Metade dos homens da Europa descendem de um rei da Idade do Bronze

Erich Ferdinand / Flickr (OD)

O Homem do Neandertal

Um avanço tecnológico súbito no neolítico poderá ter dado supremacia a uma pequena elite e ao seu monarca – que controlou a população e a sua reprodução

Cerca de metade da população masculina da Europa Ocidental é descendente de um homem que viveu na Idade do Bronze, que foi o fundador de uma dinastia aristocrata que colonizou o continente.

Esta é a conclusão do estudo de uma equipa internacional de investigadores, publicado esta segunda-feira na revista Nature Genetics.

Para chegar a este resultado, os cientistas compararam as diferenças no cromossoma Y de 1200 homens de 26 países da Europa, recolhidas na base de dados do projecto 1000 Genomes.

O cromossoma Y, o menor nos 23 pares de cromossomas humanos, existe apenas nos homens, sendo herdado de pai para filho, sem nenhuma alteração.

Depois de analisar as 65.000 variações disponíveis na amostra recolhida, os investigadores construíram uma árvore filogenética – que, notaram os cientistas, em algumas zonas mais parecia um arbusto.

“Metade dos homens europeus são descendentes de um mesmo homem”, diz Chris Tyler-Smith, investigador do Wellcome Trust Sanger Institute e co-autor do estudo.

“A genética não nos diz porque isso aconteceu, apenas podemos elaborar hipóteses para o explicar. Provavelmente, foi devido a um avanço tecnológico súbito“, explica Tyler-Smith ao The Telegraph.

“Uma supremacia tecnológica momentânea pode ter permitido a um pequeno grupo de homens, uma elite aristocrática, controlar a população e determinar a sua reprodução“, explica o cientista.

Aparentemente, um rei desconhecido da Idade do Bronze, com um voraz apetite sexual, terá imposto uma nova ordem na Europa – uma sociedade organizada hierarquicamente, que substituiu as comunidades da Idade da Pedra, mais autónomas e igualitárias.

AJB, ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Puxa!!!!eu não sou bonito mas o gajo é horroroso!!!não descendo desse gajo de certeza absoluta….chiça!!!!que susto

  2. ““A genética não nos diz porque isso aconteceu, apenas podemos elaborar hipóteses para o explicar. Provavelmente, foi devido a um avanço tecnológico súbito“, explica Tyler-Smith ao The Telegraph.

    “Uma supremacia tecnológica momentânea pode ter permitido a um pequeno grupo de homens, uma elite aristocrática, controlar a população e determinar a sua reprodução“, explica o cientista.

    Aparentemente, um rei desconhecido da Idade do Bronze, com um voraz apetite sexual, terá imposto uma nova ordem na Europa – uma sociedade organizada hierarquicamente, que substituiu as comunidades da Idade da Pedra, mais autónomas e igualitárias.”

    O último parágrafo só pode ser para rir!
    Quanto ao restante, é inteiramente verdade. O ser humano foi manipulado geneticamente por seres oriundos de Zeta Reticuli, num momento crucial que marcou a evolução deste planeta, tal como o texto o refere.
    Há muito tempo que um grupo reservado de elites e cientistas têm conhecimento deste facto. Tal não é dado a conhecer pelos efeitos que teria numa sociedade baseada em crenças irracionais, e claro está, pelo medo de cair no ridículo. Até que sejam mostradas as provas, sabe-se lá quando, acredita quem quer.

RESPONDER

Veneno de cascavel pode ser o segredo para novo analgésico poderoso

Um composto do veneno da cascavel sul-americana pode ser usado para criar um analgésico poderoso. Os testes feitos em animais foram um sucesso. A crotoxina pode ser encontrada no veneno da cascavel sul-americana, Crotalus durissus terrificus, …

O falecido George Solitário, última tartaruga da sua espécie, pode ter parentes vivos

Uma expedição científica encontrou, em Galápagos, uma tartaruga com uma alta carga genética da espécie a que pertenceu o famoso George Solitário. Em 2012, uma tartaruga gigante, conhecida como George Solitário, faleceu com 100 anos. A …

Vídeo de criança vítima de bullying gera onda de apoio global

Internautas de todo o mundo, inclusive celebridades, uniram-se para dar apoio ao menino australiano, de nove anos, que sofre de bullying por causa da sua aparência. De acordo com a BBC, Yarraka Bayles partilhou o vídeo …

Descoberta nova quasipartícula: o π-ton

Foi descoberta uma nova quasipartícula no Instituto de Tecnologia de Viena. Os cientistas batizaram-na de π-ton, uma quasipartícula que contém dois eletrões e duas lacunas. Existem diferentes tipos de partículas. Um deles, as quasipartículas, são excitações …

É oficial. Friends está de volta para um episódio especial

As preces dos fãs foram finalmente ouvidas. O elenco de Friends vai reunir-se para um episódio especial exclusivo na HBO Max. Jennifer Aniston, Courteney Cox, Lisa Kudrow, Matt LeBlanc, Matthew Perry e David Schwimmer voltarão ao …

Dieta ocidental está a deixar as pessoas menos inteligentes

Uma dieta pouco saudável, à base de hambúrgueres e doces está literalmente a deixar as pessoas menos inteligentes apenas no espaço de uma semana. Esta foi a conclusão de um estudo de investigadores da Universidade …

Pedro Proença: Sociedade deve atuar no combate ao racismo

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse, esta sexta-feira, que a sociedade portuguesa deve atuar no combate ao racismo, violência, xenofobia e intolerância. A Liga vai lançar, durante este fim-de-semana, uma campanha com …

Na última década, Coreia do Norte gastou mais de meio milhão de dólares em cavalos russos

A Coreia do Norte gastou recentemente dezenas de milhares de dólares na aquisição de 12 cavalos provenientes da Rússia, de acordo com os dados alfandegários. A Coreia do Norte gastou quase meio milhão de dólares (584.302 …

O caranguejo "supervilão" do Canadá vai ser transformado em plástico biodegradável

Uma equipa de cientistas no Canadá desenvolveu um plano para transformar uma espécie invasora de crustáceo - conhecida como como caranguejo supervilão - em copos e talheres  de "plástico", usando as suas carapaças para criar …

Covid-19. Tripulante de navio japonês pode ser o primeiro português infetado

Um português que é tripulante do navio Princess Cruises, atracado no porto de Yokohama, no Japão, pode ter sido diagnosticado "positivo" com o novo coronavírus. Contactada pela agência Lusa, a diretora-geral de Saúde, Graça Freitas, afirma …