//

Microlino, o pequeno carro elétrico com teto dobrável, está cada vez mais perto da produção

1

Em desenvolvimento há mais de cinco anos, e originalmente com produção prevista para 2019, o terceiro protótipo do Microlino 2.0 da Micro Mobility Systems AG foi concluído.

O terceiro protótipo do Microlino é o mais próximo da versão de série em termos de design e conta com um interior completamente redesenhado. O maior destaque é o teto dobrável, que permite que o motorista sinta a brisa enquanto conduz.

A Micro Mobility Systems AG diz que o teto pode ser aberto facilmente com uma mão durante a condução. Estará presente nos modelos premium do Microlino 2.0 e será uma opção no modelo básico.

O automóvel dispõe de dois monitores: um que serve como painel de instrumentos digital, localizado à frente do volante, e outro usado para controlar as funções do veículo, como o aquecimento e os ventiladores, localizado na barra que atravessa o interior da porta.

Segundo o New Atlas, o carro tem lugar para duas pessoas, tração nas quatro rodas e é movido por um sistema de transmissão totalmente elétrico.

O motor de 11kW oferece uma velocidade máxima de 90 km/h e um alcance máximo de 200 quilómetros. Uma das maiores vantagens é o facto de a bateria de iões de lítio do veículo poder ser recarregada em apenas quatro horas.

Com a conclusão do terceiro protótipo, a empresa irá agora entrar na fase de pré-série de desenvolvimento, onde os dois protótipos finais serão construídos para passar pelo processo de homologação antes da aprovação em agosto e início da produção em setembro.

O Electrek escreve que o preço do automóvel deverá rondar os 12.000 euros, um valor razoavelmente acessível em comparação com muitos carros elétricos que existem atualmente no mercado.

  ZAP //

1 Comment

  1. Prático, bom e barato e então aqui em Portugal bem recheadinho de taxas e taxinhas como os governantes adoram, ainda vai ser mais apetecível!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE