Andar de metro em Buenos Aires vai ser grátis quando as escadas rolantes não funcionarem

O juiz argentino Roberto Andrés Gallardo decidiu esta semana que será grátis viajar de metro em Buenos Aires quando as escadas rolantes ou os elevadores não funcionarem nas estações.

Assim, foi estabelecido que “todos os utilizadores do serviço de transporte subterrâneo (SUBTE) que ao entrar ou sair de uma estação de rede não possam usar os meios mecânicos de elevação (escadas rolantes ou elevadores) porque estão fora de serviço naquele momento, estarão isentos de pagar a taxa fixa para aceder ao serviço regular”.

Caso isto seja verificado ao sair do metro, as pessoas afetadas “sem distinção nas suas habilidades motoras” poderão solicitar na bilheteira que o valor do bilhete seja devolvido. Além disso, o magistrado ordenou a empresa Metrovías – concessionário do serviço – para realizar as reparações correspondentes.

Há dois anos chegou a primeira denúncia, impulsionada por um comerciante da galeria sul, localizada debaixo do Obelisco de Buenos Aires. O homem tem mobilidade reduzida e teve de pagar a duas pessoas para que o ajudassem a chegar ao local porque os elevadores não funcionavam.

Na última inspeção realizada a 7 de fevereiro de 2019, foram verificadas “51 meios de acessibilidade sem operação”.

O juiz Gallardo apontou que “parecia que, apesar de mais de dois anos desde o início do caso, as decisões jurisdicionais, as sanções punitivas, as necessidades dos utilizadores e as obrigações contratuais assumidas pelo operador do serviço de Transportes, a Metrovías SA estava desinteressada em garantir a operação eficiente de elevadores e escadas rolantes instaladas em estações subterrâneas”.

O governo da cidade de Buenos Aires rejeitou a sentença e disse que vão tentar revertê-la. Isto foi confirmado por Eduardo de Montmollin, proprietário da Subterráneos de Buenos Aires Sociedad de Estado (Sbase), a empresa pública que detém toda a infra-estrutura do serviço, segundo o Russia Today.

“Apelamos porque o que não recolheremos com a taxa, acabarão por pagar todos os moradores da cidade”, disse à imprensa.

O funcionário explicou que “o índice de funcionamento das escadas rolantes é de 94%”. “94% das horas disponíveis em que teriam de funcionar, estão a funcionar. Isto quer dizer que funcionam 94% do tempo“, enfatizou, acrescentando que “de 370 vias mecânicas de acesso, 340 funcionam normalmente”.

Por fim, rejeitou que as responsabilidades fossem da empresa privada Metrovías. “Há vandalismo e, às vezes, são os passageiros que impedem o funcionamento das escadas rolantes”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Adesão ao IVAucher quase duplicou no último mês - mas restauração quer mais medidas

No último mês, quase duplicou o número de contribuintes que se inscreveu no programa que permitirá rebater os descontos acumulados no âmbito da iniciativa IVAucher. De acordo com o Jornal de Notícias, a 23 de agosto, …

Tribunal Europeu dos Direitos Humanos culpa Rússia pelo assassinato de Alexander Litvinenko

Decisão remonta ao incidente de novembro de 2006, que ocorreu num hotel londrino, seis anos após o dissidente político se ter mudado para o Reino Unido, precisamente para fugir às ameaças do regime de Vladimir …

"Tratam-nos assim por causa da cor da nossa pele". Polícias nos EUA filmados a chicotear migrantes

Fotos e vídeos mostram polícias na fronteira a carregar contra migrantes e a usar objectos semelhantes a chicotes. A Casa Branca já condenou a situação e promete que vai investigar o sucedido. Pareciam imagens do tempo …

Benfica: a principal ameaça na Liga dos Campeões será Darwin

Pelo menos é a visão catalã. Benfica é o próximo adversário do Barcelona. Mais um jogo, mais uma vitória. O Benfica só sabe ganhar no campeonato português, para já, e na noite passada venceu em casa …

Estado vai financiar formação de funcionários públicos em universidades e politécnicos

Verbas destinadas ao projeto provêm do Orçamento do Estado e do Plano de Recuperação e Resiliência — cerca de 600 milhões. O Estado vai financiar, inteira ou parcialmente, as formações profissionais dos profissionais públicos, através do …

Sevilha rescinde com jogador por má forma física

O Sevilha anunciou a rescisão de contrato com o defesa-central Joris Gnagnon por falta de profissionalismo relativamente à sua forma física. De acordo com o jornal A Bola, o Sevilha rescindiu contrato com o defesa-central francês …

"O nosso Governo está pronto". Trudeau volta a ganhar as eleições - mas sem maioria absoluta

O líder do Partido Liberal do Canadá (LP) Justin Trudeau disse hoje, depois de ganhar as eleições gerais do país, que os eleitores canadianos escolheram "um plano progressivo" e que está pronto para formar um …

Travar margens nos combustíveis pode acabar por prejudicar os consumidores (e até fechar bombas)

A proposta de lei do Governo aprovada, na semana passada, para a limitação das margens das petrolíferas nos preços dos combustíveis pode acabar por travar a concorrência e até levar ao encerramento de bombas de …

"Nunca se pode tirar Messi" (mas há um gesto que pode explicar a sua substituição)

A substituição de Messi, e a forma como reagiu, no jogo entre o Paris Saint-Germain e o Lyon da Liga francesa, continua a dar que falar. E agora avança-se a possibilidade de o craque argentino …

Médicos querem que norma de isolamento tenha em conta a atual taxa de vacinação

Com o regresso às aulas, médicos de saúde pública defendem a revisão da norma referente ao isolamento de contactos de risco, para que esta tenha em consideração a elevada taxa de vacinação. O ano letivo arrancou …