intensos bombardeamentos turcos contra a cidade de Afrine, no enclave curdo com o mesmo nome, e procuraram refúgio nas localidades de Nobol e Zahra, sob controlo do regime sírio de Bashar al-Assad.

A cidade de Afrine é alvo desde 20 de janeiro de uma ofensiva do exército turco e forças sírias rebeldes, dirigida contra a milícia curda local Unidades de Proteção Popular (YPG), considerada “terrorista” por Ancara. Afrine está quase totalmente cercada pelo exército turco e os habitantes estão em fuga também pelo receio de um cerco total.

Ancara reafirmou esta quinta-feira que a cidade de Afrine seria “limpa muito em breve” das Unidades de Proteção Popular. A cidade regista uma escassez de água, após as forças turcas terem garantido desde as últimas semanas o controlo da barragem da região.

Em paralelo, a ONU procurava precisar o número de pessoas que saíram do enclave rebelde sírio de Ghouta Oriental e avaliar as necessidades nos refúgios aos quais tem acesso, declarou esta quinta-feira o seu porta-voz adjunto, Farhan Aziz Haq.

“O número de pessoas que deixou Ghouta Oriental não é conhecido, nem o destino das pessoas que fugiram”, disse na conferência de imprensa diária das Nações Unidas.

Ainda assim, milhares de civis fugiram de Ghouta Oriental, passando para zonas controladas pelo Exército sírio, no maior êxodo do enclave rebelde desde que as forças de Damasco e as suas aliadas (Rússia) deram início ao assalto final para reconquistar a região, escreve o Público.

Citado pela agência russa RIA, um general do exército russo disse que o número de deslocados deveria chegar perto dos 13 mil antes do final desta quinta-feira.

“Homens, mulheres e crianças cambaleavam sob o peso de cobertores, sacos e malas, caminhando ao longo de uma estrada em direção às posições do Exército nos arredores da cidade de Hammouriyeh”, descreve a Reuters. “Alguns choravam”.

“A OMS está em vias de enviar camas de hospital, equipamento médico e medicamentos para ajudar as equipas médicas no centro coletivo de Al-Doueir”, indicou o porta-voz. Por sua vez, uma coluna de ajuda internacional alcançou a cidade de Douma e fornecer auxílio a 26.100 pessoas “mesmo que seja necessário muito mais” nesta localidade.

 

A guerra civil síria entrou esta quinta-feira no seu oitavo ano consecutivo, sem grandes perspetivas de poder vir a terminar num futuro próximo.O conflito já matou pelo menos 465 mil pessoas e obrigou à fuga de mais de 5,5 milhões.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Barry Jenkins vai realizar sequela de "O Rei Leão"

O realizador e argumentista de Moonlight foi escolhido pela Walt Disney Studios para realizar a sequência do blockbuster de 2019, O Rei Leão. Ainda não há uma data de lançamento prevista para o segundo filme, mas …

"Não me sinto seguro sem uma". Venda de armas aumentou drasticamente nos EUA

Os EUA continuam a ser um dos países onde os cidadãos comuns têm mais facilidade em comprar armas de fogo. Esta é uma prática recorrente, e mais de um terço das famílias norte-americanas têm uma …

Pássaros de São Francisco aprenderam uma nova (e mais complexa) melodia durante a pandemia

Uma nova investigação científica relata que os pardais-de-coroa-branca de São Francisco, ave que vive nas zonas urbanas e rurais da cidade norte-americana, aprenderam uma nova e mais complexa melodia durante a pandemia. De acordo com …

Enorme espinha dorsal de tubarão-branco dá à costa em Massachusetts depois de uma tempestade

A espinha dorsal que se acredita pertencer a um espécime de tubarão-branco (Carcharodon carcharias) deu à costa numa praia em Massachusetts, nos Estados Unidos, depois de uma tempestade ter atingido a região. A espinha foi encontrada …

A China está a tornar-se o país com maior influência na ONU

Há dez anos, a China começou uma operação que lhe tem vindo a garantir mais influência nas Nações Unidas. Agora, o poder que possui na organização mundial protege o país asiático do escrutínio internacional. De acordo …

Uma droga pode tratar o nanismo (mas há quem defenda o "orgulho anão")

Um estudo vem agora revelar que uma droga pode tratar o nanismo. Porém, a possibilidade de haver um tratamento para esta condição clínica não é consensual. Um novo estudo, financiado pela BioMarin Pharmaceutical e publicado no …

Meghan Markle perde batalha judicial. Em causa está carta que enviou ao pai (divulgada por jornal britânico)

Depois de no passado mês de agosto, Meghan Marke vencer uma batalha judicial contra o Mail on Sunday, desta vez a Duquesa de Sussex não pode festejar mais uma vitória. A norte-americana perdeu a última …

Após acidente, robô-piloto voltou a levantar voo (e pilotou avião durante 2 horas)

O ROBOpilot, um piloto robótico não tripulado, levantou voo pela primeira vez no ano passado, mas sofreu danos durante um dos seus voos. Agora, está apto para voar novamente. No ano passado, um acidente forçou o Laboratório …

David Attenborough bateu um recorde mundial no Instagram (e destronou Jennifer Aniston)

O naturalista britânico David Attenborough destronou a atriz norte-americana Jennifer Aniston e tornou-se a pessoa a alcançar mais rapidamente um milhão de seguidores no Instagram, segundo os números do Guinness. David Attenborough, de 94 anos, …

Indonésia planeia atração turística com dragões de Komodo ao estilo de Jurassic Park

A Indonésia planeia construir uma atração ao estilo da saga Jurassic Park para que os turistas possam ver os famosos dragões de Komodo. De acordo com a revista Vice, em causa está uma proposta de …